Compartilhe
Ir em baixo
Henrique G
Moderador
Moderador
Mensagens : 187
Data de inscrição : 18/07/2016
Idade : 27

Desconforto nos testículos recorrente ? Relação com o Reboot ?

em 24/1/2018, 17:15
Saudações galera !

Eu atualmente venho enfrentando alguns problemas desde que eu comecei a me relacionar afetivamente eu acho.

Estou com duas paqueras, por morarem longe só saí com elas uma vez e conversamos por meio de mensagens, mas não falamos em sacanagens, nem nos excitamos, só perguntamos um do outro, como se fosse uma conversa pessoal normal.

Eu, quando me excito, pode ser numa simples conversa pessoalmente ou pelo WhatsApp, sinto um grande desconforto nos testículos e isso está me atrapalhando meu Reboot em Hard Mode e ficando cada vez mais recorrente.

E pelo simples fato de conversar ou pensar nelas percebo a saída de fluxo seminal quando vou urinar...
Me atrapalha no meu Hard Mode porque pratico M para me ver livre da dor, mas vejo que a dor não desaparece na hora, só minutos depois.

Tomo banhos gelados todos os dias. Mas, parece que demora o desconforto desaparecer.

A dor está tão recorrente que me preocupei, será que pode ser outra coisa que não tenha relação com o Reboot ?

Se os senhores tem experiência ou conhecimento clínico do caso peço que me orientem.

Necessito de evidências que o desconforto não tenha relação com o reboot para que eu decida se passo por um urologista, ou não.

Grato pelos esclarecimentos.

Status do reboot:
Sem Pornografia: 54 dias
Hard Mode: 1 dia ( sem qualquer estimulação artificial )...




_______________________________________

Visite meu diário:
http://www.comoparar.com/t3534-diario-do-henrique-g
Henrique G
Moderador
Moderador
Mensagens : 187
Data de inscrição : 18/07/2016
Idade : 27

Superações e Adaptações

em 1/4/2018, 11:23
Saudações galera !

Estava ausente aqui estudando pra concursos, tentando sobreviver na recente área de minha formação acadêmica e vivenciando um novo relacionamento amoroso que já fará 3 meses no dia 3 deste mês e se Deus quiser que dure um pouco mais.

Eu sempre gosto de falar sobre minha vida pessoal aqui mesmo soando inadequado visto que o foco deste fórum não é um desabafo da vida pessoal, porém somos seres emocionais e muitos entraram no vício da PMO e não conseguem sair preponderantemente por fatores emocionais, seja como um gatilho, ou uma recompensa, ou falta de desenvolvimento da Inteligência Emocional (IE).

Sendo assim, além de aprendermos a bloquearmos toda pornografia e seus derivados devemos desenvolver nossa inteligência emocional, porque podemos muito bem resgatar ou fabricar artificialmente em nossas mentes o mesmo conteúdo que bloqueamos em nossos computadores e celulares simplesmente em busca desenfreada de "prazer", caso alguns de nós não sintamos isso na vida e queremos sentir intensamente, de forma inapropriada.

Logo, me analisando, atualmente tento seguir o método da seguinte maneira:

Fiz três contadores em meu celular: Hard Mode, Derivados de P e P - e só deixo o contator em meu celular pois, creio que é mais fácil para manter um real controle e expor aqui tão somente quando eu participar do fórum.

Eu trabalho com internet no PC, passo grande parte do dia sozinho. Tenho instalado o bloqueador K9 no meu computador e graças e ele perdi a compulsão por pornografia. Alcancei 121 dias que estou sem P.

Porém, no ebook está descrito que cientificamente existem substitutos/derivados de P ( como garotas dançando no youtube, fotos de garotas de biquini, exalando sensualidade) e lidar com este tipo de conteúdo também pode acionar os mesmos caminhos neurais de quando assistimos a pornografia etimologicamente falando.

E este é um dos meus principais problemas, pois o Youtube e o Facebook é um canal importantíssimo pra mim, tanto para trabalho como para estudos e confesso que vez ou outra eu acesso para ver garotas dançando. Tudo porque queria me excitar e masturbar. Mas, tenho utilizados alguns mecanismos para atenuar os problemas, como deixado de seguir pessoas e páginas inclusive acionando o modo restrito para que não apareça no meu feed algo deste tipo.

Logo, eu fiz um contador denominado Derivado de P como um meio de atribuir uma especial atenção nesta área e fazer um reboot completo.
Derivados de P: Hoje completo 3 dias sem procurar por nada excitante. Só com minha namorada quando estamos juntos. ( Somos cristãos e não fazemos sexo pré-marital).

Eu sou adepto de fazer o reboot em Hard Mode, e muito embora eu tentei e atingi a marca de 45 dias no máximo neste estado, ainda não desenvolvi inteligência emocional ou a disposição necessária para seguir até os 90 dias. Considero então este como minha principal dificuldade e o último pilar a ser superado definitivamente.
Hoje completo 1 dia em Hard Mode. ( Sem P e sem derivados )

No caminho do esforço e da superação acredito que temos que superar a nós mesmos e não olhar para outros e tentar alcançá-los, isso pode desmotivar e creio ser ineficaz. A referência a ser adaptada deve ser você mesmo vendo no que você quer melhorar.

Cada um deve ter o compromisso consigo mesmo e não prestar contas a terceiros. Pois, a responsabilidade é de quem arcará com as próprias consequências.

_______________________________________

Visite meu diário:
http://www.comoparar.com/t3534-diario-do-henrique-g
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum