Ir para baixo
Virile
Virile
Mensagens : 2
Data de inscrição : 21/06/2019

[relato][diário] Pau que nasce torto se endireita ? Empty [relato][diário] Pau que nasce torto se endireita ?

25/6/2019, 00:07
Pau que nasce torto se endireita ?

A primeira imagem que me recordo de ver P foi aos 6 anos, no qual um primo meu me mostrou aquelas imagens ainda na internet discada. Sei também que entrei de cabeça nessa vida aos 9 anos, quando pude ter acesso à internet, era algo insano, vezes ao dia. Quando as outras crianças vinham me chamar para brincar, jogar bola e outras coisas, eu sempre negava para ficar no computador, seja jogando, seja na PMO. Não sei se isso teve relação, mas durante toda minha pré-adolescência eu criei uma grande fobia social. Quando parentes vinham até minha casa pro churrasco no final de semana, pasmem, eu acordava ao meio dia morto de fome e não saia do quarto até que pelo menos a maioria fosse embora. Fiz isso várias vezes. Além disso, cresci com medo de atender até o telefone, consegui aprender a conversar olhando nos olhos dos outros há poucos anos.

Vou contar uma parte complicada da minha história, durante a minha adolescência eu descobri por observação que tinha alguns problemas no meu malandro, (1) ele era torto e (2) havia umas bolinhas feias nele, tudo de nascença. Carreguei esse peso que era um bloqueio mental para me envolver e conversar com qualquer garota, pois morria de medo de ter que me relacionar e ser descoberto. Por isso, me afogava mais ainda na PMO ao ver meus amigos pegando as garotinhas e eu fisiologicamente não podia com isso. Aos 16, não aguentava mais tanto sofrimento, contei aos meus pais e expliquei a situação. Eles entenderam e concordaram com as despesas da cirurgia, que seria feita por um urologista qualquer da cidade.

Perfeito, meus problemas estavam acabados, grave engano! O único benefício foi eu ter conseguido uns 120 dias longe de M, mas foi porque eu estava proibido pelo doutor. Além dele diminuir pouco mais de 1cm de comprimento, meses depois ele estava torto novamente, porém com cicatrizes e pontos que o deixaram ainda mais feio, fora a minha família alguns milhares mais pobre. Era demais para mim, passei a me afundar ainda mais na PMO. Na escola passei a odiar tudo e a todos apesar de ser o único lugar que eu frequentava. Não consigo me lembrar de uma pior fase da minha vida até hoje, passei um ano inteiro na mais profunda depressão, pensei muitas e muitas vezes em me matar, porém não o fiz.

No ano seguinte, não sei por qual motivo, talvez por ter iniciado a academia e os estudos pesados (estudava manhã, tarde e noite) para o vestibular, consegui sair dessa fossa que é a depressão. Porém, um monstro crescia gradualmente no silêncio. No final do ano de 2017 eu já havia escalado diversos gêneros e nem me dei conta: sai do hétero rumo ao lésbico cada vez mais pesado. Em meados de 2018 ultrapassei a linha ao ter contato com pornografia trans, porém descobri os malefícios da pornografia e comecei a lutar contra isso nessa época. Consegui aproximadamente 60 dias e tive algumas recaídas, estas maiores que os sucessos.

Perda da virgindade

Setembro/2018 - Todos os meus amigos já não eram virgens e eu estava cansado de ter que aguentar aquilo. Peguei minha grana, contatei uma garota de programa e combinei de me encontrar com ela. Não vou entrar em detalhes, porém o que eu mais temia era de fato real. Sentia muitas dores durante o ato, a penetração não era possível em várias posições (só consegui em uma), não foi muito agradável, apesar de ter tido seus lados bons. Por sorte eu contatei o serviço privado já contando com isto, pois não tinha chances de ser explanado para pessoas próximas.

- 2019

Marquei uma nova cirurgia para o meio do ano com um doutor que é a autoridade mundial no meu problema de curvatura (acreditem, meu pai vendeu a casa pra poder pagar essa cirurgia). Ademais, venho lutando contra a PMO que, entretanto, me trouxe uma grande dor de cabeça: o HOCD e a DE. Caras, depois de algumas recaídas rumo ao conteúdo trans, somado ao estresse pelo fim do meu semestre na faculdade, resolvi ir à uma dessas casas de massagem, pois eu tinha certeza que era hétero. Meu deus, na hora H não conseguia mais me sentir excitado com o corpo feminino, broxei com uma moça linda!

Companheiros, escrevo esse relato há poucos momentos antes da cirurgia, não sei se meu problema vai ser corrigido, se sobreviverei ou não, só sei que essa é uma nova oportunidade de vencer a PMO: a partir de amanhã eu não poderei e nem conseguirei utilizar desses artifícios pelos próximos 3 meses (por conta dos curativos e remédios). Li muito o fórum essa semana, o conheci há pouco tempo, li também parte do livro do Gary Wilson, me armei com bloqueadores e tudo mais. Espero daqui alguns meses poder escrever nas histórias de sucesso.

Obrigado para quem leu até aqui, torçam por mim, abraço a todos!

_______________________________________
Não consigo colocar um contador, mas estou desde o dia 15/06/2019.
avatar
Asp1rante
Mensagens : 21
Data de inscrição : 29/05/2019

[relato][diário] Pau que nasce torto se endireita ? Empty Re: [relato][diário] Pau que nasce torto se endireita ?

27/6/2019, 18:11
Caraca, mano tu vai conseguir, boa sorte e não desista.
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos