Ir em baixo
avatar
Don_Martinus
Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/06/2020

Diário de Don Martinus Empty Diário de Don Martinus

em 13/6/2020, 12:53
Olá amigos, sou novo no fórum e eis aqui meu diário na batalha contra esse monstro que é a pornografia.

Tenho 16 anos e comecei a consumir com 13 mas dos dois últimos anos eu me senti completamente perdido nesse mundo de escuridão e trevas. Sempre praticava a M uma ou duas vezes por dia, com o passar do tempo fui adquirindo DE (só que não acontecia direto), no entanto que quando fui ter a minha primeira relação sexual, tudo ocorreu bem mas não consegui manter a ereção.. foi um baque enorme pra mim, aquela situação constrangedora e eu percebendo no quão fundo do poço eu estava.

Achei que era devido o nervosismo, então quando fui realmente perder a minha virgindade, tudo ocorreu bem etc, mas aí vem o segundo problema: ER. Achei que a causa para isso, era tudo.. menos a pornografia. Sempre fui um cara que era atraído pelas mulheres, abominava a ideia de ficar com homens, mas com o passar do tempos, fui buscando P cada vez mais pesada e acabei de deparando com a P homosexual, sentia-me excitado com o que estava vendo, isso durante a M, Depois que chegava ao orgasmo e tinha aquele "click" de volta a realidade, eu olhava ao meu redor e pensava:" o que diabos eu estava fazendo??" E me sentia um lixo total pois logo eu, um cara que sempre se deu bem com as mulheres, estava consumindo e se M por P homosexual??? E começou o medo..

Quando queria praticar a M, sempre era a mêsma coisa e a busca por P homosexual de tornou "constante" e surgiu a vontade de praticar isso realmente, então instalei um aplicativo de encontro homossexual, onde "tive a minha primeira relação homoafetiva". Não conseguia pensar em nada além da P, inclusive no ato.. mas sempre acontecia a mesma coisa, depois do orgasmo, me dava conta do que estava fazendo, sabia que não me sentia atraído normalmente por aquilo, fiquei em estado de choque, ao voltar pra casa, chorei e pensei até em suicídio.

Tive constantes reflexões a respeito da minha sexualidade, perguntando-me se era bi ou homo. Enquanto isso continuava consumindo P e sem ligar para as consequências.

Chegou 2020, decidi mudar, largar esse vício e tentar me recuperar mas sempre falhava, no máximo conseguia ficar 1 ou 2 dias sem P pois sempre chegava material até mim através de grupos ou por amigos e eu não conseguia me conter. A quarentena acabou com tudo, mais tempo sozinho em casa e sem coisas pra fazer, então a M voltou a se tornar comum e até excessiva em alguns dias. Foi então que achei um post sobre os malefícios da pornografia e seus sintomas de vício, por incrível que pareça eu me identifiquei com todos e dei um basta em tudo.

Instalei bloqueadores, limpei meu celular e ativei o safe search do Google, para bloquear aplicativos maliciosos eu coloquei uma senha no "controle de país" cujo eu não me lembrava e mesmo que tentasse desativar na marra, não iria conseguir. Estou há 5 dias limpo, mas quero começar a contabilizar a partir de agora, pois é o exato momento em que estou criando esse diário.

Percebi que a pornografia é uma droga, te põe em uma situação onde você não tem controle de si e faz você tomar atitudes que em sua sobriedade, você não tomaria e até abominaria. Aos que estão lendo isso e sentem vontade de realizar o ato novamente: não façam isso!! Sigam firmes e fortes em sua luta!! Juntos vamos vencer esse mal.
avatar
Don_Martinus
Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/06/2020

Diário de Don Martinus Empty Alguns dias após o início de tudo

em 16/6/2020, 18:37
Bom.. criei meu diário em um sábado relatando tudo o que tinha se passado comigo e tudo mais, estou há 4 dias (sem contar com o meu experimento individual) sem PMO, ontem tive uma MO, não consegui conter-me. No entanto, ao ato não tive pensamentos artificiais, voltados a P e nem imaginei-me fazendo qlqr ato sexual, tudo foi apenas no toque, em sentir o meu próprio corpo, sensações etc. Mas agora vou tentar o hard-mode, sem MO total, acredito que vou conseguir.

Após o ato, senti-me melhor, não pelo fato de ter MO, mas sim, em pensar que em caso de recaída, posso me recorrer a M sem qualquer tipo de P. O interessante é que ao executar o ato ''solo'', eu não tive o efeito ''zumbi' (estar cego as categorias, buscar P cada vez mais pesada durante a PMO), creio que já tive uma melhora significativa em comparação ao meu ''eu passado'', a sensação de lucidez é ótima, saber que estou me desprendendo desse vício.

Tive alguns contatos acidentais com fotos de mulheres no feed do instagram mas apenas ignorei, não senti vontade nenhuma de voltar a consumir P e nem de praticar MO, sigo firme na luta e rumo aos 15 dias!!

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum