Ir para baixo
TheChoosenOne
TheChoosenOne
Mensagens : 3
Data de inscrição : 21/01/2019

Nova Tentativa - Agora Amadurecido Empty Nova Tentativa - Agora Amadurecido

21/1/2019, 12:22
Fala povo!

Usarei esse fórum como uma espécie de desabafo/lembrete de que não posso assistir pornografia. Sou um veterano do movimento e nunca deu certo pra mim. Ultrapassei 30 dias algumas vezes e por mais que resultados apareçam, acho que existem muito mais variáveis que o nofap em si. Acho que no fórum existem pessoas que superestimam o movimento antipornografia e isso gera alguns problemas, como frustração por exemplo. Bom, é o que penso.

Mesmo percebendo que o reboot é superestimado, reconheço as vantagens de fazê-lo, só façam um favor a si mesmos e vivam além disso, não é pra deixar isso virar sua vida, senão vira ainda mais nocivo que o próprio vicio. Aprendi com desenvolvimento pessoal que existe uma sensação de estar fazendo algo a respeito dos problemas quando tentamos aprender sobre e tudo mais, mas não passa de uma armadilha. Parem de pensar que o reboot vai acabar com sua ansiedade e a encare, pare de pensar que o reboot vai te trazer mulheres e vá flertar, pare de achar que o reboot vai te deixar com maior autoestima e comece a cuidar do seu corpo. Use o reboot como algo extra, não como o protagonista da mudança. De verdade, galera, cuidado com essa ideia toda de reboot, isso pode realmente ser pior que a própria pornografia, afinal define pro seu cérebro que vc é viciado e problemático no sexo. Seu cérebro aceita essa sugestão como verdade e acaba piorando seu desempenho, vc fica dependente de não assistir mais isso, já que se ver uma saia na TV vai ficar se perguntando se vai broxar na próxima transa pcausa disso (isso não é nada saudável). Placebo é um efeito muito forte e se engatilhado de forma errada pode ser autodestrutivo. Espero que eu não leve ban por expor minha opinião.

Dito tudo isso (eu disse pq acho sempre interessante tentar passar o conhecimento adquirido com experiência, afinal, pra que mais serviria este espaço?) vou agora falar sobre mim. Tenho 22 anos e tentei o reboot algumas vezes de forma errada e cega (nesta superestimação toda de que acabaria com meus problemas). Agora vejo como algo muito mais tranquilo, apenas um hábito nocivo que me tira tempo e energia. Eu estou mantendo uma média de duas masturbações por semana e vou começar o reboot em modo hard hoje. Das vezes que transei fiquei bastante ansioso e tenho quase certeza que tem a ver com ansiedade de desempenho por ter em mente uma ideia de sexo deturbada pelas excepcionalidades da pornografia, como paus enormes, tempos exorbitantes e posições variadas.

Quero transar mais esse ano, e acho que seria interessante desvincular as ideias pornográficas dessa realidade pra tentar ficar menos nervoso nas transas. Depois de desvinculado e de ter uma vida sexual satisfatória, não vou mais aderir ao movimento, vou apenas me atentar para não usar pornografia como uma droga (usar para negar frustrações e sentimentos negativos, tornando-me viciado). Resumindo: vou tirar pornografia e masturbação por um tempo definido (90 dias) para, como o nome diz, reiniciar meus conceitos sexuais, e então construí-los a partir de situações reais. Depois disso tratarei masturbação e pornografia com naturalidade (vou tentar não pesquisar mas caso me mandem, por exemplo, não ficarei achando que fodeu tudo kkk) deixando que a frequência seja definida pela vontade.

Que comecem os jogos.
TheChoosenOne
TheChoosenOne
Mensagens : 3
Data de inscrição : 21/01/2019

Nova Tentativa - Agora Amadurecido Empty Re: Nova Tentativa - Agora Amadurecido

22/1/2019, 17:13
3 dias.

Passaram e eu nem percebi. Tá sendo fácil o começo, normal já que eu acostumei por um bom tempo a manter uma frequência baixa. O problema vai ser de amanhã pra frente, mas vou ser forte dessa vez. Quero de verdade desvincular alguns conceitos pra me sentir menos ansioso e transar melhor.

Boa sorte a todos.

_______________________________________

Randy
Randy
Mensagens : 2326
Data de inscrição : 01/12/2015

Nova Tentativa - Agora Amadurecido Empty Re: Nova Tentativa - Agora Amadurecido

23/1/2019, 22:33
Não acho que o reboot seja superestimado, já que é a salvação para muitos viciados, inclusive para mim. Não sei se o seu caso é grave, mas o meu é, e posso dizer que isso tem melhorado bastante a minha vida. Mas é fato que se o sujeito passar a viver em função apenas do reboot e esquecer de outras coisas como trabalho, faculdade e socialização, isso pode frustrá-lo. Ficar longe da PMO deixa o sujeito mais confiante, por exemplo, mas outras coisas dependem apenas do rebooter, como flertar e perder a timidez.

_______________________________________
"Quem quer, dá um jeito. Quem não quer, inventa desculpa". Toguro

Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa como você bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar lutando; o quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha. Rocky Balboa

TheChoosenOne
TheChoosenOne
Mensagens : 3
Data de inscrição : 21/01/2019

Nova Tentativa - Agora Amadurecido Empty Re: Nova Tentativa - Agora Amadurecido

25/1/2019, 13:15
Randy escreveu:Não acho que o reboot seja superestimado, já que é a salvação para muitos viciados, inclusive para mim. Não sei se o seu caso é grave, mas o meu é, e posso dizer que isso tem melhorado bastante a minha vida. Mas é fato que se o sujeito passar a viver em função apenas do reboot e esquecer de outras coisas como trabalho, faculdade e socialização, isso pode frustrá-lo. Ficar longe da PMO deixa o sujeito mais confiante, por exemplo, mas outras coisas dependem apenas do rebooter, como flertar e perder a timidez.

Entendo. Tudo que eu digo é opinião justamente por isso, não sei como cada pessoa reage. O que eu quis dizer é que aparentemente são efeitos secundários, e não a pornografia em si. Poderia ser assistir série, por exemplo, caso a pessoa se feche e fique o dia inteiro nisso. Em algum tempo ela teria ansiedade social, sairia menos de casa, cuidaria menos de si, por comparação se sentiria mal pq na tv tudo é maravilhoso e por aí vai. A pornografia parece ser apenas um jeito do nosso cérebro de fugir de tudo, se esconder covardemente em algo que o engana, dando prazer como recompensa por literalmente nenhum esforço. Óbvio que ele não vai querer fazer mais nada de bom, pra que faria? Enfim... Espero que tenha entendido, E POR FAVOR VOCÊ QUE TA NO REBOOT, NÂO TO DESESTIMULANDO NÃO, TENHA FORÇA, É IMPORTANTE. Mesmo que esteja pensando como eu (não acha que pornografia seja exatamente a vilã, e sim um refúgio como qqr outro), quando vierem os pensamentos para recair, do tipo: "será que faz sentido?", "será que algo vai mudar mesmo?", "tem mesmo algum motivo pra eu não assistir?", pense o contrário: "tem algum motivo pra eu assistir?". Vai ver que não. O único motivo para assistir é prazer momentâneo, um prazer que vc não merece pois não fez esforço algum, tá literalmente se sabotando.

Estou chegando ao sexto dia (pra quem achou estranho, sim, meu contador foi iniciado 15h). Minha libido tá altíssima e eu tenho que me controlar muito. Parece que estar fazendo academia aumentou bastante isso, e nesse ambiente tem muita mulher com corpo bonito, que deixa ainda mais instigado. Me sinto um animal semi-irracional qnd fico com vontade de ficar olhando pra elas. Nas primeiras vezes, qnd eu realmente cortei o vício, tive flatlines bem cedo, parece que agora vai demorar um pouco mais (lembrando que eu estava me masturbando umas 2x por semana, e nem sempre com pornografia). Obviamente busco o equilíbrio em tudo, mas confesso que prefiro essa libido alta do que passar pela flatline. Ah, além das coisas que as pessoas sempre falam, vale destacar duas mudanças que sinto quando to em reboot que vejo pouca gnt citar: eu penso em sexo real, como se eu estivesse lá tocando a mulher e tudo mais, e não como se fosse um telespectador. Quando surgem pensamentos eu estou numa posição ativa, de protagonismo, como se fosse realmente eu, não como se fosse apenas uma imagem; outra mudança é uma insegurança que tive por muito tempo, principalmente enquanto ainda era virgem, que é o tamanho do meu pênis. Quando to sem assistir pornografia, parece que eu distorço menos a visão que tenho dele e percebo que não tem nada de pequeno. Não sei se acaba acontecendo uma comparação inconsciente com o conceito de pênis grande que a pornografia expõe, mas eu definitivamente sinto essa diferença quando paro de vez de assistir. E não é nem como se ele estivesse maior, é como se eu sentisse que ele seria completamente suficiente mesmo, provavelmente pela questão de imaginar situações mais vívidas, onde eu realmente estou lá e consigo ter essa noção corporal da situação.

Enfim, sigo firme.

_______________________________________

Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos