Ir em baixo
avatar
Carlsmag
Mensagens : 2
Data de inscrição : 21/06/2015

Na luta contra o vício Empty Na luta contra o vício

em 22/6/2015, 12:21
Olá a todos! Estou aqui pela primeira vez para compartilhar assim como todos aqui meu fardo com a masturbação. Tenho 41 anos e se me recordo, meu vício na masturbação começou mais ou menos aos 12 anos de idade. Meu irmão mais velho guardava revistas de pornografia e playboys em cima do armário e um dia acabei descobrindo. Chamei um primo para mostrar e ele me mostrou algumas que ele já tinha mesmo sendo apenas 1 ano mais velho que eu. Isso foi o inicio de tudo e com a curiosidade passei a olhar as revistas mais e mais vezes. Depois de um tempo as mulheres que apareciam na TV de bikini passaram a me interessar muito, não podia ver uma que já ia me mast....era um vicio descontrolado. Na época eu era um garoto abaixo da media e tinha dificuldades em conseguir namoradas então só me restava a mast...
Mas a coisa piorou realmente depois de adulto se tornando mais e mais frequente. Eu já estava casado e quando chegou a internet rápida a coisa só piorou sem contar que minha esposa começou a ter problemas na relação devido a um quadro depressivo. Como nosso sexo era pouco, com o tempo perdi o interesse sexual nela apesar de ser uma pessoa maravilhosa. A internet fez com que eu deseja-se aquelas meninas lindas e perfeitas que parecem não existir e isso fez com que eu achasse minha esposa menos interessante sexualmente.
No inicio eram garotas de bikinis, depois a coisa foi avançando mais e mais como sexos violentos e por último shemales. Eu me sentia uma pessoa doente e suja até então...mas descobri aqui no fórum outros companheiros na mesma luta. Eu tentei muitas vezes parar, pedi a Deus pra me ajudar mas nada adiantava, "não que Deus não nos ajude, não entendam isso por favor pois acredito que ele pode tudo", mas precisamos tb de conhecimento como estes relatados aqui para nos orientarmos melhor contra esse tão temido vício. É muito difícil lutar sozinho, acho que todos aqui sabem disso e quando descobri o fórum numa busca desesperada por ajuda me senti amparado e novamente com forças pra lutar.
Segui as dicas dadas aqui em relação a cortar tudo e usar bloqueadores, apesar dos bloqueados não serem efetivos 100% mas ajudam. O conhecimento sobre a dopamina e como cérebro funciona em relação ao vício tb são armas importantíssimas. Então decidi fazer o reboot, e consegui chegar ao sexto dia(mau conseguia 2 dias sem pornô) no sétimo, como sou casado acabei caindo na tentação apesar que, quando tenho relações com minha esposa não sinto nenhuma culpa. Voltei a fazer a contagem de novo e estou no quinta dia. É incrível como nosso cérebro te bombardeia com imagens eróticas e desejos. Isso é totalmente compreensível pois li em um livro sobre o funcionamento do cérebro que não se pode deletar o que o cérebro armazena, mas vc pode substituir esses pensamentos por novos e deixando os outros sendo alocados para uma área de uso quase nulo. Nesses dias vi algumas imagens e posso dizer a vcs que por favor não façam isso, pois o cérebro irá bombardeá-los com essas imagens então façam qualquer outra coisa, leiam, exercitem-se ou o que vcs quiserem fazer mas NÃO vejam nenhuma imagem, sejam perceverantes.
Eu gostaria imensamente de conseguir as 3 semanas e quem sabe em seguida os 3 meses. Me sinto inseguro e as vezes com medo de cair, mas quando lembro de todo mau que causa e de como me sinto sujo e deprimido junto forças pra lutar novamente. Encontrei forças aqui com todos vcs e espero que outros possam encontrar forças assim como eu.
Se cair levante...é difícil, muito difícil mas levante dia após dia, pois é o que procuro fazer. NÃO fomos criados para levar uma vida de masturbação...somos todos filhos de Deus!

Agradeço a todos por poder desabafar neste espaço, pois era algo que estava preso a mais de 27 anos e que se depender de mim NÃO estará mais. Continuo firme no quinto dia.

Uma boa tarde a todos!
Flag
Flag
Mensagens : 663
Data de inscrição : 15/06/2015

Na luta contra o vício Empty Re: Na luta contra o vício

em 22/6/2015, 15:19
Caro Carlsmag
Lendo sua postagem de abertura do tópico não pude deixar de dedicar mais atenção, tendo em vista não só a sua história que é trágica como a minha e dos demais que aqui postam, mas principalmente pela sua idade.
A despeito de já ter passado dos 40, ainda é muito mais novo que eu e em relação a muita gente que se encontra mergulhado nesta dependência maldita.
Infelizmente as pessoas mais velhas não aparecem, até pela dificuldade em lidar com esta forma de contato.
Hoje estou a completar 12 dias de reboot, uma vitória que não consigo em toda minha vida de PMO que soma cerca de 47 anos.
Faço um convite para ler o meu relato, que espero contribuir para sua perseverança.
Até a presente data estava muito firme e determinado, porém hoje estou bastante abalado, mas tenho convicção que irei superar.
Quanto a fazer sexo com sua esposa, contrariando a opinião da maioria e do livro, acredito que não seria uma recaída, pois é uma coisa natural, pois todo mundo sabe que você faz sexo com ela, por ser o óbvio. O contrário é que não é natural e com toda certeza você esconde essa prática de PM de todos e acredito que ninguém sabe disso, pois é algo pejorativo, estigmatizante, portanto não se culpe por fazer sexo com sua esposa.
Devido o alto grau de dependência de PMO em que me encontro, procurarei não fazer sexo por pelo menos por 3 a 4 semanas, mas depois farei normalmente.
O fato de ter respondido um colega no meu tópico e estar escrevendo para você, está me fortalecendo.
Que continuemos o nosso caminho e espero contar com seu apoio.
Obrigado.
avatar
Carlsmag
Mensagens : 2
Data de inscrição : 21/06/2015

Na luta contra o vício Empty Re: Na luta contra o vício

em 22/6/2015, 19:07
Eu ainda estou descobrindo aqui no fórum como utilizá-lo, então me desculpem se postar algo errado...hahaha!
Respondendo a vc caro Flag, li seu post e retirei essa frase porque me identifiquei muito: [i]Recentemente o consumo de pornografia na internet chegou a uma proporção que não estava interessando por mais nada, com a minha vida passando à deriva sem que eu fizesse nada.[/i]
Acho que muitos aqui sentem ou sentiram em algum momento essa sensação e posso dizer que é horrível senti-la. Eu achava que estava com depressão por alguns fatores que ocorreram em minha vida, mas não havia percebido o mau que a pornografia havia feito, mas a partir do momento que eu comecei a me sentir mais e mais mau quando me masturbava, fui percebendo de fato como isso na realidade afetava minha vida. Muitas vezes cheguei a sangrar meu órgão de tanto friccionar, passava horas em frente a tela. A sensação de arrependimento e a perda de respeito por mim mesmo eram maior e maior a cada instante.
Acho que todos nós passamos por coisas que só nós sabemos, coisas nos quais me envergonho e não gostaria de tê-las nas minhas lembranças. Mas a questão é que devemos procurar ajuda e tomar coragem,  aqui no fórum encontrei motivação para buscar forças junto a todos aqui.
Por um período achava que era normal gostar de pornografia, pelo menos era o que os médicos diziam: Se masturbar é algo normal, não há problemas"!. Botei isso na minha cabeça por um tempo, mas a cada dia eu estava mais e mais me afundando em tristeza e depressão por apenas alguns minutos de prazer.
Me digam sinceramente, vale a pena? Tenho certeza que a resposta de todos é NÃO...mas a questão é que somos viciados e a luta é diária em nossas mentes.
Em certos momentos estou firme e em outros mau, mas acho que escrever aqui e colocar tudo pra fora está me ajudando muito...sinto um alívio, uma sensação de paz que a muito tempo não sentia...e isso não tem nada que pague.
Flag seja forte, estou com 5 dias e vc com 12...quero chegar a mais dias como vc companheiro.
Peço que sejam fortes, usem todos os recursos possíveis e tenham Deus no coração.

Deus não nos abandona....nós é que o abandonamos!
Flag
Flag
Mensagens : 663
Data de inscrição : 15/06/2015

Na luta contra o vício Empty 14 dias de Reboot

em 24/6/2015, 14:43
Carlsmag
Espero que esteja firme no propósito de parar com a PMO.
Como disse, fiz meu reboot de 91 dias, divididos em metas menores de 1 semana.
Estou super realizado, pois hoje completei 2 semanas sem PMO, o que jamais ocorreu comigo em 47 anos de mergulho nesse mar de lama.
Estou satisfeito e firme no meu propósito além de convicto de que chegarei à minha meta maior.
Força para você. Abraço
avatar
Convidado
Convidado

Na luta contra o vício Empty Re: Na luta contra o vício

em 25/6/2015, 13:55
Me identifiquei muito com sua história.
Boa Sorte

Abraços
Flag
Flag
Mensagens : 663
Data de inscrição : 15/06/2015

Na luta contra o vício Empty Re: Na luta contra o vício

em 29/6/2015, 16:56
E ai?, continua firme no propósito?
Hoje está sendo um dia difícil para mim, mas não vou esmorecer, pois depois de amanhã completo 3 semanas de abstinência de PMO.
Se ainda estiver por aqui, forças para você.
Abraço.
avatar
aroudo
Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/06/2015
Idade : 50
Localização : tiete

Na luta contra o vício Empty Re: Na luta contra o vício

em 29/6/2015, 20:40
Força amigo..a luta e essa ....
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum