Ir em baixo
pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Hora de mudar

em 18/6/2019, 22:04
Como muitos aqui, tive o primeiro contato com a pornografia ainda na adolescência, com uns 12 ou 13 anos. Eu era tímido, com dificuldades de me socializar com outras pessoas da minha idade. Tinha poucos amigos. Namoradas, então, nem pensar. Demorei para construir alguma auto confiança. Enquanto isso, fica idealizando romances com minhas coleguinhas de escola e, é claro, dá-lhe punheta. Já me apeguei ao hábito de me masturbar com frequência assim. Na época, estava começando-se a popularizar a internet e descobrir que por ela era possível ter acesso a "mulher pelada" (acho que estes foram os primeiros termos que busquei) era uma grande coisa para a minha cabeça de adolescente. No máximo, até então, eu só me masturbava assistindo televisão, com cenas eróticas (sem sexo explícito), vendo filmes e novelas com atrizes bonitas. Vez ou outra conseguia comprar uma playboy na banca de revistas ou roubava alguma de um tio.

Com a internet e a pornografia, tudo mudou. Agora eu poderia ter acesso a um conteúdo pornográfico muito mais numeroso e com muito mais facilidade. E conteúdo explícito. Esta quantidade e esta facilidade e o conteúdo explícito me deslumbraram. Ali eu percebi que provavelmente alguma coisa mudou no meu cérebro. A frequência com quem eu passei a me masturbar e procurar pornografia aumentou exponencialmente. É importante observarmos que o conteúdo que está acessível hoje é muito diferente e muito mais volumoso do que o que havia quando éramos mais jovens. Hoje, existe uma variedade enorme, com vídeos de alta resolução e às vezes de longa duração. Antes acessávamos apenas fotos e, excepcionalmente, alguns vídeos de má qualidade. Tenho certeza que isso potencializa a dependência. Buscamos cada vez mais. Hoje, cheguei ao ponto de não ver mais novidades no xvideos.

Ao longo dos anos, mantive o hábito. Sempre acessei pornografia com muita frequência. Diariamente. E com mais de uma masturbação por dia. Até hoje, com 35 anos. Enquanto isso, minha vida seguiu, deixei de ser um adolescente tímido, comecei a ter mais amigos, comecei a ficar com algumas meninas e aos 17 anos tive minha primeira namorada. Com ela, tive uma vida sexual ativa e acredito que bem saudável. Mesmo mantendo o hábito de acessar pornografia com muita frequência. Depois, aos 19, terminamos e segui minha vida. Com a segunda mulher com quem fiz sexo, surgiu a minha primeira preocupação: eu não consegui gozar, não tive ejaculação. As condições não eram muito favoráveis: era a primeira vez que eu ficava com essa pessoa, estávamos em uma festa com muitas outras pessoas, eu não estava confortável. Mas, mesmo assim, aquilo me preocupou. Eu tinha ereção, estava excitado, mas não conseguia chegar até o final.

Com as mulheres com quem fiz sexo depois, o problema se repetiu. Algumas vezes eu consigo chegar ao final e gozar, outras vezes não. Não há uma regra. Na terceira ou quarta pessoa com quem eu fiz sexo, após muitas tentativas fracassadas, eu me preocupei a ponto de procurar ajuda médica. Fui ao clínico, relatei a situação, ele me examinou, mas não constatou nenhum problema fisiológico. Disse que minha questão era da ordem psicológica e que eu deveria procurar ajuda na terapia. Eu não mencionei que tinha o hábito frequente de me masturbar vendo pornografia, isso me envergonhava demais. Mesmo na terapia, que sempre fiz por outros motivos, nunca tive coragem de abordar esse assunto abertamente. Então, o problema continuou. Algumas mulheres reparam, perguntam, ficam intrigadas. Eu explico que às vezes isso acontece comigo, e maioria nunca deu muita importância. Como eu consigo manter a ereção e a excitação, para elas o sexo não é ruim. E como algumas vezes eu consigo gozar, fui levando esse problema pra frente. E continuei acessando pornografia.

Daí, de dois anos para cá, essa situação está me preocupando mais do que antes. Tenho tido cada vez mais dificuldade para ejacular. Já cheguei a ficar quase uma hora fazendo sexo e não chegar ao fim. Comecei a pesquisar na internet sobre o problema. Descobri que tem nome científico: ejaculação retardada. A maior parte das explicações atribui essa dificuldade do homem em ejacular com questões psicológicas, mas algumas, poucas, citam a possível influência negativa da pornografia. Em alguns textos, cita-se, inclusive, que a forma como a pessoa se toca, a pressão da mão e a velocidade podem diminuir a sensibilidade do pênis e dificultar o orgasmo durante o sexo real. São condições físicas muito diferentes de uma penetração em uma vagina, com uma mulher de verdade.

Como eu estava preocupado, voltei ao médico que me atendeu a primeira vez e relatei o problema novamente. De novo, ele me examinou e de novo disse que não encontrou nenhum problema fisiológico e que minha questão era psicológica. Dessa vez eu mencionei, com muita dificuldade, com vergonha, que me masturbava frequentemente vendo pornografia. E perguntei se isso poderia estar influenciando o meu caso, comentando, inclusive, sobre se não teria me condicionado fisicamente a gozar apenas me masturbando. Ele disse que até era possível, mas que as chances eram muito pequenas. Me aconselhou novamente a tratar a questão na terapia.

Recentemente, tive um breve namoro com uma pessoa com quem me envolvi muito. E, infelizmente, com ela, nunca consegui gozar. É uma mulher bonita, que me excita, mas não foi suficiente para me fazer gozar. E ela, ao contrário da maioria das outras mulheres com quem já passei por essa situação, se preocupou, me questionou e me pediu para buscar ajuda. Quero, ainda, ir a outro médico, urologista, para ter uma opinião profissional. E levei a questão para a terapia, de uma forma aberta e corajosa, pela primeira vez. Num caso como esse, tão raro como é a ejaculação retardada, as possíveis causas são muitas e são complexas. Podem passar por questões hormonais, fisiológicas e também psicológicas. É importante levantar todas as hipóteses. Mas eu, pessoalmente, estou convencido de que a razão do meu problema é o vício em pornografia, que me condicionou mentalmente e também fisicamente.

Encontrar este fórum foi muito bom para ter uma referência de que o meu problema pode ser enfrentado e existem técnicas para isso. Além, é claro, do apoio de muitas outras pessoas que estão aqui. Por isso, resolvi encarar o desafio. Comecei ontem e estou confiante e tranquilo de que vou conseguir. Hoje já tive vontade algumas vezes, mas estou de boa. (é engraçado que a vontade aparece na cabeça nos momentos em que você está mais distraído, com a cabeça nas nuvens, como se isso fosse um mero passatempo inocente).

Conto com o apoio de você e vamos em frente!

SilvioSantos
SilvioSantos
Mensagens : 153
Data de inscrição : 14/06/2018
Idade : 36
http://www.comoparar.com/t8095-minha-vida-com-de

Hora de mudar Empty Resposta

em 19/6/2019, 05:42
Bem vindo pedrogular, penso q uma nova pessoa aki no site eh como o Neo acordando do mundo real depois de acordar da Matrix.
O desafio eh bem simples, primeiro, deixar de praticar PMO por alguns dias pra vc ver se eh facil ou nao, se nao for facil, o pq nao eh facil? nao era um passa tempo q vc tinha total controle? Depois de passar a barreira de alguns dias fazer sexo e ver a diferenca.
A meta de 90 dias eh um numero q teoricamente pra vc mudar habitos, mas os beneficios podem ser notados antes e as vezes depois desse numero.
O moderador do site logo vai passar mais informacao sobre o metodo.
Mto boa sorte e bem vindo meu amigo,
SilvioSantos
Alexandretj
Alexandretj
Moderador
Moderador
Mensagens : 872
Data de inscrição : 21/11/2016
Idade : 37

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 19/6/2019, 05:55
Seja bem-vindo Pedro

Sua história é bem parecida com a minha, até temos a mesma idade. Também tive problemas com ER; mas o lado positivo é que não engravidei nenhuma mulher; na situação que estou, talvez não seria um bom pai. Durante o Reboot, você vai ter poluções noturnas.

A PMO destrói a natureza do corpo. Seu maior desafio será lidar com as fantasias da sua mente e tentar bloqueá-las.

Sucesso

Enviado pelo Topic'it

_______________________________________
David Silva
David Silva
Mensagens : 2774
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 35

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 19/6/2019, 09:24
A internet inaugurou a PORNOSFERA.

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
______
Início do meu diário: http://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 19/6/2019, 11:30
Oi SilvioSantos, gostei da analogia com o Neo acordando da Matrix! Hhahaha  Estou me sentindo assim mesmo, me despertando para uma nova vida, com novas atitudes, com uma outra postura. Tenho certeza que muita coisa vai mudar pra melhor. Além do reboot, estou praticando exercício físico, quero voltar a estudar e também praticar alguma atividade artística, como desenho ou escrita.

Vou ficar atento às mudanças durante o reboot.

Alexandretj, pois é, vc também tem/teve ER? É uma situação constrangedora, né? Também não sou pai ainda, o que por um lado é bom, como vc disse, porque estamos num momentos da vida em que ainda temos muito o que melhorar. Tem a ver com essa ideia do Neo despertando para a Matrix que o SilvioSantos falou aí. Valeu pelo apoio!

Tô seguindo tranquilo e confiante. Atento às mudanças e dificuldades que podem vir. Mas muito curioso e ansioso pelas mudanças pra melhor que tenho certeza que vão rolar!

avatar
Convidado
Convidado

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 19/6/2019, 12:08
O desafio é grande, mas você ter tomado coragem de começar já é uma vitória.

Acompanhando seu diário.
Força.
pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 20/6/2019, 20:29
Hoje eu cheguei ao terceiro dia e senti a dificuldade pela primeira vez. Foi feriado, fiquei o dia inteiro em casa sozinho. A vontade veio várias vezes. Mas tô firme.

Durante a madrugada acordei no meio do sono, do nada. Achei estranho.

Até ontem foi tranquilo. Quando estava na rua, reparei nas gatas como já fazia um tempo que não reparava. Nos últimos meses tava me sentindo meio sem libido, saía na rua e não via graça em mulher nenhuma.

Seguimos.

avatar
urso
Mensagens : 32
Data de inscrição : 19/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 20/6/2019, 21:14
ola pedrogular , li o seu relato e te entendo , também sofri de ER por anos a fio, mas eu apenas achava que tinha "controle " sobre o meu corpo! Gostaria de te ajudar com um conselho: encare a masturbação como um hábito e mude ele , se vc ficar lutando contra o vicio e manter a mesma rotina que te levava a PMO , fatalmente vc vai recair. No meu caso por exemplo , sempre me masturbava depois que minha esposa ia dormir por volta das 23:00h , eu ficava sozinho e ia até 02:00 ou 03:00 da madrugada sendo que na manhã seguinte eu estava de pé as 06:30! O que eu fiz para mudar? Simples , passei a ir dormir junto com a minha mulher , só isso, não lutei contra , eu tomei a decisão de deitar sedo e fui , se o sono não vinha eu ouvia musica ou lia um livro( dica:se puder leia O poder do hábito, ele explica mecanismos de vício), mas ficava na cama até pegar no sono, e o mais importante : um dia de cada vez! É lógico que este pode não ser o seu gatilho, mas vc deve descobrir o seu e alterá-lo. Se suas sessões costumam ocorrer quando vc fica sozinho em casa , em primeiro lugar mantenha a calma e procure algo para fazer, pode ser uma faxina , uma refeição , limpar o banheiro, lavar as janelas mas se ocupe e faça uma tarefa de cada vez se concentrando inteiramente nela. Cada tarefa concluída vai liberar um pouquinho de dopamina no seu centro de recompensa e isto vai te ajudar! Se ficar difícil se manter focado em casa , vá pra rua , caminhe , corra , pedale mas não fique parado, pq esse vicio te domina quando seu cérebro sente o tédio bater e deseja um alivio fácil.Por isso meu amigo vire um super sayajin. Quanto a sua namorada , converse com ela e diga que está procurando ajuda , porém pense bem antes de se abrir sobe o vicio em PMO, isto pode assustá-la. Bem eu estou limpo desde 03/12/2019 e te digo é possível, não desista por que acredito que vc esta no inicio do vicio , sendo que a evolução te leva a DE e baixa testosterona. Vou tentar acompanhar o seu diário,e saiba que tem aqui um amigo com quem pode falar! Como disse no meu relato nestes 6 meses não me sinto curado mas a minha vida e personalidade mudaram.Não vai ser fácil, você vai se sentir um lixo, vai ter pesadelos onde se masturba (isso já aconteceu comigo três vezes) , mas vc é consegue por que precisa da sua vida de volta!!!!
um grande abraço
" o seu sucesso está logo depois da vontade de desistir"
pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 20/6/2019, 21:56
Pô urso, muito obrigado pelas dicas e pelo apoio! vc acertou: meu gatilho são os momentos de tédio, quando estou sozinho. tenho que estar mais atento a estes momentos e procurar outras atividades para me sentir mais ativo. isso é uma otima ideia. e boa a sua sacada de diferenciar vício de hábito. acho que vou arrumar mais atividades ao ar livre, na rua, mesmo que sozinho. já voltei a fazer exercícios na semana passada, coisa que não fazia há muito tempo, e tô achando ótimo, tanto por causa de uma sensação de bem estar quanto pela minha auto estima. sobre a minha namorada, na verdade já é ex, infelizmente. mas o término teve o seu lado bom, pq me despertou para várias mudanças de vida, inclusive esse reboot.

sobre vc dizer que eu estou no inicio do vicio é que fiquei em duvida. já tenho o hábito desde a adolescência, e hoje tô com 35! sei lá.. mas pelo o que estou lendo no material do fórum e de outros links compartilhados por aqui, acho que essa dependência me afeta de muitas outras formas, não só fisiológicas, mas na minha postura diante o mundo.

mas é isso aí, cara, tô incorporando o super sayajin aqui!

valeu pela força! abs





pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 21/6/2019, 14:56
essa noite acordei no meio do sono de novo, sem razão. pra passar o tempo, fui ler alguns diários aqui no fórum pelo celular.

lendo os casos de flatline, fiquei curioso e um pouco curioso se já estou passando por isso. já faz um tempo que não tenho ereções espontâneas. por curiosidade, comecei a me M por poucos segundos, pra checar se estou tendo ereção. fantasiei uma mulher real. devo zerar o contador??

pelo menos fisicamente, tá tudo certo, tive ereção e parei rapidamente.

na sequência votei a dormir e tive um sonho erótico bem hardcore. acordei na hora com sentimento de culpa, pensando que estava me M, mas foi só um sonho mesmo.

pedrogular
pedrogular
Mensagens : 12
Data de inscrição : 17/06/2019

Hora de mudar Empty Re: Hora de mudar

em 23/6/2019, 23:42
hoje eu caí. -----
SilvioSantos
SilvioSantos
Mensagens : 153
Data de inscrição : 14/06/2018
Idade : 36
http://www.comoparar.com/t8095-minha-vida-com-de

Hora de mudar Empty Resposta

em 5/7/2019, 05:17
E tem gente q fica em duvida c isso eh um vicio.....
So a gente sabe q caraleo eh isso.
Mas eh isso meu amigo, levanta, sacode a poeira, anota oq te fez recair, e recomeca de novo.
O objetivo nao eh ter um contador nos 90 dias e sim perder o habito de se autoagradar. Se vc recaiu nao quer dizer q voltou ao velho habito. Cuidado com os proximos dias seguintes a recaida, eles sao ainda mais dificeis pra pegar no embalo.
Forca ai meu amigo.
SilvioSantos

_______________________________________
SilvioSantos bounce afro
Meu diario:
http://www.comoparar.com/t8095-minha-vida-com-de
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum