Diário do Renê - Reboot

+26
Marcão
Peter Parker
ANDRÉ-
Tristan3
Underdog
Hdmi
Taurus
The Guy
Wander
Cruzado
Harvey
Notven
lmontovani
High-
5&4
Uchiha Itachi
Seeker
Kusmin
Rene.Gade
Peixe-coruja
marcosbanc
David Silva
Eros
luz
rmotta
psico
30 participantes
Ir para baixo
Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 850
Data de inscrição : 27/11/2019
Localização : Queens

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

12/6/2020, 16:57
Olá magnificentíssimo Rene.Gade !!!

Sei como é esse lance de carência e paixonite, depois que passei por algumas desilusões desenvolvi certa repulsa por esse tipo de sentimento. Sinceramente eu gosto de evitar ao máximo essas coisas, não vou dizer que sou o "brabão autossuficiente", também sinto falta de alguém ao meu lado às vezes, porém sei que a ilusão que a carência e a paixonite criam são MUITO enganadoras, a ponto de nos fazer ver alguma coisa onde não existe nada. Acredito que o melhor seja investir em nós mesmos, nos nossos sonhos e objetivos, relacionamento é algo secundário e acredito eu que uma consequência também.

Algo que tem me ajudado nessa quarentena é conversar com amigos, fazer exercícios e estudar bastante para ocupar minha mente haha, às vezes bate a carência, mas como eu disse não é o fim do mundo, tem muitas coisas mais importantes do que isso.

Grande abraço !

_______________________________________
"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

Minha História de Sucesso

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

14/6/2020, 00:19
Peteeerr!!!

Também tive isso, amigo, a gente acaba com um certo ranço, parece também uma guerra entre nossa mente e nosso corpo, e realmente a carência engana muito, nos faz fantasiar e acreditar em príncipes e princesas encantados, haha.

Exatamente, penso como você, relacionamentos são consequências do nosso foco em atividades pessoais. Então o melhor a se fazer é justamente focar em nós mesmos, conversar com amigos me ajuda muito também. Ultimamente estou bem relaxado em me ocupar com atividades, mas vou seguindo.

Muito obrigado pelas dicas e palavras!!
Abracinhoosss!!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |
Urso Polar
Urso Polar
Mensagens : 649
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 33

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

29/6/2020, 10:57
Rene.Gade escreveu:Bom, chegaram más notícias, diário.  No

Eu caí.  Crying or Very sad Mad

Não quero que isso seja motivo de desistência, desespero, pânico, pelo contrário, dos erros a gente tira nossos aprendizados. Resolvi então fazer esta Listinha da Vergonha,  Embarassed ,  em que vou colocar algumas coisas que eu percebi pela minha experiência nesses 10 dias de conquista. Quero que seja um local para que eu leia em situações difíceis do futuro, além de ser importante para tomar medidas mais rígidas para esse novo começo.

Segue a Lista:

Exclamation  - Fantasias podem ser suas piores inimigas. A partir de hoje vou tentar ao máximo não ficar sem nenhuma atividade, nesses momentos as coisas apertam muito, e imagens, ou qualquer outra coisa mais sexualizada que você tenha visto sem querer invadem sua mente.

Exclamation  - Das fantasias vem os impulsos, desde ereções, vontades, desejos, tudo isso de maneira forte, e se você cede um pouquinho que seja, ela volta cada vez mais forte. Se você fantasiou, você já está num caminho para que os impulsos venham, são interligados, e um leva ao outro.

Exclamation  - Dos impulsos surgem as quedas. Se você não tiver preparado com bloqueadores, tudo isso te leva a voltar do início.

Acredito ser importante falar sobre motivos, esclarecer porquês, fazer um Relatoriozinho, por mais que isso seja chato de se expor, então vamos lá.

Segue o Relatório:

Question  - O que me levou a queda?
As fantasias que me fizeram aos poucos ter impulsos, que não foram controlados e me levaram a cair, procurando por conteúdos adultos em brechas.

Question  - O que aconteceu com seus bloqueadores?
Eu tinha dois bloqueadores, que sempre que pensava em algo inadequado, me faziam pensar duas vezes, e no fim eu nunca escolhia ir desativá-los, um tanto pelo trabalho de desativar os dois, e também por pensar que eu estava sendo muito desesperado. No entanto um deles começou a bloquear o fórum, e eu desativei ele. Durante a queda, eu achei uns conteúdos através de publicações do twitter, pelo navegador mesmo, sem login. Eu acredito que se eu ainda tivesse os dois, estes conteúdos estariam bloqueados, mas como tinha apenas um, o conteúdo passou.

Question - O que vai fazer agora para que isso não se repita?
Bom, eu vou procurar por outros bloqueadores, e formas de impedir acesso a esses sites. Além disso, estou reestruturando parte da minha rotina, e vou me planejar para que meu dia tenha mais atividades, para dispersar qualquer forma de fantasias. Durante períodos como antes de pegar no sono, tentarei manter o foco e pensar em outras coisas, criatividade é o que não falta.

Enfim, estou reiniciando meu contador, vai começar a contar agora a partir das 23:00. Espero que dê tudo certo. Vou começar novamente com as submetas de 5 dias. Achei legal também, como motivação, deixar o meu recorde na assinatura, como forma de me lembrar o que eu tenho que superar.

Rumo aos cinco dias, rumo aos noventa. Wink

Oi Rene.Gade,

Estava no diário do Kusmim e achei legal o título que você deu a seu diário na sua assinatura: diário de uma princesa. Tem ao mesmo tempo humor e força. Cliquei e descobri esse seu post e vi como é incrível como nós viciados passamos pelas mesmas coisas. Que nossas histórias tem muito em comum.

Essas coisas das fantasias elas são muito foda mesmo, são miragens no deserto da rotina. Mas acredito que o reboot permite que encontremos o verdadeiro oásis. Essa sua descrição tem muito a ver com os processos que eu tenho passado, como a mente muitas das vezes produz os gatilhos e como um conteúdo que consegue burlar os bloqueadores podem desencadear processos intensos que nos fazem voltar ao vício.

Seu contador atualmente está 316 dias sem P. São 316 vitórias consecutivas sobre o vício.

Abraço
Logan
Logan
Mensagens : 194
Data de inscrição : 22/10/2017

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

4/7/2020, 15:39
Rene.Gade escreveu:Bom, chegaram más notícias, diário.  No

Eu caí.  Crying or Very sad Mad

Não quero que isso seja motivo de desistência, desespero, pânico, pelo contrário, dos erros a gente tira nossos aprendizados. Resolvi então fazer esta Listinha da Vergonha,  Embarassed ,  em que vou colocar algumas coisas que eu percebi pela minha experiência nesses 10 dias de conquista. Quero que seja um local para que eu leia em situações difíceis do futuro, além de ser importante para tomar medidas mais rígidas para esse novo começo.

Segue a Lista:

Exclamation  - Fantasias podem ser suas piores inimigas. A partir de hoje vou tentar ao máximo não ficar sem nenhuma atividade, nesses momentos as coisas apertam muito, e imagens, ou qualquer outra coisa mais sexualizada que você tenha visto sem querer invadem sua mente.

Exclamation  - Das fantasias vem os impulsos, desde ereções, vontades, desejos, tudo isso de maneira forte, e se você cede um pouquinho que seja, ela volta cada vez mais forte. Se você fantasiou, você já está num caminho para que os impulsos venham, são interligados, e um leva ao outro.

Exclamation  - Dos impulsos surgem as quedas. Se você não tiver preparado com bloqueadores, tudo isso te leva a voltar do início.

Acredito ser importante falar sobre motivos, esclarecer porquês, fazer um Relatoriozinho, por mais que isso seja chato de se expor, então vamos lá.

Segue o Relatório:

Question  - O que me levou a queda?
As fantasias que me fizeram aos poucos ter impulsos, que não foram controlados e me levaram a cair, procurando por conteúdos adultos em brechas.

Question  - O que aconteceu com seus bloqueadores?
Eu tinha dois bloqueadores, que sempre que pensava em algo inadequado, me faziam pensar duas vezes, e no fim eu nunca escolhia ir desativá-los, um tanto pelo trabalho de desativar os dois, e também por pensar que eu estava sendo muito desesperado. No entanto um deles começou a bloquear o fórum, e eu desativei ele. Durante a queda, eu achei uns conteúdos através de publicações do twitter, pelo navegador mesmo, sem login. Eu acredito que se eu ainda tivesse os dois, estes conteúdos estariam bloqueados, mas como tinha apenas um, o conteúdo passou.

Question - O que vai fazer agora para que isso não se repita?
Bom, eu vou procurar por outros bloqueadores, e formas de impedir acesso a esses sites. Além disso, estou reestruturando parte da minha rotina, e vou me planejar para que meu dia tenha mais atividades, para dispersar qualquer forma de fantasias. Durante períodos como antes de pegar no sono, tentarei manter o foco e pensar em outras coisas, criatividade é o que não falta.

Enfim, estou reiniciando meu contador, vai começar a contar agora a partir das 23:00. Espero que dê tudo certo. Vou começar novamente com as submetas de 5 dias. Achei legal também, como motivação, deixar o meu recorde na assinatura, como forma de me lembrar o que eu tenho que superar.

Rumo aos cinco dias, rumo aos noventa. Wink


Esses pensamentos foi o que me fez reiniciar um reboot. Decidi refazer o reboot focando em fazer uma faxina no cérebro. Tem dado certo, nesse aspecto.
Apesar de eu ter reiniciado o contador, estou a uns 120 dias sem P e se MO "fantasiosa/fetichista" com pessoas que nunca nem disse oi sabe. (como nunca serei perfeito, eu tive uma MO pensando numa experiência que tive com uma ficante, a partir dai, decidi refazer o reboot de outra forma)

O que faço pra "não pensar/imaginar?" não só ocupar o dia, no caso além de achar algo pra fazer, quando começo a pensar, começo também a ouvir alguma música que não gosto, ou, até pensar em alguém que não gosto.. Isso quebra os "estímulos" da nossa mente.

_______________________________________
Diário: MODO ULTRA HARD

Reboot NoPMO e NoFap = 117 dias!
Metal atual: MODO ULTRA HARD = NoPMO, NoFap e não me deixar dominar por "pensamentos" fazer uma faxina no cérebro.

-
Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

6/7/2020, 14:17
--> Urso Polar!

Muito obrigado pela visita, colega!!

Realmente. Por mais que possamos ter diferenças em nossos relatos e experiências, a questão de como a P nos prejudica e vai nos arrastando para esse universo sujo, é bem parecida.

Ai, ai, o que dizer das fantasias, não é mesmo? Depois de todo esse tempo de reboot elas começaram a pipocar novamente nas últimas semanas, não sei se é a tensão, carência, ou sei lá o quê, o que eu sei é que preciso continuar cortando elas, eu consegui por alguns dias, porém elas voltaram nessa última noite.  É necessário continuar sempre atento, não importa quantos dias você tenha, pois como eu digo naquele relato uma coisa sempre leva a outra, e por mais que você esteja forte, não podemos subestimar esse vício que já nos controlou uma vez. Gostei bastante da analogia que você fez com o deserto, e realmente as fantasias são o que o próprio nome já diz, fantasias, irrealidades. Preciso focar em voltar a deixar as fantasias apenas nos trabalhos, livros, séries e filmes.

São 323 dias agora, quase um aninho, e uma grande vitória. Novamente muito obrigado pela presença, pelas palavras, e por trazer esse meu relato novamente para discussão, foi muito interessante revê-lo nesse momento que estou passando.

Parabéns pelos 42 dias!
Até maaais!

--> Logan!!

Parabéns pelas conquistas, colega! Tudo bem se você decidiu reiniciar, eu não costumo reiniciar com fantasias, visto que apesar de elas possuírem grandes chances de te levarem a um impulso,  geralmente elas não te causam muitas coisas em si. Claro, quando é algo muito sexualizado, tipo cenas de P, e quando elas são constantes, o ideal seria dar uma reavaliada em como está andando seu reboot. Ultimamente o que vem me aparecendo são fantasias românticas.

Ótimas dicas! É realmente questão de mudar o foco do seu cérebro, que provavelmente está desejando alguma dopamina, sendo assim, então tome dopamina saudável, hahahaha.

Obrigado pela presença, espero que dê tudo certo com o seu reboot!
Até maaais!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Urso Polar gosta desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

6/7/2020, 15:42
Olá Diário e colegas, tudo bom?

Eu estou bem. Eu passei algumas semanas longe do fórum, pois estava encerrando o meu "semestre online". Felizmente agora tudo já acabou, e passei bem esse tempo, deu quase um mês.

Sendo sincero, eu gosto bastante desse fórum e sou muito grato aos conhecimentos que ele me proporcionou, assim como amo meus coleguinhas de fórum (um beijinho para cada um de vocês), mas tudo precisa de um tempo, pois tudo em excesso acaba sendo prejudicial, não? Pois é, eu precisava desse tempo para minha saúde mental, por mais que eu tenha melhorado bastante, ainda me pressiono com as coisas, e inclusive com o próprio fórum. Não encontrei uma forma saudável de frequentar o fórum diariamente, e acredito que também não vejo necessidade disso, então eu estarei vindo aqui quando eu sentir que é necessário, sem pressões, para ajudar como posso quem está passando pelo reboot e como moderador. Eu penso que tudo é um ciclo da vida, começo e fim, e eu tenho um pouco de dificuldade em aceitar esses ciclos, mas como uma personagem falou em uma animação que estava assistindo hoje cedo: o velho sempre cede ao novo.

Então, apenas atualizando. Esse último mês foi o incrível mês do orgulho Lgbtqia+, e nada como um mês desse para fortalecer a nossa crença em nós mesmos, porém a verdade é que esse é apenas um mês simbólico, o nosso orgulho é todo dia nas coisas que conquistamos, nos lugares que ocupamos, não é um orgulho de se achar superior, e sim o orgulho de saber que podemos conquistar nossos lugares apesar de todo o preconceito e dificuldade dentro e fora de casa. Tá bom, amada, mas o que isso tem de relação com seu relato? A relação é que nesse mês (nesse período menos de um mês que fiquei fora), eu me fortaleci bastante, eu senti muito mais orgulho de mim mesmo, do que me pressionei, não somente na questão Lgbt+, mas sim na minha vida como um todo. As dificuldade vieram, claro, a pressão veio, a ansiedade, e tudo aquilo de sempre, mas eu percebi que eu não me desesperei tanto, eu reconheci meus limites e especialmente nessa semana eu dei o meu melhor para terminar todos os meus afazeres, e mesmo querendo desistir para desabar na cama, eu permaneci firme e no final deu tudo certo. Estou me sentindo muito bem por ter finalizado essa etapa bem, sem me descabelar tanto, parando para descansar, relaxando, mas também fazendo o que devia ser feito.

Meus últimos dias foram apenas de fazer trabalhos e de assistir uma série de animação que eu me viciei, hahahaha, olha o refúgio, inclusive fiquei assistindo só ela, e o bom é que não há nada de sexualizado, nem de gatilho. Agora quero iniciar novamente com uma rotina mais leve e ir levando a vida com meus projetos pessoais. Eu continuo com as m.o's, mas nem lembro delas durante meu dia, elas não estão me atrapalhando, nem sugando minha energia. E sobre o reboot de P, a única questão que apareceu nos últimos dias foram as fantasias românticas que eu comentei no meu último comentário, somente no momento de dormir, mas já irei me planejar para evitá-las, até mesmo porque já tenho meu plano antigo de evitar essas fantasias no horário de dormir. De restante eu sigo firme, rumo a um aninho sem P!

Bom, para finalizar apenas gostaria de dizer para você que está lendo, que a sua força está aí dentro, você pode estar se sentindo um patinho feio, mas é só ter paciência para que seu cisne venha à tona. Não deixe que te diminuam, e isso inclui não deixar que você mesmo se diminua, visto que às vezes nós somos nossos maiores sabotadores. Eu estou mais em paz comigo, com minha personalidade, com minhas falhas, com minhas ansiedades, com minha aparência, com meus relacionamentos, com meu reboot. No entanto, sei também que a vida é feita de altos e baixos, e aceitar cada parte desse trajeto é algo que faz muito sentindo para mim nesse momento, não quero voar para 2021, muito menos voltar para o início do ano, quero estar aqui e agora, mesmo nas partes difíceis. E realmente é fácil falar e difícil fazer, mas sabemos que isso é possível e que podemos alcançar essa paz, não é sobre ser zen 24 horas por dia, e sim sobre saber lidar com cada parte do seu dia, seja os bons, ou os ruins.

Em breve passo no diário dos amiguinhos.

Beijinhos e abracinhos!

"I won't let them break me down to dust
I know that there's a place for us"


- This is Me - The Greatest Showman
(Nunca assisti esse filme, mas essa música é incrível e inspiradora)

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Spartacuz, Harvey e Peter Parker gostam desta mensagem

Harvey
Harvey
Moderador
Moderador
Mensagens : 1357
Data de inscrição : 23/10/2019
Localização : New York

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

10/7/2020, 01:49
Saudações, nobre Rene.Gade!

Entendo bem o seu ponto de ter sumido um pouco aqui do Fórum, eu também precisei de um tempinho fora para poder compreender algumas questões, e desde já quero dizer que estava com saudades desse ambiente aqui rs. Além disso, quero parabenizá-lo por ser tão gentil com si mesmo, coisa que é bem difícil, mas que faz um bem enorme para todas as áreas da vida, siga no seu tempo, na sua rota, e tenho certeza que chegara lá.

Estamos sempre juntos, meu amigo.

Um abraço forte do Harvey.

_______________________________________


Acesse o meu diário.

Uma jornada de mil milhas começa com um único passo.

Rene.Gade gosta desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

19/7/2020, 11:51
--> Harveeeey, que saudades!


Fico feliz que tenha voltado, amigo. Apesar de não estar postando tenho acompanhando seu diário e visto seu compromisso e determinação. Em breve irei lá para te deixar uma mensagem.

Siimm, estou lidando com várias questões, e sinto que preciso ir colocando as coisas nos lugares. Eu sinto que ainda preciso do fórum como um apoio para mim mesmo, mas tudo no seu tempo, é algo que estou aprendendo a lidar ultimamente. Tem muitas coisas que eu gostaria de estar escrevendo aqui, gostaria de estar mais presente nos diários dos colegas, mas é necessário paciência, como você disse, tudo no seu tempo. Ultimamente estou apenas lendo os diários aos poucos, mas acredito que em breve volto a postar por aqui. Estou passando por situações complicadas, até mesmo em assuntos relativos ao fórum, mas sinto que minha cabeça está bem diferente ao lidar com as pressões. Espero em breve aparecer aqui com boas notícias, minha jornada ainda não acabou e, por mais que esteja me arrastando, eu já posso ver o fim de uma etapa chegando.


Muitíssimo obrigado pelas palavras de apoio, você é incrível!
Abracinhos de luzz!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Spartacuz gosta desta mensagem

David Silva
David Silva
Mensagens : 3028
Data de inscrição : 20/01/2015
Idade : 36

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

19/7/2020, 11:55
Que bom Renê! Que bom que você está sempre por aqui. Sua luz brilha e irradia todos nós.
Receba meu abraço!

_______________________________________
Recordes:
Primeiro reboot - 90 dias em 2015
Segundo reboot - 114 dias em 2020
______
Início do meu diário:
1ª parte: https://www.comoparar.com/t206-reboot-de-david-silva
2ª parte: https://comoparar.forumeiros.com/t7812-reboot-de-david-silva?highlight=david+silva
(Porque ficou muito grande e foi separado pelo próprio fórum)

Rene.Gade gosta desta mensagem

Peter Parker
Peter Parker
Moderador
Moderador
Mensagens : 850
Data de inscrição : 27/11/2019
Localização : Queens

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

19/7/2020, 23:48
Fala aí ilustríssimo Rene.Gade !!!

Tô passando aqui só para ver como você está, e fico feliz que esteja tudo bem ! Estou meio sumido do fórum também por conta de situações pessoais haha, mas sempre que posso veio aqui ver como está a galera e ver no que posso ajudar. Excelentes reflexões, desejo tudo de bom aí pra você !

Grande abraço !

_______________________________________
"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Mateus 11:28  study

"Com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades." - Tio Ben

Diário do Aranha mais querido: https://www.comoparar.com/t9821-diario-de-um-vencedor

Minha História de Sucesso

rmotta e Rene.Gade gostam desta mensagem

Peixe-coruja
Peixe-coruja
Mensagens : 394
Data de inscrição : 05/10/2015
Localização : Luz da Lua

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

29/7/2020, 22:01
Spoiler:

Rene.Gade escreveu:
Olá Diário e colegas, tudo bom?

Eu estou bem. Eu passei algumas semanas longe do fórum, pois estava encerrando o meu "semestre online". Felizmente agora tudo já acabou, e passei bem esse tempo, deu quase um mês.

Sendo sincero, eu gosto bastante desse fórum e sou muito grato aos conhecimentos que ele me proporcionou, assim como amo meus coleguinhas de fórum (um beijinho para cada um de vocês), mas tudo precisa de um tempo, pois tudo em excesso acaba sendo prejudicial, não? Pois é, eu precisava desse tempo para minha saúde mental, por mais que eu tenha melhorado bastante, ainda me pressiono com as coisas, e inclusive com o próprio fórum. Não encontrei uma forma saudável de frequentar o fórum diariamente, e acredito que também não vejo necessidade disso, então eu estarei vindo aqui quando eu sentir que é necessário, sem pressões, para ajudar como posso quem está passando pelo reboot e como moderador. Eu penso que tudo é um ciclo da vida, começo e fim, e eu tenho um pouco de dificuldade em aceitar esses ciclos, mas como uma personagem falou em uma animação que estava assistindo hoje cedo: o velho sempre cede ao novo.

Então, apenas atualizando. Esse último mês foi o incrível mês do orgulho Lgbtqia+, e nada como um mês desse para fortalecer a nossa crença em nós mesmos, porém a verdade é que esse é apenas um mês simbólico, o nosso orgulho é todo dia nas coisas que conquistamos, nos lugares que ocupamos, não é um orgulho de se achar superior, e sim o orgulho de saber que podemos conquistar nossos lugares apesar de todo o preconceito e dificuldade dentro e fora de casa. Tá bom, amada, mas o que isso tem de relação com seu relato? A relação é que nesse mês (nesse período menos de um mês que fiquei fora), eu me fortaleci bastante, eu senti muito mais orgulho de mim mesmo, do que me pressionei, não somente na questão Lgbt+, mas sim na minha vida como um todo. As dificuldade vieram, claro, a pressão veio, a ansiedade, e tudo aquilo de sempre, mas eu percebi que eu não me desesperei tanto, eu reconheci meus limites e especialmente nessa semana eu dei o meu melhor para terminar todos os meus afazeres, e mesmo querendo desistir para desabar na cama, eu permaneci firme e no final deu tudo certo. Estou me sentindo muito bem por ter finalizado essa etapa bem, sem me descabelar tanto, parando para descansar, relaxando, mas também fazendo o que devia ser feito.

Meus últimos dias foram apenas de fazer trabalhos e de assistir uma série de animação que eu me viciei, hahahaha, olha o refúgio, inclusive fiquei assistindo só ela, e o bom é que não há nada de sexualizado, nem de gatilho. Agora quero iniciar novamente com uma rotina mais leve e ir levando a vida com meus projetos pessoais. Eu continuo com as m.o's, mas nem lembro delas durante meu dia, elas não estão me atrapalhando, nem sugando minha energia. E sobre o reboot de P, a única questão que apareceu nos últimos dias foram as fantasias românticas que eu comentei no meu último comentário, somente no momento de dormir, mas já irei me planejar para evitá-las, até mesmo porque já tenho meu plano antigo de evitar essas fantasias no horário de dormir. De restante eu sigo firme, rumo a um aninho sem P!

Bom, para finalizar apenas gostaria de dizer para você que está lendo, que a sua força está aí dentro, você pode estar se sentindo um patinho feio, mas é só ter paciência para que seu cisne venha à tona. Não deixe que te diminuam, e isso inclui não deixar que você mesmo se diminua, visto que às vezes nós somos nossos maiores sabotadores. Eu estou mais em paz comigo, com minha personalidade, com minhas falhas, com minhas ansiedades, com minha aparência, com meus relacionamentos, com meu reboot. No entanto, sei também que a vida é feita de altos e baixos, e aceitar cada parte desse trajeto é algo que faz muito sentindo para mim nesse momento, não quero voar para 2021, muito menos voltar para o início do ano, quero estar aqui e agora, mesmo nas partes difíceis. E realmente é fácil falar e difícil fazer, mas sabemos que isso é possível e que podemos alcançar essa paz, não é sobre ser zen 24 horas por dia, e sim sobre saber lidar com cada parte do seu dia, seja os bons, ou os ruins.

Em breve passo no diário dos amiguinhos.

Beijinhos e abracinhos!

"I won't let them break me down to dust
I know that there's a place for us"


- This is Me - The Greatest Showman
(Nunca assisti esse filme, mas essa música é incrível e inspiradora)

Sempre bom passar por aqui e ler uma mensagem dessa princesinha mais linda!
Saudades amiga! Muito brilho e sucesso pra vc!

_______________________________________
Meu propósito é me livrar do vício para ter realização no meu trabalho.

Meu diário
 📖 ✨

Rene.Gade gosta desta mensagem

5&4
5&4
Admin
Admin
Mensagens : 2947
Data de inscrição : 18/08/2017
Localização : Battlefield - Vencer é uma questão de escolha!

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

23/9/2020, 15:18
Oi, Renê!

Tudo bem, meu amigo!? Enviei uma mensagem para o seu e-mail cadastrado no Fórum, quando puder dê olhada lá.

Espero que tudo esteja bem! Um forte abraço!

_______________________________________
Diário do Renê - Reboot - Página 24 Meu_di12

Rene.Gade e Peter Parker gostam desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty BRING BACK MY GIRLS.

8/6/2021, 23:17
E aí, pessoal. Voltei, kkkkk. Surprised


1. Quem é você mesmo?  scratch

Bom, já faz um bom tempo que eu não apareço por aqui, e hoje a minha vida é praticamente outra, eu sou praticamente outra pessoa, afinal ninguém permanece o mesmo depois de... quase um ano (voltei para conferir). Enfim, porém não venho hoje com uma História de Sucesso, é mais uma História de Decepção, brincadeira. Laughing

Não quero me estender muito, mas para quem não me conhece eu sou o Rene.Gade, vulgo Renê (Renezito para os íntimos, Renezita para alguns), e fui um participante assíduo do fórum no fim do ano de 2019, e um pouco menos assíduo no início de 2020. Eu completei o reboot de P até que rapidamente, passei algum tempo ainda insistindo em um reboot de MO, que na verdade nunca foi uma questão problemática para mim (só era confuso entendê-la na minha vida tendo a vida inteira usado de PMO como um conjunto), depois eu me tornei moderador e também passei a ajudar colegas, por fim abandonei o barco (desculpem pessoal da moderação pela falta de notícias).


2. E como tudo isso se deu?  Suspect

Leiam o meu diário, se tiverem disposição, mas resumidamente eu vim para o fórum em meados de agosto de 2019, buscando um maior conhecimento sobre uma área da minha vida que eu não conversava com ninguém, buscando uma forma de entender um pouco mais de mim, do porquê de um desânimo monstruoso me consumir de dentro para fora, e buscando mais uma forma de me organizar. Depois disso eu descobri que eu vivia em uma bolha, e aprendi muita coisa aqui, posso dizer com toda a certeza que o segundo semestre de 2019 foi um dos melhores períodos da minha vida, e muuuuito disso tudo se deve ao Fórum.

No início de 2020 eu passei para a minha segunda tentativa de faculdade em uma universidade, tudo muito feliz, finalmente alcançando um objetivo, que foi o meu maior motivo de ter encontrado esse fórum. No entanto, semanas antes de iniciá-la já comecei um período conturbado, pois eu sempre fui de me colocar muita pressão. Tive semanas complicadas até estourar uma pandemia e terminar de jogar tudo para o alto. Foram meses difíceis, incertezas, e isso acredito que para todo mundo. Mesmo assim, passei todo o ano de 2020 sem ceder a nenhuma investida da P, e com isso completei mais de um ano de reboot de P!

No meio de 2020 eu parei de frequentar o fórum, e o motivo era minha própria pressão, e acredito que isso ficou um pouco claro no meu último post aqui nesse diário. Eu sempre senti muita ansiedade com o fórum, e não sei dizer o porquê, apenas sentia, e ficava tentado de conferi-lo a todo momento. Juntando essa ansiedade, todas as incertezas do momento, e também toda a insanidade da faculdade, eu acabei me afastando de vez do fórum. Eu até tinha promessas de voltar contando um pouco da minha experiência de reboot, e quem sabe uma História de Sucesso, mas isso não rolou, eu sempre estava com coisas mais importantes para realizar, com outras prioridades, e com isso a gente vai ficando naquele loop de viver, viver, e não viver.

E então temos 2021, mais um ano, pandemia ainda forte, e planos ainda esparramados. Eu fui perdendo aos poucos o rumo da minha vida, meus propósitos que haviam sido tão claros, já estavam embaçados. Eu estava sempre atrasando trabalhos, minha vida estava um caos, mas ainda assim seguia firme com o reboot de P, e então eu simplesmente voltei. "Espera, voltou?". Sim. "Por que?". Eu não sei ao certo, mas todos sabemos que a P sempre pode aparecer para dizer um "oi", e junto de frustrações pessoais, momentos tristes, desesperanças, surtos e surtos, vida desequilibrada, aquela velha curiosidade, acaba sendo a receita perfeita para P.  pale

Eu voltei em fevereiro, sim, foi a época em que voltei. E desde esse mês eu apenas afundei mais a minha vida, em surtos, atrasos, pânicos, e muita P. Durante um tempo, fiquei meio em dúvida: será se é tão ruim assim, será se ela realmente me prejudica? Toda vez que você se questiona isso uma fada do Fórum morre,  e eu devo ter matado umas 30 fadas. Eu cheguei a conclusão de que ela me prejudicava sim, mas ainda não pensava em voltar ao fórum, devido àquelas questões antigas de ansiedade e etc.


3. E o que te trouxe de volta ao lar?  bounce

"Certo, Renê. E o que te fez voltar?" O que me fez voltar foi o cansaço. Pelo que eu contei aqui parece que apenas fiquei chorando em posição fetal durante todo esse tempo, mas na verdade eu tentei muitas coisas, muitas organizações, mas tudo foi muito confuso e acabou não funcionando. Eu avancei em muitas coisas, seria injusto dizer que só tive coisas ruins nesse período, eu tive aulas fantásticas na faculdade, conheci muita coisa, estudei muita coisa, treinei muita coisa, tirei notas boas, comecei a aprender francês e parei (pretendo voltar) e no momento estou avançando muito bem com chinês. No entanto, o que ficava na minha cabeça era apenas uma palavra: bagunça. E eu cansei disso, cansei dessa bagunça, e tentei me reerguer nessas últimas semanas de férias, reorganizar minha vida do absoluto zero, e não podia continuar levando a P com a barriga. Não me culpo de não ter voltado antes, eu só ia trazer toda aquela bagunça para o Fórum, eu precisei antes colocar algumas coisas no eixo.

Eu tentei parar sozinho, mas encontrei dificuldades (a velha história do renegado), e no momento não posso arriscar mais. Eu estou planejando todas as áreas da minha vida do começo, considerando tudo o que eu já aprendi, e entendendo tudo o que me prejudica em alcançar meus propósitos e objetivos, todas as questões que destroem meu dia. E eu provei por A + B (com as vozes da minha cabeça) que a P suga todas as minhas energias e ajuda a transformar meus dias em uma grande porcaria, junto de outros 5.000 fatores. E então eu resolvi que eu teria que voltar, e entendi que muito da minha ansiedade com o Fórum era basicamente medo de julgamentos (irônico em um fórum anônimo) e por conta de uma pitada de "vício" por celular. Então, hoje entendo que a P para Renê é um resultado de uma vida desequilibrada, e que gera depois outros desequilíbrios, entrando em um loop. E chega de loops, eu quero finalmente colocar meus planos em dia, conseguir fazer minhas coisas, e viver o agora, sem me focar no futuro em excesso.


4. E agora? study  

Enfim, eu queria ter escrito no máximo dois parágrafos, não rolou, prometo que as próximas serão curtas, a não ser que eu me empolgue. Hoje o dia foi muito bom, não tive contato com nenhuma P, logo considero meu primeiro dia, avancei com muitos planos meus e muitos planejamentos. Estou acordando todos os dias em torno de 6 horas e 30 minutos da manhã, e estou aproveitando muito melhor o dia. Agora vou colocar um novo contador, mas não vou me preocupar nem um pouco com dias, contagens, metas, gráficos, tabelas e todas as loucuras que eu já fiz por aqui. Laughing tongue  Eu quero ser leve e suave, esse é o meu principal objetivo.

Eu pretendo estar vindo aqui algo como uma vez por semana, mas pode ser que eu sinta necessidade de vir mais vezes. Eu pretendo passar no diário dos colegas, mas realmente é muita coisa, então eu vou aos pouquinhos, tudo bem? Ah, e eu preciso de muita ajuda com bloqueadores, principalmente para celular, não preciso de coisas muito perfeitas, pois bloqueadores minimamente difíceis sempre me fizeram desistir. Eu vou dar uma olhada na seção de ferramentas com mais calma para ver se encontro algo, mas se alguém tiver dicas para Android, eu agradeço!


Um beijão pessoal, se cuidem!
Até renegados precisam dormir. Sleep

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Josuez gosta desta mensagem

Josuez
Josuez
Mensagens : 1189
Data de inscrição : 15/07/2018
Idade : 19
Localização : DF

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

9/6/2021, 07:41
Olá, quanto tempo em ? Primeiramente eu queria te agradecer, por muitas vezes ter me ajudado no meu reboot, como pode perceber, ainda não venci, mas continuei lutando, e você foi um dos rebooters que mais me inspirava e me incentivava a lutar. Por mais que não tenha trazido muitas boas notícia, mas você se saiu bem durante esse tempo longe. Essa pandemia também não ajudou nada quanto a se livrar desse vício, mas sempre é tempo de recomeçar! Então, forças nesse início de uma nova vida, vá com calma, um dia de cada vez, já foi uma vitória ter voltado, e mais outra ter conseguido seu primeiro dia limpo, siga firme que logo logo estará longe desse vício mais uma vez. Bem vindo de volta, e saiba que pode contar conosco, seja nas suas batalhas ou vitórias! Estarei sempre te acompanhando Wink !

_______________________________________




Meu diário : https://www.comoparar.com/t7653-relato-diario

Rene.Gade gosta desta mensagem

avatar
Marcão
Mensagens : 149
Data de inscrição : 23/05/2020
Localização : @marco.sughatto

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

10/6/2021, 11:02
Grande Rene,

Você voltou na mesma época que eu.

Eu gosto muito de você sem te conhecer! Saiba que você tem uma sabedoria e já é um sucesso, pois tem sucesso aquela pessoa que aprende com os erros.
Conta comigo, volta sempre para gente trocar bastante.

Abraço irmão


#104 dias sem PMO HardMode
_______________________________________
Sobre mim . About me
https://www.comoparar.com/t10561-diario-dumarcao

Rene.Gade, Unknown Guy e Campeão89 gostam desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

11/6/2021, 21:01
| Oii, Josuez!!

Realmente um bom tempo, né? KkkkkK. Poxa, eu fico muito feliz que eu tenha te inspirado em seu diário. I love you I love you  E fique tranquilo, querido, o reboot é um processo de construção aos poucos. Estou torcendo muito para você, e vejo que está avançando bem, já já passarei em diário! Muitíssimo obrigado pelas palavras e boas vindas, vamos juntinhooss avançar com nossa vida, seja caindo, levantando, ou vencendo! Very Happy I love you

Beijinhooss!

| Oee, Marcão!!

Aaah, que legal que voltamos ao mesmo tempo!  I love you  Muito obrigado pelas palavras carinhosas, e eu concordo com você, a vida é sempre sobre aprender com os erros e seguir em frente. E vamos simm trocar nossas experiências, a companhia no reboot é algo que nos ajuda muito, já vou dar uma passadinha em seu diário! Arrasou com seus diaass!   Very Happy  I love you

Abraçããão!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Josuez e Unknown Guy gostam desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty 3.0

11/6/2021, 21:59
| TRÊS DIAS: TUDO SE ENCAIXANDO!


Boa noite, queridas pessoas e diário!

Hoje completei três dias de reboot de P, eu estou muito suave, sem impulsos, sem falta de nada, e o máximo que me acontece são breves fantasias românticas, mas que não dou muita bola e não me trazem fissuras. Nem parece que há alguns dias eu estava falhando miseravelmente em me afastar da P e derivados, era tudo sobre compromisso, era sobre fazer meu cérebro acreditar de fato em tudo o que eu já sabia, e o Fórum me permite isso, de colocar em prática esse compromisso e fazer meu cérebro acreditar piamente nos meus objetivos.

Eu ainda não fui atrás dos bloqueadores, mas preciso já pesquisar sobre eles logo antes que minha cabeça tente se autossabotar novamente. A minha rotina está suave, estou sendo mais produtivo com meus planos e acordando cedo. Hoje a tarde não fui muito produtivo, pois dormi um pouco por conta do friozinho, hahaha. Em breve estarei voltando com exercícios físicos semanais e a meditação, que sempre foram uma base fantástica para meus reboots.


Muito amor e luz a todo mundo, beijããão!!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Josuez e Unknown Guy gostam desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty 20.0

27/6/2021, 19:53
| VINTE DIAS: O IMPULSO E O DESEJO.  


Inhaí, pessoas.

Hoje estou quase a completar vinte dias sem p.! Bom, o que eu senti em primeiro lugar é que por ter sido uma parada brusca, assim como deveria, eu tive um pouco de dificuldades de assimilar, e isso é um ponto para se ter cuidado, porém algo comum. No meu caso, em específico, o reboot é sobre uma séééérie de fatores, e um deles é criar um comprometimento com outras pessoas, e o fórum serve como uma luva, pois quando estou por aqui eu penso 50 vezes mais antes de recair, e não é algo muito saudável, pois parece ser muito daquela história de se importar muito com os outros, mas é um ponto do meu reboot que me ajuda de certa forma, principalmente nos primeiros dias, depois eu vou focando nos outros pontos. E além disso, é só uma base emergencial, digamos assim, pois ainda assim eu posso simplesmente tacar um dane-se e cair de boca (ou de mão) na p. novamente.

Enquanto eu aproveitava essa força emergencial do reboot causada pelo efeito Fórum, eu fui buscando outras formas de me manter firme, como organizar a minha vida, que estou muito orgulhoso de vê-la entrando nos eixos (tive muitos insights de produtividade, estudos, organização, minimalismo, etc), e também pesquisando sobre bloqueadores. Eu baixei algumas coisas, configurei outras, fiz alguns testes, mas ainda não cheguei numa solução, no momento ainda estou sem os benditos bloqueadores, porém já tenho um sistema em mente, que pretendo testar em breve e assim que organizar tudo certinho eu venho trazê-lo aqui para que talvez ajude alguém, porém eu encontrei ele aqui no fórum mesmo, na Seção de Ferramentas e Bloqueadores.

Bom, a principal questão que ficou em minha cabeça nesses últimos dias foi sobre baixa libido e impulsos dopamínicos. scratch Vamos ao ponto, eu percebi que minha libido não estava em seu estado mais comum, que é pegando fogo e subindo pelas paredes, e demorei um pouco para assimilar isso também, até o tamanho do dito cujo deu uma diminuída. E então comecei a entender que eu poderia estar em um período de baixa libido, muito conhecido como flatline (evito usar o termo, pois nunca sei se esses períodos meus podem ser considerados, li pouco sobre) e ao mesmo tempo eu senti impulsos e pensei umas duas ou três vezes em retornar para a p., eu superei esses impulsos por ora, mas ficou um questionamento. A questão é que esses impulsos não me pareceram desejos lá muito comuns, visto que eu estava num período de baixa libido, possuindo até um certo desinteresse para m's, então o que eles eram? Eu entendi eles como desejos também, de certa forma, porém de uma origem mais artificial, forçada, que veio da onde? Dos gatilhos e da minha saudade da dopamina de p., é claro.

O principal causador: o famoso Instagram. Não serei hipócrita, a dopamina do feed infinito estilo TikTok do Instagram já é muita louca por si só, e quando você acrescenta nela homens seminus nas mais variadas posições, música eletrônica, casais fofíssimos, e a famosa vida perfeita de Instagram, isso faz você virar um viciado em ver aqueles homens e desejá-los, desejar estar ao lado deles, desejar até um relacionamento que nem deve ser sua prioridade no momento, e sem nem considerar inclusive toda a responsabilidade em volta de um. É puramente uma questão emocional e não racional, assim como ouvi em uma palestra nessas últimas semanas da universidade. E falando nela, a minha futura profissão está intrinsecamente ligada a esse "novo mundo", pois somos nós os responsáveis por criá-lo e mantê-lo, por atingir as pessoas em seu emocional e levá-las a sentirem o que quer que queiramos. E isso tudo é uma grande responsabilidade, eu sempre me questiono: "que tipo de mundo eu quero projetar? O que quero causar nas pessoas?". É estranho quando pensamos no outro lado da moeda, mas essa é uma discussão que vem sendo recentemente bem pensada, e há muitos profissionais pensando em ambientes digitais que nos ajudem a serem mais saudáveis, e que não apenas nos explorem a serviço do dinheiro pelo dinheiro.

Eu desejo muito realizar projetos que ajudem pessoas a se desvencilharem de vícios, dependências, e que promovam nelas melhoras ao invés de piorarem a situação. No entanto, enquanto isso não acontece eu aderi a um detox de celular nesses últimos dois dias, acabo entrando ainda no Instagram, mas agora não mais nos principais momentos do meu dia, e sim apenas no fim do dia, e espero que aos poucos eu pare de me perder em feeds cheio de homens e comece a voltar para uma realidade mais condizente com minha saúde. Eu quero ter meus desejos plenos, por rapazes como um todo, e não somente pelos seus visuais e edições. Vamos aos poucos, pessoal, mas vamos firmes!

Agradeço a quem leu até aqui, e um excelente dia a todo mundo!  I love you

"In the blackest moment of a dying world, what have you become?"

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Josuez gosta desta mensagem

Josuez
Josuez
Mensagens : 1189
Data de inscrição : 15/07/2018
Idade : 19
Localização : DF

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

28/6/2021, 10:30
Parabéns, está indo bem!

_______________________________________




Meu diário : https://www.comoparar.com/t7653-relato-diario

Rene.Gade gosta desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty Re: Diário do Renê - Reboot

4/7/2021, 20:14
| Josuez!!

Obrigado sempre pelo apoio, querido!! Vamos seguindo firmes.  I love you

Abraçooss!

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

Josuez gosta desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty 27.0

4/7/2021, 21:21
| VINTE E SETE DIAS: COMPROMETIMENTO.   


Boa noite, pessoal!

Eu tenho estado um pouco corrido, visto que estou a organizar muitas coisas, mas já deixei decidido que todo domingo estarei vindo aqui para atualizar o diário e ver os colegas, estou indo aos pouquinhos. Hoje resolvi a questão dos bloqueadores no meu computador, já no meu celular testei vários bloqueadores que não funcionaram bem, mas deixei um básico, e estou a explorar o aplicativo Stay Focused para dificultar um pouco o desbloqueio do outro aplicativo, mas ainda assim não é nada muito de difícil acesso, visto que somente a versão paga que permite um bloqueio mais eficaz, que no caso é um pagamento só, de 20 reais, no entanto vou esperar para ver como me saio com ele. Na próxima semana trago notícias de como as coisas fluíram.

Estou feliz por ter quase completado 27 dias, acredito que minha libido se estabilizou um pouco mais. Eu tive alguns gatilhos essa semana, e as fantasias apareceram com maior frequência. E isso me leva a um ponto, um insight que eu tive. Eu passei em torno de 400 dias sem p, porém o que me fez cair depois desse tempo? O primeiro ponto, no meu caso foi, claro, que tenho muitos outros fatores a resolver além da p, e não estar bem no restante da minha vida me leva ao refúgio que ela promove, porém ela me coloca no pior lugar possível para resolver qualquer coisa, ela torna tudo muito mais difícil para mim. E dessa forma não resolver a minha vida me leva para a p, e por sua vez a p faz com que eu não resolva minha vida, e assim entro em um paradoxo, em um ciclo. Eu já até havia comentado isso por aqui, porém hoje me veio um outro ponto: o comprometimento.

E como assim, comprometimento? Não que tenha faltado força de vontade em mim, apenas faltou um planejamento melhor para lidar com o inevitável: a p batendo na sua porta. Eu cheguei a conclusão de que em um pós reboot não posso me desconectar totalmente desse assunto, é necessário um comprometimento para que nunca mais meu cérebro esqueça do que eu passei, do porquê fiz o que fiz, e do porquê preciso sempre revisar meus métodos, assim como o próprio fórum. Talvez no começo seja um comprometimento maior, uma vez a a cada quinze dias revisar meus bloqueadores mentais e digitais, os métodos, ver como foi o período, se tive impulsos, se tive gatilhos. Depois conforme for avançando talvez ir aumentando, uma vez por mês, a cada dois meses, e por assim indo. E claro, sempre dar passadinhas aqui no fórum, passar no diário de colegas, ler novas histórias, ler artigos, relembrar como a p age nas pessoas. A partir desse comprometimento talvez fique bem mais difícil recair depois de anos, estarei com tudo fresco, meus propósitos relembrados, motivado com outras histórias, meus bloqueadores digitais estarão em dia, e meus métodos também. Espero poder chegar nesse ponto novamente, e assim colocar esse meu novo insight em dia, mais preparado, mais consciente.

Enfim, enquanto isso não chega, que eu foque no presente, na minha rotina, e vá os poucos me colocando no lugar. Estou confiante no momento,  e pretendo estar voltando todos os domingos, ao menos por enquanto. Sigo firme, sigo leve e sigo focado!

Um beijão para todo mundo que me acompanha. Torcendo para que cada um de vocês se livre da p e  de suas consequências ruins.
Apenas arraseemmm! I love you  I love you

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |
Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty 0.0

8/7/2021, 15:18
| SENTIMENTOS 


Boa tarde, pessoal!

Bom, galera, eu estou passando aqui hoje um pouco para apenas desabafar de certa forma, apenas para expor alguns pensamentos, e sentimentos também, que estou tendo, é fora do que eu havia proposto e até estou quebrando um pouco minha rotina, mas acredito que me fará bem. Ontem eu tive uma recaída, horas antes do momento em que completaria 30 dias de reboot, e isso não é uma coisa muito boa, mas até então eu estava razoavelmente bem, foi de noite, em um momento atípico da minha rotina em que fiquei sozinho e também sem aula. Tudo começou por um anúncio de roupas íntimas masculinas, e sim isso é bem engraçado, Laughing lembra-me do meu início aqui no fórum e das coisas que eu passava no meu cotidiano. Eu não quero detalhar o que especificamente aconteceu nesse anúncio que me levou à queda, pois pode servir de gatilhos para os colegas, depois de tudo isso eu fui dormir. E inclusive ontem foi um dia incrível em vários aspectos, eu cumpri meus planos do dia, e também tinha acabado de descobrir um super insight para a minha rotina e produtividade, até já havia colocado algumas coisas em prática naquele momento mesmo, e no momento de dormir coloquei duas novas atitudes em prática, e uma muito boa para evitar fantasias a noite, que eu já usei e até expliquei aqui no fórum algumas vezes.

Bom, hoje acordei no horário, segui minha rotina, mas desde que acordei e até o momento atual estou com um sentimento muito ruim, uma espécie de ansiedade, sem muito foco, boca meio seca, mãos geladas, coração apertado, algo muito próximo do que eu sinto quando via conteúdos de ódio na internet, algo que tenho trabalhado muito para evitar recentemente, e com o insights de ontem até deve melhorar mais. Bom, apesar de ter seguido a minha rotina, eu usei alguns espaços de descanso e corri atrás de conteúdos de p nesses entremeios, mesmo com o sentimento aflorando, acredito que isso ajudou um pouco a piorar a situação, pois fiquei nesses momentos proibidos, algo pra ser rápido, por ter que seguir minha rotina, e no banheiro, por não ter outro local no momento, onde além de não poder demorar é um local desconfortável. Enfim, depois disso eu lembrei de algumas coisas, de uns insights que eu tive ano passado, e claro a minha mente já estava surtando de questionamentos, hipóteses, racionalizações, e coisas afins. Eu fiz algumas pesquisas para ver se encontrava uma leitura sobre o que eu estava pensando, mas nada que não tenha apenas piorado esse sentimento.

Bom, no momento ao estar escrevendo isso aqui, e colocando tudo para fora já estou me sentindo melhor. Enfim, pessoal, era apenas para deixar ir esses sentimentos, eu noto no momento que minha memória decaiu horrores, e não sei se foi por conta da p, mas acredito que sim, pois antes disso não estava dessa forma. Hoje de manhã eu estava dificuldades de lembrar do momento em que eu acordei, e eu notava essas mesmas situações nos períodos em que estava imerso em p. Percebo também uma maior confusão mental, algo que também notava nesses períodos, inclusive não quero trazer nenhum questionamento por enquanto justamente por estar tudo meio nebuloso ainda em minha cabeça. Em breve espero trazer novas reflexões aqui.

Até mais e obrigado!

"You don't own me
Don't try to change me in any way
You don't own me
Don't tie me down 'cause I'd never stay"

_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |

psico e Kaicen gostam desta mensagem

Rene.Gade
Rene.Gade
Mensagens : 1301
Data de inscrição : 06/08/2019

Diário do Renê - Reboot - Página 24 Empty 4.0

13/7/2021, 01:32
| QUATRO DIAS: O EQUILÍBRIO EM MIM. 


Boa noite, querido diário e pessoas!

-> BLOQUEIOS E CESSÕES.

Daqui algumas horas completo meus primeiros quatro dias sem p após meu último surto. Eu sigo bem e realizei mudanças, dentre elas arrumei meus bloqueadores e investi em um bloqueador pago para celular, o Stay Focused, que em si não bloqueia sites p, mas é muito bom para bloquear os bloqueadores, assim como a Play Store e as Configurações do celular, e impedir que você altere o que havia configurado no tempo em que bem entender por meio do modo estrito. Eu paguei um total de R$ 11,00, por meio de um desconto que a própria Play Store ofereceu, não sei se isso acontece com todo mundo, mas parece que sim, sem o desconto estava R$ 19,90.

Eu configurei ele para impedir alterações na maior parte do meu dia durante todos os dias da semana, e especifiquei um horário em que ele permite alterações. No entanto há a opção de você bloquear por dias seguidos, definindo uma data específica para que o bloqueio (modo estrito)pare, você pode configurar para ele impedir alterações durante um mês, por exemplo, e assim você não conseguiria mudar as alterações dele, nem desinstalar os bloqueadores, nem acessar a Play Store, nem as Configurações. No meu caso eu selecionei dois momentos do meu dia para ele permitir alterações, visto que eu estou sempre precisando da Play Store, então determinei dois horários que são bem complicados de eu ter recaídas, apenas para caso eu precise baixar um novo app, ou desinstalar algo. Vamos ver como eu me saio, qualquer coisa posso decidir por liberar o acesso apenas uma vez por semana, porém sigo analisando. Eu descobri esse aplicativo aqui no Fórum por meio do colega Anteros no tópico Sistema de Bloqueio Infalível para Android, presente na Sessão de Ferramentas e Bloqueadores.

Por fim, eu desinstalei muitos aplicativos sem uso no meu celular e desativei a notificação de todos eles, incluindo todas as redes sociais. Estou evitando de usar o celular por aproximadamente 20 minutos antes de dormir, e caramba isso é muito "mágico", faz com que você durma muito bem. Eu também parei de dormir "agarrado" com um travesseiro de suporte, e esse é um ponto que eu aderi há um bom tempo no meu primeiro reboot de p, inclusive até mencionei aqui no fórum, e me ajudou com que eu cessasse as fantasias no momento de dormir, fica a dica, talvez ajude alguém. Já no computador, configurei o Qustodio e o Blok Free, criei um novo e-mail para a recuperação, e juntei as senhas dos três em papéis divididos (e com a ordem indicada), e agora irei colocá-los separados no meio de livros diferentes, escondê-los.

Dessa forma espero que agora a ideia de desbloquear bloqueadores pareça mais complicada para o meu cérebro, veremos.

-> INSIGHT: MASCULINIDADE EM DESEQUILÍBRIO. (Alerta de textão, e talvez gatilho para algumas pessoas) (apenas um desabafo e uma reflexão)

"O que te preocupas, meu caro?"

Pessoal, na minha última mensagem aqui no fórum falei sobre um insight que eu tive no ano passado, que talvez possa estar muito relacionado com toda a questão da p em minha vida. É claro que há muitos fatores que fazem com que eu possa ir até a p, esse pode ser apenas um ponto, mas eu gostaria de compartilhar esse insight aqui como uma forma de reflexão.

Bom, eu particularmente gosto bastante de ler e estudar sobre questões que envolvam masculinidade e feminilidade. No sentido acadêmico e científico são os estudos de gênero, eu até penso em levar para uma iniciação científica esse assunto. Mas também às vezes até gosto de ler sobre questões espirituais, por mais que eu não seja religioso (é mais como uma curiosidade), sobre polos e energias masculinas, femininas. E qual o motivo de eu estar falando sobre isso? Pois eu comecei a entrelaçar alguns pontos desse assunto com a minha relação com a p. Eu penso que tudo começa com um ponto simples: 99% dos conteúdos em que eu já consumi de p, ou que costumava consumir, possuem um ponto em comum e esse ponto é a masculinidade exacerbada, às vezes até mesmo doentia.

Esse assunto me voltou a cabeça na semana passada, visto que foi justamente por um gatilho nesse sentido que eu caí. E adivinhe para que tipos de conteúdos eu voltei a consumir, os que eu mais senti vontade? Isso mesmo, aqueles que possuíam esse reforço de masculinidade em excesso. Obviamente não vou especificar, e nem preciso, por respeito aos meu colegas de fórum, porém isso me fez levar a um ponto mais fundo em minha vida: talvez esse ponto esteja na raiz de todo o meu consumo de p.

"Por que pensa isso, Renê?"

Desde criança eu cresci ouvindo uma frase: "Você é muito macho!", "Você é muito macho, né? Não faz essas coisas.". Sim, uma criança de seis, doze anos, ouvindo esse tipo de afirmação é uma coisa meio engraçada, e eu entendo perfeitamente que os adultos que falaram isso para mim o fizeram de forma até carinhosa, e claro, apenas seguindo algo de sua própria cultura, nos quais estavam apenas reproduzindo o que um dia aprenderam. Esse reforço quase constante e preocupante de "ser macho", "ser homem", e de seguir determinados padrões que não podem ser quebrados, com o medo constante de você não ser macho o suficiente, não ser o homem que esperam de uma criança (?), de você ser o temido feminino, ou até mesmo gay. Não preciso nem dizer que apesar desses reforços eu cresci sendo uma flor, não é? Eu sempre tive meu lado feminino alto em mim, e por muito tempo eu ofusquei isso em mim mesmo, e só fui me entender e me dissipar de amarras em torno dos meus 15 anos.

Não quero me aprofundar nessas questões, pois não é esse o objetivo desse texto, porém o que me faz questionar hoje é que talvez eu tenha problemas em lidar com a minha masculinidade. Eu tenho o meu "lado masculino", do qual eu gosto bastante, e da mesma forma eu tenho um "lado feminino", do qual eu também gosto muito, e talvez seja até mais predominante. Ambos me constituem, e eu estou em paz com ambos. No entanto, crescer sendo um rapaz gay é crescer ouvindo que você não é homem o suficiente, por mais que não haja nenhuma relação obrigatória entre esses dois fatores, e ao mesmo tempo você é reforçado o tempo todo em ser macho e ser heterossexual, e uma série de regras e condutas do que é ser um homem. Isso tudo diminuiu o meu lado feminino durante muito tempo, além de ter me confundido muito em relação a minha orientação sexual. E por todo esse tempo eu pensava que essa história havia acabado com os meus 15, 16 anos, eu me compreendi melhor, me entendi, busquei conhecimentos, me livrei de certas ideias que a vida inteira haviam me dito ser a verdade, me descobri, me declarei. No entanto, no segredo do meu quarto, no segredo do meu banheiro, as coisas não pareciam estar tão resolvidas assim, mesmo depois de cinco, seis anos.

"E como você pensa que isso funciona?"

O que acontece é que eu sinto que por fora eu posso estar muito bem resolvido com minha identidade, mas dentro de mim há ainda aqueles pensamentos que eu ouvi quando criança, internalizados, "seja macho!", e não, eu não sou esse padrão exagerado de "macho". E como eu resolvi essas questões? Claro, ofuscando elas no universo da p. Nós não paramos para pensar sobre os conteúdos que vemos na p, e as coisas que vamos buscar, apenas vemos e depois fingimos que não fizemos isso. Somente depois que fiquei um ano longe da p, que eu pude ter esse insight, essa noção de como isso era presente em mim. Hoje eu não tento me sentir mais aceito pelas outras pessoas, pela sociedade, muito menos pela minha família, pois isso já é incoerente com meus pensamentos, mas no meu mais interior eu ainda busco essa aceitação dentro da p, como se lá eu pudesse buscar aquilo que tanto me disseram. Eu jogo essa questão na p, e jogo ela nos outros rapazes, tentando me sentir mais "homem" ao mesmo tempo em que desejo esse "homem". E é até engraçado, pois me disseram "seja hétero", mas como minha atração sexual é por homens, eu desejo ser "hétero" com outros homens. Laughing  E isso é muito presente na nossa sociedade em muitos homens gays e bissexuais, a famosa homofobia internalizada, eu gosto de homens, mas não digo isso, invento mil desculpas, nomes, mas não afirmo isso. (pessoas com HOCD desconsiderem isso, a questão de vocês é TOC, não orientação sexual). Esse "ser hétero" que me disseram não era apenas para que eu sentisse atração sexual por garotas, mas para que eu tivesse todo um comportamento, e isso ainda está preso dentro de mim, e a p foi uma forma de expor esse sentimento, de entrar nessa compulsão, nessa obsessão de ser macho, que me ensinaram a vida toda. E talvez seja por isso que eu ainda volte a p, para dar asa a essas fantasias, essas obsessões irreais que ainda estão presas dentro de mim, e que são incoerentes com a pessoa que sou, são incoerentes com um Renê saudável e pleno.

"E como pensa em resolver tudo isso?"

Por enquanto dando o meu melhor com o reboot de p, e no futuro buscando muita terapia, pois preciso. Very Happy Esse é o meu entendimento atual e pessoal sobre esse assunto, não sei se é por aí essa questão, ou se o buraco é mais embaixo, ou se é diferente. De qualquer forma, isso me trouxe mais ainda a convicção do quanto a p na minha vida é o mesmo que uma vida desequilibrada. Eu quero estar pleno com a masculinidade que está presente em mim e jamais quero ofuscar a minha feminilidade novamente. Esse é quem eu sou, mas a p me tira dessa harmonia, me faz buscar uma obsessão pelo masculino exacerbado e entrar em desacordo com o feminino, me faz buscar uma masculinidade doentia e rejeitar a feminilidade. Isso tudo me deixa mal, com baixa autoestima, além de ser contra as minhas próprias convicções, dentre tantas outras questões. Um exemplo que pode ilustrar essa situação: durante muito tempo eu busquei meditações com vozes masculinas, e rejeitava todas com vozes femininas. E agora eu te pergunto: qual a diferença? Nenhuma, apenas uma obsessão em ouvir uma voz masculina, o que não deixava de ser um gatilho para a p. Hoje eu não me guio por qual voz está falando, e sim pelo conteúdo da meditação, pois é isso o que realmente importa.


Escrevi horrores pessoal, mas escrevi como uma forma de me abrir com alguém sobre esse assunto, que muitas vezes ficou preso dentro de mim. Agora eu quero expô-lo e começar a trabalhar para que ele chegue ao fim. Em breve pretendo voltar a passar no diário dos colegas. Abraços e beijos de luz!

Quero deixar um clipe de uma música que sempre me lembra o fórum, por conta dessa pegada de reuniões de anônimos, e que também fala sobre masculinidade, bem temático com a reflexão de hoje, hahaha, mas é um clipe bem engraçado.


_______________________________________


| | DIÁRIO RENÊ | |
Ir para o topo
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos