Ir em baixo
avatar
Umcaralegal
Moderador
Moderador
Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/01/2020

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 14/2/2020, 12:16
Pr.piloto escreveu:
Umcaralegal escreveu:
Pr.piloto escreveu:Galera, seguinte, tenho 24 anos e tenho um problema grave com o vicio,  tenho contato com PMO desde uns 7 anos, quando meus primos mais velhos me mostravam algum videozinho no pc, ou o inicio aquelas revistinhas, e desde então a situação veio a piorar, ou seja, no inicio meus orgamos com masturbação eram muito fortes, nem precisava de pornografia, se via uma simples foto lembrava dela o dia todo, porem com o tempo isso foi mudando, e ganhei um computador com acesso a internet banda larga,  e comecei a baixa pornografia hetero era o suficiente.

Então acredito que a partir da i que as coisas se agravaram, na minha infância,  por algum motivo, nao lembro da situação, meu primo me viu pelado, e ele era 5 anos mais velho q eu, e passo a me chamar de penis pequeno e afins,  e isso sempre ficou na minha cabeça, ai quando descobri o mundo porno (sei que aquilo não é real, os caras são exceção a regra) acabou me deixando encanado pq ate que comecei a me mastubar com mais frequencia para o penis crescer, sendo então bem ingenuo porem nessa época tinhas uns 10-11 anos.

Passada essa fase, o porno convencional,  parou de me satisfazer comecei a ver menage, orgias etc etc até chegar no porno gay, porem antes via apenas os caras se mastubando, pq de alguma foma me comparava com eles, e desde então minha vida sexual foi de ladeira a baixo, porque até em bate bapos de web-can entrava para me comparar com os outros caras,  e acabava me masturbando por la, sabia q aquilo nao fazia parte de mim q era sujo, imoral, e depois sentia um baita arrependimento, porém virou um ciclo,  e também, ia parar la depois de dias de muito estresse, referido site servia para me tirar da realidade.

Só que durante esse tempo, eu sempre me apaixonei por garotas na escola,  ficava com algumas,  depois na faculdade fiquei com outras, até q me apaixonei de verdade por uma especifica,  e nesse meio tempo tinha largado a pornografia ou pelo menos passei usar de uma forma saudável, se é q existe, porem quando terminamos e vi q nao tinha mais volta, voltei a me refugiar nesse website, buscando confirmação e fugindo da realidade.

Porém continuava a sair com outras garotas, e tudo funcionava normal, até que comecei a sofrer de ejaculação retardada,  (nesse tempo todo usando todo tipo de pornografia devido escalonamento, cheguei a me masturbar 7-8 vezes no dia), só que chegou um dia q brochei, foi então que a ficha caiu e vi que estava acabando com minha vida, que estava no buraco,  porque com isso veio inseguranças, comecei a dispensar mulheres ou evitar com medo de falhar, e o HOCD veio pesado, então comecei a pesquisar e descobri o NOFAP, fiquei 30 dias sem PMO (fiquei +/- bem, e a confiança estava voltando), e então tive relação com uma guria em um dia e com outra dois dias depois, porém depois da segunda sucumbi e cai na PMO de novo, e esta muito difícil, me manter em grandes periodos, e me incomodo quando fico perto de algum homem bonito ou da voz grossa, visto que acho a minha fina, mesmo eu tendo uma boa aparência, corpo legal pois frequento a academia a muito tempo, tenho medo de sentir atração, ou seja, oque antes eu comparava hj tenho medo de ser atração,  e minha cabeça me mata com isso, até sonhos estranhos ando tendo, tipo no sonho converso com a garota, e chega na hora H, é um cara.

Bom esse é um resumo do meu martilho,  estou no 8 dia de abstinência e espero conseguir o reboot, e ter uma vida normal e conseguir me apaixonar de novo por outra garota, falem oque acha, se ja passaram por coisa parecida pq to surtando, já li varios diarios, alguns parecem com o meu mas percebi q estava fazendo mal para mim e resolvi escrever o meu

Fala meu mano!

Estou começando a ler o seu relato e tem muita semelhança comigo. Eu também tenho essa paranoia de comparação e até em site de venda de roupa eu fico tentado a comparar e sempre achar que o outro é melhor que eu. Isso é muito ruim. A pornografia me destruiu!  Eu me acho feio e sempre acho que os outros caras tem o bilau maior e melhor que o meu. É uma bosta! Estou tentando superar isso, mas todos os dias as tentações vem. Inclusive no final de semana tive uma polução devido a um sonho erótico que tive. O sonho tinha relação com o que eu via no skype. No sonho eu praticava M e me exibia para os outros. Foi um pesadelo na verdade.
Abraços mano e fica com Deus!

Então cara, estive livre disse por quase um ano, atingi consegui o reboot, e depois de um tempo voltei pra pornografia das mais simples até chegar na web, e hj estou a uns 13-14 dias sem web, mas a masturbação esta difícil ficar sem,  principalmente quando estou com a ansiedade, bem alta ou passo por uma situação de extress

Eu estou a 46 dias sem P e M, mas tem sido muito difícil. O amigão fica clamando por um carinho se é que me entende kkkk. Evito até encostar lá e estou sempre tomando banho gelado. Tente distrair a sua mente também. Escute uma música e pratique uma atividade física.

_______________________________________



Um pouco da minha história: https://www.comoparar.com/t9965-diario-de-um-cara-legal

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." - Salmos 46:1
Pr.piloto
Pr.piloto
Mensagens : 274
Data de inscrição : 31/03/2019

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 14/2/2020, 12:21
Umcaralegal escreveu:
Pr.piloto escreveu:
Umcaralegal escreveu:
Pr.piloto escreveu:Galera, seguinte, tenho 24 anos e tenho um problema grave com o vicio,  tenho contato com PMO desde uns 7 anos, quando meus primos mais velhos me mostravam algum videozinho no pc, ou o inicio aquelas revistinhas, e desde então a situação veio a piorar, ou seja, no inicio meus orgamos com masturbação eram muito fortes, nem precisava de pornografia, se via uma simples foto lembrava dela o dia todo, porem com o tempo isso foi mudando, e ganhei um computador com acesso a internet banda larga,  e comecei a baixa pornografia hetero era o suficiente.

Então acredito que a partir da i que as coisas se agravaram, na minha infância,  por algum motivo, nao lembro da situação, meu primo me viu pelado, e ele era 5 anos mais velho q eu, e passo a me chamar de penis pequeno e afins,  e isso sempre ficou na minha cabeça, ai quando descobri o mundo porno (sei que aquilo não é real, os caras são exceção a regra) acabou me deixando encanado pq ate que comecei a me mastubar com mais frequencia para o penis crescer, sendo então bem ingenuo porem nessa época tinhas uns 10-11 anos.

Passada essa fase, o porno convencional,  parou de me satisfazer comecei a ver menage, orgias etc etc até chegar no porno gay, porem antes via apenas os caras se mastubando, pq de alguma foma me comparava com eles, e desde então minha vida sexual foi de ladeira a baixo, porque até em bate bapos de web-can entrava para me comparar com os outros caras,  e acabava me masturbando por la, sabia q aquilo nao fazia parte de mim q era sujo, imoral, e depois sentia um baita arrependimento, porém virou um ciclo,  e também, ia parar la depois de dias de muito estresse, referido site servia para me tirar da realidade.

Só que durante esse tempo, eu sempre me apaixonei por garotas na escola,  ficava com algumas,  depois na faculdade fiquei com outras, até q me apaixonei de verdade por uma especifica,  e nesse meio tempo tinha largado a pornografia ou pelo menos passei usar de uma forma saudável, se é q existe, porem quando terminamos e vi q nao tinha mais volta, voltei a me refugiar nesse website, buscando confirmação e fugindo da realidade.

Porém continuava a sair com outras garotas, e tudo funcionava normal, até que comecei a sofrer de ejaculação retardada,  (nesse tempo todo usando todo tipo de pornografia devido escalonamento, cheguei a me masturbar 7-8 vezes no dia), só que chegou um dia q brochei, foi então que a ficha caiu e vi que estava acabando com minha vida, que estava no buraco,  porque com isso veio inseguranças, comecei a dispensar mulheres ou evitar com medo de falhar, e o HOCD veio pesado, então comecei a pesquisar e descobri o NOFAP, fiquei 30 dias sem PMO (fiquei +/- bem, e a confiança estava voltando), e então tive relação com uma guria em um dia e com outra dois dias depois, porém depois da segunda sucumbi e cai na PMO de novo, e esta muito difícil, me manter em grandes periodos, e me incomodo quando fico perto de algum homem bonito ou da voz grossa, visto que acho a minha fina, mesmo eu tendo uma boa aparência, corpo legal pois frequento a academia a muito tempo, tenho medo de sentir atração, ou seja, oque antes eu comparava hj tenho medo de ser atração,  e minha cabeça me mata com isso, até sonhos estranhos ando tendo, tipo no sonho converso com a garota, e chega na hora H, é um cara.

Bom esse é um resumo do meu martilho,  estou no 8 dia de abstinência e espero conseguir o reboot, e ter uma vida normal e conseguir me apaixonar de novo por outra garota, falem oque acha, se ja passaram por coisa parecida pq to surtando, já li varios diarios, alguns parecem com o meu mas percebi q estava fazendo mal para mim e resolvi escrever o meu

Fala meu mano!

Estou começando a ler o seu relato e tem muita semelhança comigo. Eu também tenho essa paranoia de comparação e até em site de venda de roupa eu fico tentado a comparar e sempre achar que o outro é melhor que eu. Isso é muito ruim. A pornografia me destruiu!  Eu me acho feio e sempre acho que os outros caras tem o bilau maior e melhor que o meu. É uma bosta! Estou tentando superar isso, mas todos os dias as tentações vem. Inclusive no final de semana tive uma polução devido a um sonho erótico que tive. O sonho tinha relação com o que eu via no skype. No sonho eu praticava M e me exibia para os outros. Foi um pesadelo na verdade.
Abraços mano e fica com Deus!

Então cara, estive livre disse por quase um ano, atingi consegui o reboot, e depois de um tempo voltei pra pornografia das mais simples até chegar na web, e hj estou a uns 13-14 dias sem web, mas a masturbação esta difícil ficar sem,  principalmente quando estou com a ansiedade, bem alta ou passo por uma situação de extress

Eu estou a 46 dias sem P e M, mas tem sido muito difícil. O amigão fica clamando por um carinho se é que me entende kkkk. Evito até encostar lá e estou sempre tomando banho gelado. Tente distrair a sua mente também. Escute uma música e pratique uma atividade física.

Então, eu treino funcional e musculação, mas tem dia q é complicado, como hj kk mas aos poucos estou conseguindo tranquilizar minha mente

_______________________________________
Cheguem mais

1- http://www.comoparar.com/t9307-diario-do-sr-pioloto-er-hocd-inseguranca-voltar-a-vida

avatar
Umcaralegal
Moderador
Moderador
Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/01/2020

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 14/2/2020, 12:30
Mano, vou te passar uma regra que vi aqui no fórum esses dias, é a regra do AEIOU. Está me ajudando muito. Fica bom Deus! Abraço!

por Rafael Rossi
EVITAÇÃO DIRETA DE FANTASIAS

Essas são técnicas para o dia-dia, para lidarmos diretamente com a compulsão mental por pornografia na hora, quando devido à algum gatilho do ambiente, pensamentos pornográficos chegam involuntariamente à nossa mente.
Não adianta nada "não pensar em sexo". Quanto mais combatermos os pensamentos sexuais, mais eles surgirão em nosso mente. É como aquela velha história: "não pense num elefante cor-de-rosa". Obviamente que a pessoa vai passar o dia pensando no tal elefante cor-de-rosa. Para facilitar a memorização, esse conjunto de técnicas foi denominado como "AEIOU".

A - Agir IMEDIATAMENTE
Sempre que for exposto à um gatilho ou à uma fantasia, mudar o foco do pensamento em milionésimos de segundos. Isso parece bastante óbvio na teoria mas, na prática, muitas vezes nos envolvemos na teia da fantasia e, quando vemos, já estamos presos. A neurociência nos fala que toda vez que o nosso cérebro imagina algo, o nosso corpo age como se estivesse vivendo de verdade.
Toda vez que fantasiamos os caminhos neurais do vício são repavimentados, testosterona é liberada e o organismo se prepara para o coito iminente. A partir daí, tentar frear o organismo, é REPRESSÃO SEXUAL, pois a expressão sexual após um determinado tempo numa fantasia vira uma necessidade urgente. O segredo, portanto, é CORTARMOS O MAL PELA RAIZ e fugirmos da fantasia ASSIM QUE ELA SURGE.
Toda vez que a fantasia surgir, mudamos imediatamente o foco, seja fazendo alguma atividade; seja mudando o foco visual (em vez de olharmos a mulher gostosa na rua, admirarmos o céu, a natureza ou as crianças); seja substituindo IMEDIATAMENTE o pensamento erótico por uma fantasia prazerosa como brincar com os nossos filhos, ou acariciar um animal de estimação; seja aplicando alguma das demais técnicas que iremos ver em seguida. Tudo isso é EDUCAÇÃO SEXUAL.
Em outras palavras: REPRESSÃO SEXUAL é nos submetermos ao estímulo e depois reprimir a expressão sexual. EDUCAÇÃO SEXUAL é evitarmos o estímulo e FICARMOS EM PAZ.

Exemplo típico:
Se imaginarmos a morena da globeleza dançando na nossa frente, no início da música: "lá vou eu, lá vou eu". Você vai realmente! Vai para qualquer outro lugar que não seja a tal morena. Cancele urgentemente!
Agora se, por outro lado, você se deixa automaticamente envolver pela fantasia, quando ouvir a musiquinha toda, talvez já seja muito tarde.


E - Escaneamento de necessidades: `
Por trás de toda fantasia existe uma NECESSIDADE REAL não preenchida. Toda vez que você tiver uma fantasia pergunte-se: "Qual a minha necessidade, agora?". Só o fato de fazer uma pergunta já tira o estímulo do sistema límbico e o joga no córtex frontal diminuindo a excitação da fantasia. Em seguida escaneie seu cérebro em busca da necessidade escondida por trás dessa fantasia.
Exemplos:
- Sono: uma vez eu estava tendo uma fantasia atrás da outra. Orei pedindo orientação sobre o que estava acontecendo. Um intuição me ocorreu: "durma!". Eu tinha dado vários plantões seguidos e estava cansado. O meu cérebro buscou o caminho mais fácil para sentir algum prazer diante de tanto cansaço. Bastou eu dormir para que TODAS AS FANTASIAS SUMISSEM. Quando acordei no final da tarde estava alegre, feliz. Tentei ainda fantasiar algo para testar, mas a minha mente parecia uma tela de cinema em branco - tudo na mais perfeita paz.
- Conexão: quando estamos sozinho tendemos a fantasiar muitos. Ligar para um amigo ou sair em grupo supre essa necessidade e a fantasia desaparece
- Diversão: quando estamos fazendo um trabalho muito monótono e chato tendemos a fantasiar para "escaparmos" da situação. Buscar "um refresco", uma diversão resolve o problema.
Certa vez, eu estava tendo um turbilhão de fantasias que voltavam o tempo todo por mais que eu as evitasse. Perguntei, então, a mim mesmo: "qual é a sua necessidade real, Antônio?". Descobri que a minha vida estava muito monótona, era só trabalho, trabalho e trabalho. Resolvi, então, parar na praia, caminhar descalço e mergulhar de bermuda e tudo no mar. Acabou-se o problema. As fantasias sumiram.

I - imersão no próprio corpo:
Essa técnica é extremamente poderosa e eficaz. Funciona de forma rápida, quase mágica. Voltando aquele exemplo da morena da globeleza, você volta para o seu corpo e se pergunta:
- O que estou vendo, agora?
- Um monte de carros num engarrafamento.
O que estou pegando agora?
- Na direção do meu veículo
Que cheiro estou sentido
- O do aromatizador do meu carro junto com o cheiro da fumaça dos outros automóveis.
O que estou ouvindo?
- O barulho dos motores do outros veículos.
Não precisa fazer todas essas perguntas, basta fazer só uma e a fantasia some como por encanto. Num engarrafamento a sua mente tentou "escapulir" para os braços da morena fatídica Very Happy - traga-a de volta para o seu corpo.

O - Observação de si mesmo
Tá pensando em sacanagem? Ok! Volte um pouco e observe qual foi o pensamento que ocorreu imediatamente antes desse. Faça um big brother assistindo a você mesmo. Vá rebobinando a fita até encontrar a causa da fantasia. Só esse escaneamento em si faz a fantasia desaparecer além de aumentar em muito o auto-conhecimento do rebooter.
Exemplo: quando eu estava indo pegar o elevador do hospital onde trabalho me ocorreram cenas de um filme erótico que assisti. Imediatamente me perguntei: "o que eu estava pensando antes disso?". Aí percebi que uma mulher de vestido curto passou na minha frente e eu a desejei. Imediatamente isso me linkou com o tal vídeo. Tudo isso aconteceu em milionésimos de segundos, totalmente no automático e eu só percebi porque fiz o escaneamento. Fiquei tranquilo, feliz e mudei o foco do pensamento.

U - unir-se a alguém
Não consegue tirar esse harém da cabeça? Ligue AGORA para um amigo e converse alguma coisa divertida. Marque um passeio com alguém. Entre no fórum AGORA e poste alguma coisa, ajude algum usuário. Você verá que a fantasia irá passar mais facilmente e que depois da conversa você talvez nem lembre mais desses pensamentos compulsivos que estavam na sua mente.

_______________________________________



Um pouco da minha história: https://www.comoparar.com/t9965-diario-de-um-cara-legal

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." - Salmos 46:1
Pr.piloto
Pr.piloto
Mensagens : 274
Data de inscrição : 31/03/2019

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 14/2/2020, 12:36
Umcaralegal escreveu:Mano, vou te passar uma regra que vi aqui no fórum esses dias, é a regra do AEIOU. Está me ajudando muito. Fica bom Deus! Abraço!

por Rafael Rossi
EVITAÇÃO DIRETA DE FANTASIAS

Essas são técnicas para o dia-dia, para lidarmos diretamente com a compulsão mental por pornografia na hora, quando devido à algum gatilho do ambiente, pensamentos pornográficos chegam involuntariamente à nossa mente.
Não adianta nada "não pensar em sexo". Quanto mais combatermos os pensamentos sexuais, mais eles surgirão em nosso mente. É como aquela velha história: "não pense num elefante cor-de-rosa". Obviamente que a pessoa vai passar o dia pensando no tal elefante cor-de-rosa. Para facilitar a memorização, esse conjunto de técnicas foi denominado como "AEIOU".

A - Agir IMEDIATAMENTE
Sempre que for exposto à um gatilho ou à uma fantasia, mudar o foco do pensamento em milionésimos de segundos. Isso parece bastante óbvio na teoria mas, na prática, muitas vezes nos envolvemos na teia da fantasia e, quando vemos, já estamos presos. A neurociência nos fala que toda vez que o nosso cérebro imagina algo, o nosso corpo age como se estivesse vivendo de verdade.
Toda vez que fantasiamos os caminhos neurais do vício são repavimentados, testosterona é liberada e o organismo se prepara para o coito iminente. A partir daí, tentar frear o organismo, é REPRESSÃO SEXUAL, pois a expressão sexual após um determinado tempo numa fantasia vira uma necessidade urgente. O segredo, portanto, é CORTARMOS O MAL PELA RAIZ e fugirmos da fantasia ASSIM QUE ELA SURGE.
Toda vez que a fantasia surgir, mudamos imediatamente o foco, seja fazendo alguma atividade; seja mudando o foco visual (em vez de olharmos a mulher gostosa na rua, admirarmos o céu, a natureza ou as crianças); seja substituindo IMEDIATAMENTE o pensamento erótico por uma fantasia prazerosa como brincar com os nossos filhos, ou acariciar um animal de estimação; seja aplicando alguma das demais técnicas que iremos ver em seguida. Tudo isso é EDUCAÇÃO SEXUAL.
Em outras palavras: REPRESSÃO SEXUAL é nos submetermos ao estímulo e depois reprimir a expressão sexual. EDUCAÇÃO SEXUAL é evitarmos o estímulo e FICARMOS EM PAZ.

Exemplo típico:
Se imaginarmos a morena da globeleza dançando na nossa frente, no início da música: "lá vou eu, lá vou eu". Você vai realmente! Vai para qualquer outro lugar que não seja a tal morena. Cancele urgentemente!
Agora se, por outro lado, você se deixa automaticamente envolver pela fantasia, quando ouvir a musiquinha toda, talvez já seja muito tarde.


E - Escaneamento de necessidades: `
Por trás de toda fantasia existe uma NECESSIDADE REAL não preenchida. Toda vez que você tiver uma fantasia pergunte-se: "Qual a minha necessidade, agora?". Só o fato de fazer uma pergunta já tira o estímulo do sistema límbico e o joga no córtex frontal diminuindo a excitação da fantasia. Em seguida escaneie seu cérebro em busca da necessidade escondida por trás dessa fantasia.
Exemplos:
- Sono: uma vez eu estava tendo uma fantasia atrás da outra. Orei pedindo orientação sobre o que estava acontecendo. Um intuição me ocorreu: "durma!". Eu tinha dado vários plantões seguidos e estava cansado. O meu cérebro buscou o caminho mais fácil para sentir algum prazer diante de tanto cansaço. Bastou eu dormir para que TODAS AS FANTASIAS SUMISSEM. Quando acordei no final da tarde estava alegre, feliz. Tentei ainda fantasiar algo para testar, mas a minha mente parecia uma tela de cinema em branco - tudo na mais perfeita paz.
- Conexão: quando estamos sozinho tendemos a fantasiar muitos. Ligar para um amigo ou sair em grupo supre essa necessidade e a fantasia desaparece
- Diversão: quando estamos fazendo um trabalho muito monótono e chato tendemos a fantasiar para "escaparmos" da situação. Buscar "um refresco", uma diversão resolve o problema.
Certa vez, eu estava tendo um turbilhão de fantasias que voltavam o tempo todo por mais que eu as evitasse. Perguntei, então, a mim mesmo: "qual é a sua necessidade real, Antônio?". Descobri que a minha vida estava muito monótona, era só trabalho, trabalho e trabalho. Resolvi, então, parar na praia, caminhar descalço e mergulhar de bermuda e tudo no mar. Acabou-se o problema. As fantasias sumiram.

I - imersão no próprio corpo:
Essa técnica é extremamente poderosa e eficaz. Funciona de forma rápida, quase mágica. Voltando aquele exemplo da morena da globeleza, você volta para o seu corpo e se pergunta:
- O que estou vendo, agora?
- Um monte de carros num engarrafamento.
O que estou pegando agora?
- Na direção do meu veículo
Que cheiro estou sentido
- O do aromatizador do meu carro junto com o cheiro da fumaça dos outros automóveis.
O que estou ouvindo?
- O barulho dos motores do outros veículos.
Não precisa fazer todas essas perguntas, basta fazer só uma e a fantasia some como por encanto. Num engarrafamento a sua mente tentou "escapulir" para os braços da morena fatídica Very Happy - traga-a de volta para o seu corpo.

O - Observação de si mesmo
Tá pensando em sacanagem? Ok! Volte um pouco e observe qual foi o pensamento que ocorreu imediatamente antes desse. Faça um big brother assistindo a você mesmo. Vá rebobinando a fita até encontrar a causa da fantasia. Só esse escaneamento em si faz a fantasia desaparecer além de aumentar em muito o auto-conhecimento do rebooter.
Exemplo: quando eu estava indo pegar o elevador do hospital onde trabalho me ocorreram cenas de um filme erótico que assisti. Imediatamente me perguntei: "o que eu estava pensando antes disso?". Aí percebi que uma mulher de vestido curto passou na minha frente e eu a desejei. Imediatamente isso me linkou com o tal vídeo. Tudo isso aconteceu em milionésimos de segundos, totalmente no automático e eu só percebi porque fiz o escaneamento. Fiquei tranquilo, feliz e mudei o foco do pensamento.

U - unir-se a alguém
Não consegue tirar esse harém da cabeça? Ligue AGORA para um amigo e converse alguma coisa divertida. Marque um passeio com alguém. Entre no fórum AGORA e poste alguma coisa, ajude algum usuário. Você verá que a fantasia irá passar mais facilmente e que depois da conversa você talvez nem lembre mais desses pensamentos compulsivos que estavam na sua mente.

Veleu irmão, eu conheço essa técnica e me ajudou muito, e ainda ajuda, porém meu problema de hj foi uma crise de ansiedade, passei por uma situação me estressante. Mas enfim, ja estou de boa, valeu mesmo mano,

_______________________________________
Cheguem mais

1- http://www.comoparar.com/t9307-diario-do-sr-pioloto-er-hocd-inseguranca-voltar-a-vida

avatar
Mauricioliv
Mensagens : 9
Data de inscrição : 13/02/2020

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 14/2/2020, 13:06
Lendo os relatos de vcs é impressionante como o processo é parecido, achava que somente eu tinha todas essas questões com auto-estima, auto-aceitação e insegurança em relação ao meu corpo. Até essa migração para o material pornográfico gay, que acaba bagunçado a nossa cabeça. A cada relato que leio venho percebendo o quão grave é a questão da pornografia, e que realmente nos deixa doentes. Estou a 33 dias sem M.
Vamos em frente.
avatar
Umcaralegal
Moderador
Moderador
Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/01/2020

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 18/3/2020, 19:00
Fala meu irmão! Como você está? Sentindo sua falta aqui, some não. Abraços!

_______________________________________



Um pouco da minha história: https://www.comoparar.com/t9965-diario-de-um-cara-legal

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." - Salmos 46:1
paul.jp
paul.jp
Mensagens : 208
Data de inscrição : 23/07/2019

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 19/3/2020, 08:29
Pr.piloto escreveu:
Umcaralegal escreveu:Mano, vou te passar uma regra que vi aqui no fórum esses dias, é a regra do AEIOU. Está me ajudando muito. Fica bom Deus! Abraço!

por Rafael Rossi
EVITAÇÃO DIRETA DE FANTASIAS

Essas são técnicas para o dia-dia, para lidarmos diretamente com a compulsão mental por pornografia na hora, quando devido à algum gatilho do ambiente, pensamentos pornográficos chegam involuntariamente à nossa mente.
Não adianta nada "não pensar em sexo". Quanto mais combatermos os pensamentos sexuais, mais eles surgirão em nosso mente. É como aquela velha história: "não pense num elefante cor-de-rosa". Obviamente que a pessoa vai passar o dia pensando no tal elefante cor-de-rosa. Para facilitar a memorização, esse conjunto de técnicas foi denominado como "AEIOU".

A - Agir IMEDIATAMENTE
Sempre que for exposto à um gatilho ou à uma fantasia, mudar o foco do pensamento em milionésimos de segundos. Isso parece bastante óbvio na teoria mas, na prática, muitas vezes nos envolvemos na teia da fantasia e, quando vemos, já estamos presos. A neurociência nos fala que toda vez que o nosso cérebro imagina algo, o nosso corpo age como se estivesse vivendo de verdade.
Toda vez que fantasiamos os caminhos neurais do vício são repavimentados, testosterona é liberada e o organismo se prepara para o coito iminente. A partir daí, tentar frear o organismo, é REPRESSÃO SEXUAL, pois a expressão sexual após um determinado tempo numa fantasia vira uma necessidade urgente. O segredo, portanto, é CORTARMOS O MAL PELA RAIZ e fugirmos da fantasia ASSIM QUE ELA SURGE.
Toda vez que a fantasia surgir, mudamos imediatamente o foco, seja fazendo alguma atividade; seja mudando o foco visual (em vez de olharmos a mulher gostosa na rua, admirarmos o céu, a natureza ou as crianças); seja substituindo IMEDIATAMENTE o pensamento erótico por uma fantasia prazerosa como brincar com os nossos filhos, ou acariciar um animal de estimação; seja aplicando alguma das demais técnicas que iremos ver em seguida. Tudo isso é EDUCAÇÃO SEXUAL.
Em outras palavras: REPRESSÃO SEXUAL é nos submetermos ao estímulo e depois reprimir a expressão sexual. EDUCAÇÃO SEXUAL é evitarmos o estímulo e FICARMOS EM PAZ.

Exemplo típico:
Se imaginarmos a morena da globeleza dançando na nossa frente, no início da música: "lá vou eu, lá vou eu". Você vai realmente! Vai para qualquer outro lugar que não seja a tal morena. Cancele urgentemente!
Agora se, por outro lado, você se deixa automaticamente envolver pela fantasia, quando ouvir a musiquinha toda, talvez já seja muito tarde.


E - Escaneamento de necessidades: `
Por trás de toda fantasia existe uma NECESSIDADE REAL não preenchida. Toda vez que você tiver uma fantasia pergunte-se: "Qual a minha necessidade, agora?". Só o fato de fazer uma pergunta já tira o estímulo do sistema límbico e o joga no córtex frontal diminuindo a excitação da fantasia. Em seguida escaneie seu cérebro em busca da necessidade escondida por trás dessa fantasia.
Exemplos:
- Sono: uma vez eu estava tendo uma fantasia atrás da outra. Orei pedindo orientação sobre o que estava acontecendo. Um intuição me ocorreu: "durma!". Eu tinha dado vários plantões seguidos e estava cansado. O meu cérebro buscou o caminho mais fácil para sentir algum prazer diante de tanto cansaço. Bastou eu dormir para que TODAS AS FANTASIAS SUMISSEM. Quando acordei no final da tarde estava alegre, feliz. Tentei ainda fantasiar algo para testar, mas a minha mente parecia uma tela de cinema em branco - tudo na mais perfeita paz.
- Conexão: quando estamos sozinho tendemos a fantasiar muitos. Ligar para um amigo ou sair em grupo supre essa necessidade e a fantasia desaparece
- Diversão: quando estamos fazendo um trabalho muito monótono e chato tendemos a fantasiar para "escaparmos" da situação. Buscar "um refresco", uma diversão resolve o problema.
Certa vez, eu estava tendo um turbilhão de fantasias que voltavam o tempo todo por mais que eu as evitasse. Perguntei, então, a mim mesmo: "qual é a sua necessidade real, Antônio?". Descobri que a minha vida estava muito monótona, era só trabalho, trabalho e trabalho. Resolvi, então, parar na praia, caminhar descalço e mergulhar de bermuda e tudo no mar. Acabou-se o problema. As fantasias sumiram.

I - imersão no próprio corpo:
Essa técnica é extremamente poderosa e eficaz. Funciona de forma rápida, quase mágica. Voltando aquele exemplo da morena da globeleza, você volta para o seu corpo e se pergunta:
- O que estou vendo, agora?
- Um monte de carros num engarrafamento.
O que estou pegando agora?
- Na direção do meu veículo
Que cheiro estou sentido
- O do aromatizador do meu carro junto com o cheiro da fumaça dos outros automóveis.
O que estou ouvindo?
- O barulho dos motores do outros veículos.
Não precisa fazer todas essas perguntas, basta fazer só uma e a fantasia some como por encanto. Num engarrafamento a sua mente tentou "escapulir" para os braços da morena fatídica Very Happy - traga-a de volta para o seu corpo.

O - Observação de si mesmo
Tá pensando em sacanagem? Ok! Volte um pouco e observe qual foi o pensamento que ocorreu imediatamente antes desse. Faça um big brother assistindo a você mesmo. Vá rebobinando a fita até encontrar a causa da fantasia. Só esse escaneamento em si faz a fantasia desaparecer além de aumentar em muito o auto-conhecimento do rebooter.
Exemplo: quando eu estava indo pegar o elevador do hospital onde trabalho me ocorreram cenas de um filme erótico que assisti. Imediatamente me perguntei: "o que eu estava pensando antes disso?". Aí percebi que uma mulher de vestido curto passou na minha frente e eu a desejei. Imediatamente isso me linkou com o tal vídeo. Tudo isso aconteceu em milionésimos de segundos, totalmente no automático e eu só percebi porque fiz o escaneamento. Fiquei tranquilo, feliz e mudei o foco do pensamento.

U - unir-se a alguém
Não consegue tirar esse harém da cabeça? Ligue AGORA para um amigo e converse alguma coisa divertida. Marque um passeio com alguém. Entre no fórum AGORA e poste alguma coisa, ajude algum usuário. Você verá que a fantasia irá passar mais facilmente e que depois da conversa você talvez nem lembre mais desses pensamentos compulsivos que estavam na sua mente.

Veleu irmão, eu conheço essa técnica e me ajudou muito, e ainda ajuda, porém meu problema de hj foi uma crise de ansiedade, passei por uma situação me estressante. Mas enfim, ja estou de boa, valeu mesmo mano,
também estou passando por uma crise de ansiedade muito ruim pq eu ja sei que é meu cérebro pedindo pra me masturbar com outras pessoas tanto é que quando isso acontece acaba a ansiedade e é muito triste isso vc ficar dependente de uma desgraça dessa mais to na luta abraço irmao!!

_______________________________________
http://www.comoparar.com/t9375-perdendo-o-interesse-pelo-sexo-oposto
avatar
Umcaralegal
Moderador
Moderador
Mensagens : 449
Data de inscrição : 02/01/2020

Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!) - Página 13 Empty Re: Diário do Pr.Piloto, ER, HOCD, insegurança, (VOLTAR A VIDA?!)

em 19/3/2020, 08:43
paul.jp escreveu:
Pr.piloto escreveu:
Umcaralegal escreveu:Mano, vou te passar uma regra que vi aqui no fórum esses dias, é a regra do AEIOU. Está me ajudando muito. Fica bom Deus! Abraço!

por Rafael Rossi
EVITAÇÃO DIRETA DE FANTASIAS

Essas são técnicas para o dia-dia, para lidarmos diretamente com a compulsão mental por pornografia na hora, quando devido à algum gatilho do ambiente, pensamentos pornográficos chegam involuntariamente à nossa mente.
Não adianta nada "não pensar em sexo". Quanto mais combatermos os pensamentos sexuais, mais eles surgirão em nosso mente. É como aquela velha história: "não pense num elefante cor-de-rosa". Obviamente que a pessoa vai passar o dia pensando no tal elefante cor-de-rosa. Para facilitar a memorização, esse conjunto de técnicas foi denominado como "AEIOU".

A - Agir IMEDIATAMENTE
Sempre que for exposto à um gatilho ou à uma fantasia, mudar o foco do pensamento em milionésimos de segundos. Isso parece bastante óbvio na teoria mas, na prática, muitas vezes nos envolvemos na teia da fantasia e, quando vemos, já estamos presos. A neurociência nos fala que toda vez que o nosso cérebro imagina algo, o nosso corpo age como se estivesse vivendo de verdade.
Toda vez que fantasiamos os caminhos neurais do vício são repavimentados, testosterona é liberada e o organismo se prepara para o coito iminente. A partir daí, tentar frear o organismo, é REPRESSÃO SEXUAL, pois a expressão sexual após um determinado tempo numa fantasia vira uma necessidade urgente. O segredo, portanto, é CORTARMOS O MAL PELA RAIZ e fugirmos da fantasia ASSIM QUE ELA SURGE.
Toda vez que a fantasia surgir, mudamos imediatamente o foco, seja fazendo alguma atividade; seja mudando o foco visual (em vez de olharmos a mulher gostosa na rua, admirarmos o céu, a natureza ou as crianças); seja substituindo IMEDIATAMENTE o pensamento erótico por uma fantasia prazerosa como brincar com os nossos filhos, ou acariciar um animal de estimação; seja aplicando alguma das demais técnicas que iremos ver em seguida. Tudo isso é EDUCAÇÃO SEXUAL.
Em outras palavras: REPRESSÃO SEXUAL é nos submetermos ao estímulo e depois reprimir a expressão sexual. EDUCAÇÃO SEXUAL é evitarmos o estímulo e FICARMOS EM PAZ.

Exemplo típico:
Se imaginarmos a morena da globeleza dançando na nossa frente, no início da música: "lá vou eu, lá vou eu". Você vai realmente! Vai para qualquer outro lugar que não seja a tal morena. Cancele urgentemente!
Agora se, por outro lado, você se deixa automaticamente envolver pela fantasia, quando ouvir a musiquinha toda, talvez já seja muito tarde.


E - Escaneamento de necessidades: `
Por trás de toda fantasia existe uma NECESSIDADE REAL não preenchida. Toda vez que você tiver uma fantasia pergunte-se: "Qual a minha necessidade, agora?". Só o fato de fazer uma pergunta já tira o estímulo do sistema límbico e o joga no córtex frontal diminuindo a excitação da fantasia. Em seguida escaneie seu cérebro em busca da necessidade escondida por trás dessa fantasia.
Exemplos:
- Sono: uma vez eu estava tendo uma fantasia atrás da outra. Orei pedindo orientação sobre o que estava acontecendo. Um intuição me ocorreu: "durma!". Eu tinha dado vários plantões seguidos e estava cansado. O meu cérebro buscou o caminho mais fácil para sentir algum prazer diante de tanto cansaço. Bastou eu dormir para que TODAS AS FANTASIAS SUMISSEM. Quando acordei no final da tarde estava alegre, feliz. Tentei ainda fantasiar algo para testar, mas a minha mente parecia uma tela de cinema em branco - tudo na mais perfeita paz.
- Conexão: quando estamos sozinho tendemos a fantasiar muitos. Ligar para um amigo ou sair em grupo supre essa necessidade e a fantasia desaparece
- Diversão: quando estamos fazendo um trabalho muito monótono e chato tendemos a fantasiar para "escaparmos" da situação. Buscar "um refresco", uma diversão resolve o problema.
Certa vez, eu estava tendo um turbilhão de fantasias que voltavam o tempo todo por mais que eu as evitasse. Perguntei, então, a mim mesmo: "qual é a sua necessidade real, Antônio?". Descobri que a minha vida estava muito monótona, era só trabalho, trabalho e trabalho. Resolvi, então, parar na praia, caminhar descalço e mergulhar de bermuda e tudo no mar. Acabou-se o problema. As fantasias sumiram.

I - imersão no próprio corpo:
Essa técnica é extremamente poderosa e eficaz. Funciona de forma rápida, quase mágica. Voltando aquele exemplo da morena da globeleza, você volta para o seu corpo e se pergunta:
- O que estou vendo, agora?
- Um monte de carros num engarrafamento.
O que estou pegando agora?
- Na direção do meu veículo
Que cheiro estou sentido
- O do aromatizador do meu carro junto com o cheiro da fumaça dos outros automóveis.
O que estou ouvindo?
- O barulho dos motores do outros veículos.
Não precisa fazer todas essas perguntas, basta fazer só uma e a fantasia some como por encanto. Num engarrafamento a sua mente tentou "escapulir" para os braços da morena fatídica Very Happy - traga-a de volta para o seu corpo.

O - Observação de si mesmo
Tá pensando em sacanagem? Ok! Volte um pouco e observe qual foi o pensamento que ocorreu imediatamente antes desse. Faça um big brother assistindo a você mesmo. Vá rebobinando a fita até encontrar a causa da fantasia. Só esse escaneamento em si faz a fantasia desaparecer além de aumentar em muito o auto-conhecimento do rebooter.
Exemplo: quando eu estava indo pegar o elevador do hospital onde trabalho me ocorreram cenas de um filme erótico que assisti. Imediatamente me perguntei: "o que eu estava pensando antes disso?". Aí percebi que uma mulher de vestido curto passou na minha frente e eu a desejei. Imediatamente isso me linkou com o tal vídeo. Tudo isso aconteceu em milionésimos de segundos, totalmente no automático e eu só percebi porque fiz o escaneamento. Fiquei tranquilo, feliz e mudei o foco do pensamento.

U - unir-se a alguém
Não consegue tirar esse harém da cabeça? Ligue AGORA para um amigo e converse alguma coisa divertida. Marque um passeio com alguém. Entre no fórum AGORA e poste alguma coisa, ajude algum usuário. Você verá que a fantasia irá passar mais facilmente e que depois da conversa você talvez nem lembre mais desses pensamentos compulsivos que estavam na sua mente.

Veleu irmão, eu conheço essa técnica e me ajudou muito, e ainda ajuda, porém meu problema de hj foi uma crise de ansiedade, passei por uma situação me estressante. Mas enfim, ja estou de boa, valeu mesmo mano,
também estou passando por uma crise de ansiedade muito ruim pq eu ja sei que é meu cérebro pedindo pra me masturbar com outras pessoas tanto é que quando isso acontece acaba a ansiedade e é muito triste isso vc ficar dependente de uma desgraça dessa mais to na luta abraço irmao!!

Sei bem o que é isso irmão. Passei o ano passado todo lutando contra isso. As vezes parava, mas passados uns dias lá estava eu me masturbando com outros caras na cam. Muito angustiante essa situação. Eu consegui cara e você conseguirá também. Não fica assim. Fica com Deus.

_______________________________________



Um pouco da minha história: https://www.comoparar.com/t9965-diario-de-um-cara-legal

"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." - Salmos 46:1
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum