Ir para baixo
EdipoDeprimido
EdipoDeprimido
Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/06/2018

Diário de EdipoDeprimido Empty Diário de EdipoDeprimido

27/6/2018, 00:29
Olá meus caros colegas.

Primeiro vou relatar a minha história. Hoje tenho 31 anos e tudo começou no ano de 1999, quando eu tinha 12 anos e meus pais instalaram internet discada em casa. Eu procurava pornografia em sites bem arcaicos da época. Cada foto demorava uma infinidade para baixar aos pouquinhos. Foi então que esbarrei nos contos eróticos. Eles eram muito mais rápidos de acessar e minha mente fértil era um terreno fácil para aqueles textos. Eu sempre fui um ávido leitor, adoro histórias, leio muitos livros e já até me arrisquei a escrever. Não é de se estranhar que foi pela leitura que eu encontrei minha queda.

História da minha queda/conteúdo pesado:
Meus primeiros contos lidos eram bobinhos, de jovens que se conheciam, colegas de trabalho, a maioria relações hétero entre pessoas normais. Chegava a imaginar aquela garota que eu curtia no colégio nas cenas e afins. Mas aos poucos eu fui enjoando (maldita dopamina) e procurei coisas mais picantes, foi então que li meu primeiro conto envolvendo incesto. Era uma história bobinha de um pai e uma filha. Mas aquilo me atingiu como uma bomba, era algo inimaginável, algo tão errado, tão perverso, mas ao mesmo tempo tão excitante. Comecei a majoritariamente ler contos de incesto, os outros simplesmente perderam a graça, se ninguém tinha parentesco o conto não tinha graça, até contos de padrasto, madrasta ou irmãos de casais recasados não tinham graça. Eu queria algo realmente contra as regras da sociedade, queria parentes de sangue. Com o tempo minha preferência foi para os contos de mães e filhos, depois de um tempo eu senti que esgotei a literatura erótica sobre este tema em português! Foi então que comecei a ler contos em inglês, eles pareciam não ter fim, depois de um tempo eu nem usava mais google tradutor, eu conseguia ler em inglês. Aos poucos meus gostos ficaram mais pervertidos, comecei a gostar dos contos entre mães e filhos que envolvessem resistência deles, ameaças, dinheiro, controle da mente, vírus, aliens, demônios... tudo cheguei a ler com voracidade e satisfação. Enquanto no meu íntimo... eu estava morrendo.

Percebi que não era aquele tipo de vida que eu queria para mim. Quando eu tinha me tornado aquele monstro? Eu precisava de ajuda e precisava de alguém que não fosse passar a mão na minha cabeça, dizendo "Vai melhorar." ou "Siga o que seu coração mandar." Foi então que eu encontrei o Pe. Paulo Ricardo. E ele me deu um tapa na cara, não com luva de pelica, mas daqueles que te derrubam no chão. Percebi que precisava mudar, mudar de verdade. Por dois anos venho tentando parar com os vícios da pornografia e masturbação. Neste intervalo cheguei a ter uma namorada, mas como muitos relataram, as vezes a pornografia era mais excitante. No período de namoro chegou a diminuir muito minha vontade, mas ela ainda voltava para me assombrar.

Agora estou há 5 dias sem me masturbar ou ver pornografia. Sinto desejos imensos de ler algo picante, imagino cenas e tendo me concentrar em outras coisas, padrões nos azulejos, detalhes na mesa, contar as linhas que escrevo no trabalho... As vezes penso que estou delirando quando praticamente vejo cenas dos contos que mais gostava na minha frente. Outras vezes fico imaginando as sequências que os meus autores preferidos podem ter escrito. Malditos sejam, sinto eles devem ter pacto com o próprio demônio, tudo para corromper o maior número de almas. Cheguei a conhecer na internet outras pessoas com as mesmas propensões que eu, e não deixo de sentir uma grande tristeza por eles.
Estou começando minha jornada, lendo o manual e vendo os vídeos do método restart. Por favor, me desejem sorte.

Diário de EdipoDeprimido Generic?iso=20180621T1850&p0=543&font=cursive#
SAN10
SAN10
Mensagens : 25
Data de inscrição : 16/05/2018

Diário de EdipoDeprimido Empty Re: Diário de EdipoDeprimido

27/6/2018, 07:53
E ai, guerreiro! Também cheguei a me viciar em contos eróticos de incesto, realmente é muito preocupante essa situação, mas vamos corrigir isso, estamos juntos nessa.
Estarei acompanhando sua jornada. Força!

_______________________________________
Diário: http://www.comoparar.com/t7756-trabalho-interno
Renan Cristiano
Renan Cristiano
Mensagens : 28
Data de inscrição : 21/06/2018
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Diário de EdipoDeprimido Empty Re: Diário de EdipoDeprimido

27/6/2018, 09:09
Hey amigo, parabéns pela iniciativa!
É uma luta diária e você vai vencer dia após dia, mude seus hábitos para que nada seja um gatilho para o próximo passo!
Estamos todos juntos lutando contra isso!
Você já está há cinco dias, parabéns! Não compare o seu com de outras pessoas que estão a mais tempo, mas seja otimista em determinar alvos!
Estamos juntos!
The_Survivor
The_Survivor
Moderador
Moderador
Mensagens : 1131
Data de inscrição : 10/06/2018
Idade : 34
http://www.comoparar.com/t7742-diario-the-survivor-idade-30-anos

Diário de EdipoDeprimido Empty Re: Diário de EdipoDeprimido

27/6/2018, 22:03
Seu início no mundo da PMO foi muito parecido com o meu também por volta dos 11-12 anos...eu também assisti aos vídeos do Padre Paulo Ricardo onde ele aborda sobre PMO baseado em estudos científicos sensacional. boa sorte siga o método com certeza te ajuda e Deus nós fortaleça nessa caminhada.

_______________________________________
Que Deus esteja conosco. A luta continua.

Diário de EdipoDeprimido S%C3%A3o_Jorge
EdipoDeprimido
EdipoDeprimido
Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/06/2018

Diário de EdipoDeprimido Empty Re: Diário de EdipoDeprimido

1/7/2018, 21:01
10 dias.

Meu maior desejo nem é me masturbar, é por pornografia, e nem é por imagens e sim por contos eróticos. Como já li em alguns diários tenho que parar duas coisas: Primeiro de tentar esbarrar em material erótico enquanto procuro coisas na internet. Segundo de fantasiar cenas eróticas, em momentos de tédio no trabalho simplesmente fui criando todo um roteiro na minha cabeça, a fantasia se alongou a ponto de incluir toda uma família que eu inventei. Sério isso é vergonhoso. Simplesmente tenho que parar de imaginar coisas tão asquerosas. A partir de agora irei parar de tentar esbarras em imagens sensuais (filmes com cenas picantes, ou poses sensuais em fotos de facebook), e principalmente de fantasiar.

_______________________________________
Renan Cristiano
Renan Cristiano
Mensagens : 28
Data de inscrição : 21/06/2018
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Diário de EdipoDeprimido Empty Re: Diário de EdipoDeprimido

2/7/2018, 09:48
EdipoDeprimido escreveu:10 dias.

Meu maior desejo nem é me masturbar, é por pornografia, e nem é por imagens e sim por contos eróticos. Como já li em alguns diários tenho que parar duas coisas: Primeiro de tentar esbarrar em material erótico enquanto procuro coisas na internet. Segundo de fantasiar cenas eróticas, em momentos de tédio no trabalho simplesmente fui criando todo um roteiro na minha cabeça, a fantasia se alongou a ponto de incluir toda uma família que eu inventei. Sério isso é vergonhoso. Simplesmente tenho que parar de imaginar coisas tão asquerosas. A partir de agora irei parar de tentar esbarras em imagens sensuais (filmes com cenas picantes, ou poses sensuais em fotos de facebook), e principalmente de fantasiar.

Você vai conseguir meu amigo!
Estamos todos lutando!
Isso vai fazer de nós melhores do que já fomos ontem e temos muita coisa a melhorar.
O ideal é pensar que já chegamos até aqui, nada de voltar para a margem se já nadamos tanto!
Conte conosco!

_______________________________________
Ir para o topo
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos