Ir para baixo
NormanBates
NormanBates
Mensagens : 1
Data de inscrição : 28/01/2019
Idade : 22

Diário de Dias Vencidos Empty Diário de Dias Vencidos

29/1/2019, 01:29
E aí galera, é sempre um pouco difícil falar de nós mesmos, ainda mais se tratando de algo tão "íntimo". Não serei tão breve, mas farei o possível dividindo detalhes da minha vida que nunca dividi com ninguém. Peço desculpas aos que não são habituados à ler textos grandes, prolixos, em uma era de tecnologia onde queremos informações curtas e rápidas...

Partindo do inicio...

Eu não sei exatamente quantos anos eu tinha de fato, quando houve meu primeiro contato com a P. O que eu vou dividir com vocês agora, eu nunca compartilhei com ninguém profundamente, aliás, um tempo atrás questionei à minha mãe a respeito quando falávamos sobre traumas, e momentos de tensão na vida... Hoje eu tenho 20 anos. Meu pai trabalha com uma transportadora, e eu quando criança, costumava acompanhá-lo ao trabalho pois minha mãe trabalhava e não podia ficar comigo durante o dia. Eu gostava de ficar brincando na cabine do caminhão, imaginar que estava dirigindo, enfim essas ideias de criança. Certa vez, um ajudante de transportes que trabalhava para meu pai resolveu me fazer companhia, e brincar comigo... Havia umas brincadeiras dele ( às quais não recordo com precisão); mas lembro de ficar bastante tenso em relação à elas. Um dia,  ele pediu ao meu pai permissão para me levar à uma lan-house. Chegando lá, ele me mostrou conteúdos de P. Tenho em lembrança que quando isso aconteceu, cheguei em casa e contei aos meus pais, não lembro o que foi conversado na época, mas lembro que reportei á eles. Conversando com minha mãe recentemente, questionei sobre esse rapaz, perguntei se ela lembrava de algo que ele me tivesse feito, ela respondeu que não, e se eu não lembrava é porque não havia acontecido nada, pois segundo ela, situações de traumas ou tensões quando acontecem dificilmente esquecemos; em seguida mudamos de assunto. Eu lembro que comecei a conhecer meu corpo com 9-11 anos de idade, sempre fui muito ligado à internet, passava horas jogando... E com esse fácil acesso acabei descobrindo conteúdos que viraram meus segredos que eu alimentei durante todo esse tempo.

Eu não me vejo como um caso de um indivíduo compulsivo, obsessivo em relação a P. As minhas frequências de alimentar esse vício foi diminuindo ao longo do tempo, o que eu vejo como algo bom, de fato. Mas que quando ocorria, após, me sentia arrependido pelo feito e no dia seguinte ao acordar me encontrava em profunda exaustão. Me sentindo completamente incapaz para fazer qualquer coisa naquele dia, e não fazia. Fora os sentimentos de desinteresse, falta de motivação, enfim não sentia forças para nada. Acredito que muito a P contribuiu para a ansiedade e distúrbios relativos a depressão, afinal esses sintomas citados são resultados deles também.

Entretanto, nos períodos que me mantive sem P, foram os melhores mesmo que curtos... O primeiro dia sem, é tranquilo... Do segundo em diante, segue sucessões de angustia, ao menos pra mim foram. Em seguida a dificuldade para dormir, às vezes acompanhada de dores de cabeça, os pensamentos, e qualquer toque é motivo de ficar em alerta, ereção em momentos impróprios e sem razão alguma, sobra até para hora de fazer xixi e vira um desastre (risos), sonhos molhados, e despertar molhado também. Mas logo nos primeiros dias, você já é capaz de perceber uma melhora significativa. Parte de todos os sentidos, e todos esses desânimos e faltas de interesses somem. E você ganha de volta a vontade de viver, sabe? É incrível. O terrível é quando você se auto sabota, caindo na própria armadilha... Movido á um súbito impulso incontrolável, se rendendo a essa vergonha que você havia desejado.

Muito embora eu seja bastante introspectivo, eu consigo ser sociável. Interagir com os outros, amigos nunca foram problema, enfim... Sobre minhas relações sexuais, eu demoro bastante para atingir ápice e relaxar de verdade... Eu já saí com 2 caras, e foi bastante difícil. Com o primeiro eu nunca G tão pouco tive ereção. Com o segundo depois de muita persistência, consegui. E com uma menina eu sai 4 vezes, na primeira eu não tive ereção, na segunda foi na casa dela e eu estava muito mais tenso e queria ir embora, sorte que chegou a pizza e saímos depois... A terceira foi no jardim do condomínio, eu até consegui ter ereção, mas fiquei meia-bomba e foi igual, só não G. E na última, foi na casa de uma amiga, mas não tive uma ereção legal também e não G... Ah, eu nesse mesmo dia, antes, tive ereção em quanto estava deitado do lado dela assistindo a um filme com uns amigos, mas não consumou em nada. E acreditem a menina depois de namorar outros caras, ainda insiste em querer sair comigo. (O que é engraçado, eu acho!), mas isso não se resume somente ao nosso "amigo", né? A relação sexual em si é um equilíbrio de várias coisas que levam a estimulação e ao relaxamento, o fato é que eu consigo fazer a pessoa relaxar, mas eu não consigo ficar relaxado.

Acredito que essas experiências frustradas somadas ao vício em P, somam também no aspecto sexual, o fato de eu ser um demissexual. (Aos que desconhecem o significado, por favor, google!). Foi a única explicação plausível que eu encontrei e houve grande identificação.

O último dia que eu cometi essa vergonha, foi dia 26 no sábado para domingo. No domingo dia 27 passei o dia exausto, mas terminei minhas séries e não assisti a nada de P. Exclui os apps de relacionamento onde costumava conhecer pessoas e trocar nudes e tal, e retirei os links favoritos das vergonhas que serviam de escape.

Próximo passo agora é instalar os bloqueadores, e seguir firme nessa contagem de vitória...
Estou conhecendo o forum ainda, li todo e-book solicitado, acompanhei alguns diários, e fiquei perdido com algumas abreviações e/ou códigos.
Aceito sugestões, perguntas, trocas de idéias e todas considerações. Espero que eu possa cooperar de alguma forma para motivar a se verem livres desse vício da mesma forma que estarei encontrando motivações em vocês.

Estarei atualizando e compartilhando com vocês os meus dias, rumo aos 90 dias!

O que eu fazia nos dias que me manteve sem P? Nas férias fiquei alguns dias lendo meus livros, assistindo minhas séries e saindo com amigos... Foi o que me manteve longe, muito embora quando chegava a noite e havia pensamentos e ereções frequentes, até que não resisti...
O que pretendo fazer agora é redobrar muito mais isso, indo para o meu quarto somente quando estiver pronto para dormir. Até estivermos seguro da situação, acho que devemos sair totalmente da nossa zona de conforto que propicia que a gente cometa os deslizes. Devemos evitar tudo que facilite isso!

*O número máximo que já consegui ficar foram não mais que 25 dias; e serão superados.  
*Em semana de prova na faculdade, conseguia resistir ao vício muitas vezes... Em uma espécie de "concentração". Eu obtinha um rendimento muito melhor nas provas, o problema é quando elas acabavam ou chegava o final de semana, que por fim acabava me descontrolando. O que me fazia arrepender amargamente, sob um desejo ainda maior de querer sumir após ter puxado o gatilho e desperdiçado munição à toa.

Galera, seguinte: mente vazia é oficina do diabo. Vamos se ocupar e dominar nossa mente. É nós quem devemos estar no controle!

Juntos faremos resistência, e seremos melhores quando nós vermos livres desse mal que consumíamos, mas que a partir de agora não terá mais espaço.

É mais fácil vencer um mau hábito hoje do que amanhã.
Confúcio

Até mais!
lion29
lion29
Mensagens : 532
Data de inscrição : 11/09/2016

Diário de Dias Vencidos Empty Re: Diário de Dias Vencidos

29/1/2019, 01:48
Seja bem-vindo NormanBates, o fórum é um momento aonde expomos nossos problemas, vemos nosso passado e procuramos mudar para uma vida nova sem o vício, bem libertador. Pelo que eu li sobre seu relato vc tá bem focado e disposto a mudar, aos poucos vc pega o jeito do fórum e dos dias de reboot.
Como procedimento padrão do fórum é recomendado: instalar bloqueadores, evitar redes sociais se possível, atividades de religação, ler o ebook do fórum e instalar um contador.
Boa sorte nessa nova jornada, abraço.

_______________________________________



Acompanhe meu diário http://www.comoparar.com/t3896-diario-lion29
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos