Ir em baixo
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 1/6/2020, 21:28
Diário
Dia 0 . 02.06.2020

Inicio este meu diário num misto de emoções... Como muitos, tive o meu primeiro contacto com pornografia ainda em criança, por volta dos 11 anos. Na altura foi algo muito estranho mas que depois foi despertando o interesse. Já na adolescência, com acesso a computador e a internet, ia tendo acesso a conteúdos pornográficos ou eróticos... Com o tempo o uso começou a ficar diário e, na adolescência chegava a estar bastantes horas a ver esse tipo de conteúdos. Sempre fui uma pessoa pacifica e calma e nessa altura comecei a sentir que para esconder esses meus hábitos secretos eu me tornava uma pessoa diferente, que eu não gostava... Perdia completamente o meu tempo e ficava refém dessas sensações momentâneas e, pesquisando hoje, me apercebo que praticava muito edgind, o que perpetuava as visualizações de conteúdos pornográficos ainda mais... Em certas alturas eu começava a sentir que algo estava mal e com medo de estar viciado mas sempre há desculpas... Hoje tenho 26 anos e deixei de consultar sites pornográficos como antes, nessa época da adolescência, há alguns anos, no entanto, quer no twitter, reddit, instagram, sempre encontrei forma de ver conteúdos eróticos/pornográficos e considero que o vício sempre se manteve. Em agosto do ano passado eu decidi que precisava de mudar pois acho que isto não é "viver"... Nessa altura eu estive uns dois meses sem PMO mas cometi alguns erros que me levaram a cair. Após isso eu retomei por mais um mês e pouco e caí de novo. Quando começou este problema da pandemia eu resvalei miseravelmente e estou chateado comigo mesmo... Sinto-me fraco por não conseguir dominar-me e, não sei se acontece com mais alguém, mas há alturas em que parece que eu já não quero saber... que parece que não estou arrependido ou algo do género... mas no fundo eu sei que isto é muito mau e que quero sair desta situação... Por isso eu decidi inscrever-me neste fórum pois acho que preciso de seguir pessoas que passem pelo mesmo e aprender com todos vocês...

Em criança passei por algumas situações relacionadas com alcoolismo e sempre fui uma pessoa muito tímida e que vivia muito para dentro.. Hoje sou diferente mas considero que este vício maldito me faz ser assim... Tenho dificuldades de decisão, procrastinação, falta de confiança, alguma ansiedade... Eu espero ter força para me resgatar desta miséria, mas às vezes sinto-me muito em baixo com tudo isto e o que mais me doí é, por vezes, parecer que já não me importa... Prefiro antes sentir a dor e tristeza que me façam ver este mal do que esta estagnação que sinto e da qual quero sair... Pois ainda hoje, por causa de umas fotos no instagram caí em MO...

Aqui, perante vocês, me comprometo a re-iniciar esta luta: 02.06.2020

Obrigado por me lerem e todas as dicas que me possam dar eu agradeço do fundo do coração...

Abraço!



Última edição por VanGogh em 2/6/2020, 19:30, editado 1 vez(es)
Mithrandir
Mithrandir
Mensagens : 168
Data de inscrição : 19/09/2018
Idade : 20
Localização : Terra-Média

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 1/6/2020, 22:15
Olá, Van Gogh! Bem-vindo ao fórum! Recomendo a leitura do e-book que tem aqui no site. Se já o fez, ótimo. Que seu caminho seja vitorioso. Acompanharei sua jornada. Abraço!

_______________________________________
Gandalf, O Cinzento

"O que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado."

Metas:
           → 15 dias (Pônei Saltitante)
            → 30 dias (A Última Casa Amiga)
            → 45 dias (Montanhas Nebulosas)
            → 60 dias (Isengard)
            → 75 dias (Mordor)
            → 90 dias (Montanha da Perdição)
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Obrigado

em 2/6/2020, 19:27
Mithrandir escreveu:Olá, Van Gogh! Bem-vindo ao fórum! Recomendo a leitura do e-book que tem aqui no site. Se já o fez, ótimo. Que seu caminho seja vitorioso. Acompanharei sua jornada. Abraço!


Muito obrigado! Por acaso ainda não li pois tenho estado com bastante trabalho mas irei lê-lo! Tenho recolhido alguns materiais sobre o tema para também ir lendo e consciencializando sobre o problema e as implicações que este vício tem. Acredito que isso ajuda a ter uma noção maior, perante a adversidade, das consequências após a asneira...

Muito obrigado por me acompanhar! É sempre uma honra ter Gandalf, o feiticeiro cinza que se tornou branco, a acompanhar esta jornada! Também lhe desejo uma boa luta! Abraço!

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 1

em 2/6/2020, 19:52
Diário
Dia 1 . 02.06.2020

Dia tranquilo quanto a "tentações" de recorrer a pornografia ou a conteúdos eróticos. Noto algum desgaste e cansaço, fruto das semanas anteriores. Tentarei retomar rotinas de sono melhores pois sempre notei que quanto mais se atrasa o sono mais existe a tentação e o desgaste emocional e psicológico piora quando se dorme mal. Quero ver se invisto em atividades que sempre procuro fazer mas que nunca arranjo tempo, como ler ou aprender/melhorar em algo, mas neste momento o trabalho, felizmente, tem-me mantido bem ocupado. Eu trabalho em áreas criativas e há uma coisa curiosa e que de certeza vocês já sentiram... É que neste vício parece que a criatividade ou o pensamento lógico e inteligente parece que vai desvanecendo... a memória fraqueja e existe sempre um desânimo que rouba a confiança quando temos por profissão criar coisas e isso sempre me deixou triste e frustrado. Quando tentei fazer o meu 1º reebot sério eu notei muitas melhorias em tantas coisas que é incrível pensar nessa conquista... Por outro lado, a queda que tive após esse tempo tão bom deixou-me chateado pois eu realmente percebi os benefícios, percebi que o que me fazia mal estava a ficar para trás, mas infelizmente cometi erros que não posso repetir. Neste momento, apesar de cansado, sinto-me confiante e com esperança em dias melhores e em reviver em mim a pessoa que ficou amarrada. Resgatar a melhor versão de mim mesmo.

São estes os pensamentos que deixo hoje.

"… Eu estava encarcerado não com o ferro de outras correntes, mas com o ferro da minha própria vontade. O inimigo tomou conta da minha vontade, e disso ele fez uma cadeia e me prendeu. Como minha vontade era perversa, ela se transformou em luxúria, e a luxúria se tornou um hábito, e o hábito, sem resistência, passou a ser necessidade." Santo Agostinho

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 2

em 4/6/2020, 10:26
Diário
Dia 2 . 03.06.2020

O dia ontem foi pacifico e também bastante atarefado. Noto que me sinto mais animado e confiante no entanto, em alguns momentos em que estou sozinho no computador sinto aquele "sentido de oportunidade" de ver algo erótico. Eu notei, nas anteriores tentativas de reboot, que o instagram, por exemplo, pode ser um gatilho para PMO. Eu não desativei a minha conta pois nem é uma conta "pessoal" mas é o que uso em termos de trabalho e divulgação, mas tenho evitado entrar e fazer scroll down pois quero "manter a mente limpa" de imagens sensuais ou sexualmente apelativas. Noto que com o passar do tempo tenho conseguido ter força para evitar essas situações mas noto que há certos momentos, no passado, em que eu desvalorizei isso... Do género "Ah, não vai fazer mal ver só isto, pois não é P e etc.." Mas a questão pertinente é que muitas vezes pensa-se "apenas" no ver o explícito, no entanto, o permitir constantes espreitadelas noutros conteúdos mais "soft" ou aparentemente inofensivos tem as suas consequências. Ou seja, não é o facto de ver uma imagem dessas que vai ter um mal extremo, mas o importante é: O que é que isso vai fazer comigo ao longo do tempo? E, para mais, essa "necessidade" de ver já denota uma dependência de "estimulo" de dopamina. O que acontece é que, na questão das redes sociais, é algo tão banal hoje em dia e é algo que aparece tão recorrentemente que se pensarmos é realmente doentio e creio que pode também revelar a sociedade dependente e extremamente inundada em apelos superficialmente sexualizados...

Faço estas observações também para me ajudar a organizar a minha mente e porque entendo que este foi um dos meus erros no passado e que não quero, de forma alguma, menosprezar hoje... Até porque sei que chegará o dia em que a vontade será grande mas há que resistir com todas as forças porque um momento não justifica uma vida inteira de prisão a esse vício.

Um abraço a todos! Continuemos a luta!

Tenho mais compaixão do homem que se alegra no vício do que pena de quem sofre a privação de um prazer funesto e a perda de uma felicidade ilusória.
Santo Agostinho

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 3

em 4/6/2020, 20:33
Diário
Dia 3 . 04.06.2020

O dia foi, mais uma vez, bastante tranquilo. Tenho notado que, em algumas alturas do dia, quando estou no computador sozinho (pois eu trabalho muito no computador) eu sinto aqueles leves impulsos de começar a divagar em algumas imagens, principalmente nas redes sociais, mas não é um impulso muito forte, felizmente tenho controlado bem.
Em comparação com reboots passados e, no meu caso, eu noto que a primeira semana é sempre meio complicada pois tudo está muito na mente, o corpo tem algumas reações mais inesperadas pois a distância temporal dos estímulos de dopamina intensa ainda são recentes e noto que estas 1ªs semanas são cruciais para conseguir manter, com firmeza, o reboot.

Preciso mesmo disto e de ser a pessoa que já não me lembro de ter sido mas que sei que existe dentro de mim e, a propósito disso, deixo um pensamento que alguns se devem identificar...

Eu sou uma pessoa que sempre foi introvertida, no entanto, quando conheço as pessoas eu sou bastante divertido, gosto muito de falar, de dar a minha opinião sobre os assuntos e etc. Considero que sou alguém admirado pelos meus amigos e considerado um "exemplo".. Mas depois, estas coisas que só eu sei fazem e sempre me fizeram pensar que este "vício" nos faz ser 2 pessoas diferentes... Eu sentia-me assim muitas vezes pois parecia que, num momento era uma pessoa totalmente diferente e no outro sentia-me um depravado... Para além do mais, estas práticas colocam-nos tão em baixo que o nervosismo que se sente naquele período entre P e O, o período de consumo de P gera irritação. O ter que esconder essa realidade é uma inquietação e, principalmente, porque sabemos que as pessoas têm uma expectativa acerca de nós e conhecem só um lado de nós... E depois, por outro lado, também dou comigo a pensar quantas pessoas terão este problema e que até podem ser meus amigos/amigas e ser também um segredo... Porque acredito que muita gente passe por situações destas... Ainda que pense assim, eu tenho noção e tenho por referência pessoas que eu vejo e sei que são pessoas "normais", que se calhar nunca tiveram ou tiveram contactos muito pequenos com P e vivem a vida normalmente... Sinto um forte desejo de ser assim, de ser livre. E, lá está... quando penso nessas pessoas que vivem a normalidade da vida sinto e penso "Como me tornei assim?" ou penso em todos os atos irrefletidos e doentios que uma pessoa viciada nisto pode fazer...

Tenho guardado sempre um espaço no diário para pequenas reflexões como esta para organizar a minha mente e, no fundo, expor alguns pensamentos que vão surgindo. Neste momento sinto-me muito cansado pois tem sido dias intensos de trabalho mas quero e espero escrever aqui todos os dias para não deixar esquecer o propósito a que me comprometi e levar esta luta até ao fim!

E era algo que, sabem, minha mulher estava literalmente, tipo, ‘eu não conheço mais vc. Estou fora’. E isso me mudou. Eu tive que mudar porque percebi que era um problema grande, muito grande. Eu literalmente tive que ir à reabilitação. E a coisa que descobri foi que por não contar às pessoas isso se tornou mais poderoso. Mas quando você conta, se abre, assim como estou fazendo agora, ao mundo todo. A coisa perde seu poder. Terry Crews

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
Coringa.
Coringa.
Mensagens : 67
Data de inscrição : 22/12/2019
Idade : 26

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 4/6/2020, 21:23
Me identifiquei bastante com a sua história. Temos a mesma idade. E iniciamos o vício praticamente juntos. Espero que saíamos desse ciclo maldito. Que tanto nos prejudicou. Mais ainda a tempo de recomeçar. Abraço estarei acompanhando seu diário.

_______________________________________
Extress pós traumático
Extress pós traumático
Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2020
Idade : 25

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 5/6/2020, 02:46
O bom é que vc já experimentou os benefícios e sabe que nada é irreversível. Desejo-lhe força e jamais abandone o fórum, estou aqui a um ano caindo e me erguendo novamente, sei exatamente oq é perder a noção do mal que isso faz e querer se entregar, mas eu sei que nada disso é normal e sei bem as consequências que já causou em minha vida. Querer é poder, vc quer? Vc pode guerreiro. Não há nada mais triste que reiniciar o contador , então lembre- se da sensação de fracasso após cada queda e lute para nunca mais senti-las.

_______________________________________
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 388
Data de inscrição : 21/03/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 5/6/2020, 09:54
VanGogh escreveu:Diário
Dia 3 . 04.06.2020

O dia foi, mais uma vez, bastante tranquilo. Tenho notado que, em algumas alturas do dia, quando estou no computador sozinho (pois eu trabalho muito no computador) eu sinto aqueles leves impulsos de começar a divagar em algumas imagens, principalmente nas redes sociais, mas não é um impulso muito forte, felizmente tenho controlado bem.
Em comparação com reboots passados e, no meu caso, eu noto que a primeira semana é sempre meio complicada pois tudo está muito na mente, o corpo tem algumas reações mais inesperadas pois a distância temporal dos estímulos de dopamina intensa ainda são recentes e noto que estas 1ªs semanas são cruciais para conseguir manter, com firmeza, o reboot.

Preciso mesmo disto e de ser a pessoa que já não me lembro de ter sido mas que sei que existe dentro de mim e, a propósito disso, deixo um pensamento que alguns se devem identificar...

Eu sou uma pessoa que sempre foi introvertida, no entanto, quando conheço as pessoas eu sou bastante divertido, gosto muito de falar, de dar a minha opinião sobre os assuntos e etc. Considero que sou alguém admirado pelos meus amigos e considerado um "exemplo".. Mas depois, estas coisas que só eu sei fazem e sempre me fizeram pensar que este "vício" nos faz ser 2 pessoas diferentes... Eu sentia-me assim muitas vezes pois parecia que, num momento era uma pessoa totalmente diferente e no outro sentia-me um depravado... Para além do mais, estas práticas colocam-nos tão em baixo que o nervosismo que se sente naquele período entre P e O, o período de consumo de P gera irritação. O ter que esconder essa realidade é uma inquietação e, principalmente, porque sabemos que as pessoas têm uma expectativa acerca de nós e conhecem só um lado de nós... E depois, por outro lado, também dou comigo a pensar quantas pessoas terão este problema e que até podem ser meus amigos/amigas e ser também um segredo... Porque acredito que muita gente passe por situações destas... Ainda que pense assim, eu tenho noção e tenho por referência pessoas que eu vejo e sei que são pessoas "normais", que se calhar nunca tiveram ou tiveram contactos muito pequenos com P e vivem a vida normalmente... Sinto um forte desejo de ser assim, de ser livre. E, lá está... quando penso nessas pessoas que vivem a normalidade da vida sinto e penso "Como me tornei assim?" ou penso em todos os atos irrefletidos e doentios que uma pessoa viciada nisto pode fazer...

Tenho guardado sempre um espaço no diário para pequenas reflexões como esta para organizar a minha mente e, no fundo, expor alguns pensamentos que vão surgindo. Neste momento sinto-me muito cansado pois tem sido dias intensos de trabalho mas quero e espero escrever aqui todos os dias para não deixar esquecer o propósito a que me comprometi e levar esta luta até ao fim!

E era algo que, sabem, minha mulher estava literalmente, tipo, ‘eu não conheço mais vc. Estou fora’. E isso me mudou. Eu tive que mudar porque percebi que era um problema grande, muito grande. Eu literalmente tive que ir à reabilitação. E a coisa que descobri foi que por não contar às pessoas isso se tornou mais poderoso. Mas quando você conta, se abre, assim como estou fazendo agora, ao mundo todo. A coisa perde seu poder. Terry Crews
Primeiramente, respeitável Vangogh, agradeço suas considerações no meu diário!
E olha, tenha o firme propósito de, com disciplina, todos os dias, deixar aqui os seus registros. Meu brother, ajuda bastante.
E fique muito grato pelos dias extenuantes de trabalho, eles nos ajudam nesse combate quando assim o enxergamos. Procure realizar suas tarefas cada dia com mais excelência, sacrificando-se em cada segundo. Outra coisa: se deixarmos nosso corpo relaxar e, por consequência, a mente, pelo fato de estarmos nesse processo compulsivo, cairemos na PMO sem se dá conta; quando a fixa cair, a merda já foi jogada no ventilador.
Com efeito, se não relaxarmos, se formos vigilantes, se cultivarmos pensamentos nobres, e, muitas vezes(não tem jeito), teremos que partir pra fuga mesmo: sair de casa, dá uma volta, fazer flexões; enfim, com a condição de fazermos tudo isso, seremos vitoriosos. E, um último ponto, ao meu ver, o principal: o alimento da alma; a oração nos faz passar por esse caminho com paz e alegria. Como uma vez vi o Padre Paulo Ricardo falar: quem não tem fé, com certeza, usando os meios humanos conseguirá sair dessa condição, entretanto, percorrerá uma longa estrada, angustiante e que deixará muitas sequelas; para os que apoiam-se em Deus, utilizam os instrumentos da graça,  estes passarão por esse vale com paz e alegria, não obstante às penúrias naturais que fazem parte do processo.  
Desejo sucesso, meu amigo! Estaremos juntos nessa... Um grande abraço!
O lema é: constância e perseverança!
Que Deus te abençoe!

_______________________________________
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 6/6/2020, 12:46
Coringa. escreveu:Me identifiquei bastante com a sua história.  Temos a mesma idade.  E iniciamos o vício praticamente juntos.  Espero que saíamos desse ciclo maldito.    Que tanto nos prejudicou.    Mais ainda a tempo de recomeçar.  Abraço estarei acompanhando seu diário.  

Muito obrigado! Desejo exatamente o mesmo e iremos vencer com força! Abraço e esperança na luta!

Procura a satisfação de veres morrer os teus vícios antes de ti.
Séneca

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 6/6/2020, 12:52
Extress pós traumático escreveu:O bom é  que vc já experimentou os benefícios e sabe que nada é  irreversível. Desejo-lhe força e jamais abandone o fórum, estou aqui a um ano caindo e me erguendo novamente, sei exatamente oq é perder a noção do mal que isso faz e querer se entregar, mas eu sei que nada disso é normal e sei bem as consequências que já causou em minha vida. Querer é poder, vc quer? Vc pode guerreiro. Não há nada mais triste que reiniciar o contador , então lembre- se da sensação de fracasso após cada queda e lute para nunca mais senti-las.


É exatamente isso! Quando caí a primeira vez depois de mais de um mês livre de PMO eu me senti muito mal porque eu realmente notei muita diferença em mim... Em termos de confiança, redução de stress e ansiedade, mais à vontade e coragem, menos medo de interagir com pessoas, mais produtividade, e muito mais... O caminho é realmente este que estamos trilhando e tendo a consciência que, após tantos anos a errar, agora não é fácil mas com força e foco nós conseguimos!

Identifico-me com tudo o que você disse, acho que todos vivemos esse desânimo perante as quedas mas o caminho é mesmo assim, nem sempre corre como esperamos mas temos que seguir em frente e continuar a batalhar contra o vício e contra nós mesmos pois existe uma vida maravilhosa fora de PMO.
Um grande abraço e força! Irei ler o seu diário!

"… Eu estava encarcerado não com o ferro de outras correntes, mas com o ferro da minha própria vontade. (...) Como minha vontade era perversa, ela se transformou em luxúria, e a luxúria se tornou um hábito, e o hábito, sem resistência, passou a ser necessidade."
Confissões, Santo Agostinho de Hipona

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 6/6/2020, 13:21
Guerreiro de longa data escreveu:
VanGogh escreveu:Diário
Dia 3 . 04.06.2020

O dia foi, mais uma vez, bastante tranquilo. Tenho notado que, em algumas alturas do dia, quando estou no computador sozinho (pois eu trabalho muito no computador) eu sinto aqueles leves impulsos de começar a divagar em algumas imagens, principalmente nas redes sociais, mas não é um impulso muito forte, felizmente tenho controlado bem.
Em comparação com reboots passados e, no meu caso, eu noto que a primeira semana é sempre meio complicada pois tudo está muito na mente, o corpo tem algumas reações mais inesperadas pois a distância temporal dos estímulos de dopamina intensa ainda são recentes e noto que estas 1ªs semanas são cruciais para conseguir manter, com firmeza, o reboot.

Preciso mesmo disto e de ser a pessoa que já não me lembro de ter sido mas que sei que existe dentro de mim e, a propósito disso, deixo um pensamento que alguns se devem identificar...

Eu sou uma pessoa que sempre foi introvertida, no entanto, quando conheço as pessoas eu sou bastante divertido, gosto muito de falar, de dar a minha opinião sobre os assuntos e etc. Considero que sou alguém admirado pelos meus amigos e considerado um "exemplo".. Mas depois, estas coisas que só eu sei fazem e sempre me fizeram pensar que este "vício" nos faz ser 2 pessoas diferentes... Eu sentia-me assim muitas vezes pois parecia que, num momento era uma pessoa totalmente diferente e no outro sentia-me um depravado... Para além do mais, estas práticas colocam-nos tão em baixo que o nervosismo que se sente naquele período entre P e O, o período de consumo de P gera irritação. O ter que esconder essa realidade é uma inquietação e, principalmente, porque sabemos que as pessoas têm uma expectativa acerca de nós e conhecem só um lado de nós... E depois, por outro lado, também dou comigo a pensar quantas pessoas terão este problema e que até podem ser meus amigos/amigas e ser também um segredo... Porque acredito que muita gente passe por situações destas... Ainda que pense assim, eu tenho noção e tenho por referência pessoas que eu vejo e sei que são pessoas "normais", que se calhar nunca tiveram ou tiveram contactos muito pequenos com P e vivem a vida normalmente... Sinto um forte desejo de ser assim, de ser livre. E, lá está... quando penso nessas pessoas que vivem a normalidade da vida sinto e penso "Como me tornei assim?" ou penso em todos os atos irrefletidos e doentios que uma pessoa viciada nisto pode fazer...

Tenho guardado sempre um espaço no diário para pequenas reflexões como esta para organizar a minha mente e, no fundo, expor alguns pensamentos que vão surgindo. Neste momento sinto-me muito cansado pois tem sido dias intensos de trabalho mas quero e espero escrever aqui todos os dias para não deixar esquecer o propósito a que me comprometi e levar esta luta até ao fim!

E era algo que, sabem, minha mulher estava literalmente, tipo, ‘eu não conheço mais vc. Estou fora’. E isso me mudou. Eu tive que mudar porque percebi que era um problema grande, muito grande. Eu literalmente tive que ir à reabilitação. E a coisa que descobri foi que por não contar às pessoas isso se tornou mais poderoso. Mas quando você conta, se abre, assim como estou fazendo agora, ao mundo todo. A coisa perde seu poder. Terry Crews
Primeiramente, respeitável Vangogh, agradeço suas considerações no meu diário!
E olha, tenha o firme propósito de, com disciplina, todos os dias, deixar aqui os seus registros. Meu brother, ajuda bastante.
E fique muito grato pelos dias extenuantes de trabalho, eles nos ajudam nesse combate quando assim o enxergamos. Procure realizar suas tarefas cada dia com mais excelência, sacrificando-se em cada segundo. Outra coisa: se deixarmos nosso corpo relaxar e, por consequência, a mente, pelo fato de estarmos nesse processo compulsivo, cairemos na PMO sem se dá conta; quando a fixa cair, a merda já foi jogada no ventilador.
Com efeito, se não relaxarmos, se formos vigilantes, se cultivarmos pensamentos nobres, e, muitas vezes(não tem jeito), teremos que partir pra fuga mesmo: sair de casa, dá uma volta, fazer flexões; enfim, com a condição de fazermos tudo isso, seremos vitoriosos. E, um último ponto, ao meu ver, o principal: o alimento da alma; a oração nos faz passar por esse caminho com paz e alegria. Como uma vez vi o Padre Paulo Ricardo falar: quem não tem fé, com certeza, usando os meios humanos conseguirá sair dessa condição, entretanto, percorrerá uma longa estrada, angustiante e que deixará muitas sequelas; para os que apoiam-se em Deus, utilizam os instrumentos da graça,  estes passarão por esse vale com paz e alegria, não obstante às penúrias naturais que fazem parte do processo.  
Desejo sucesso, meu amigo! Estaremos juntos nessa... Um grande abraço!
O lema é: constância e perseverança!
Que Deus te abençoe!

Amigo Guerreiro, muito obrigado pela sua mensagem! Exatamante, como dizia alguém, o ócio é o pai de todos os vícios. Muito obrigado pelos conselhos, guardo-os com muita consideração. Notei isso mesmo, quando se fraqueja no alimento da alma, o apelo do corpo intensifica-se! Por falar em Padre Paulo Ricardo... Talvez se não fosse ele eu hoje não via as coisas da forma que vejo!
Desejo-lhe enorme sucesso nessa jornada! Grande abraço e que a benção de Deus esteja consigo!

Tarde te amei! Tarde Te amei, ó Beleza tão antiga e tão nova! Tarde demais eu Te amei! Eis que estavas dentro, e eu, fora – e fora Te buscava, e me lançava, disforme e nada belo, perante a beleza de tudo e de todos que criaste. Estavas comigo, e eu não estava Contigo… Seguravam-me longe de Ti as coisas que não existiriam senão em Ti. Chamaste, clamaste por mim e rompeste a minha surdez. Brilhaste, resplandeceste, e a Tua Luz afugentou minha cegueira. Exalaste o Teu Perfume e, respirando-o, suspirei por Ti, Te desejei. Eu Te provei, Te saboreei e, agora, tenho fome e sede de Ti. Tocaste-me e agora ardo em desejos pela Tua Paz! Santo Agostinho

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 4

em 6/6/2020, 20:56
Diário
Dia 4. 05.06.2020

Ontem não consegui escrever nada aqui pois tenho estado com muito trabalho, no entanto, fica aqui o registo de que o dia foi bastante bom, sem grandes problemas ou ansiedades ou tentações. De vez em quando vêm um ligeiro pensamento ou olhar que ainda não consigo evitar mas noto que pelo menos consigo dominar isso e não deixar que se prolongue no tempo. Ainda não consegui retomar hábitos de sono bons pois sinto que preciso disso para me sentir melhor, mas pelo menos eu tenho dormido mais tarde por questões de trabalho e de trabalho que realmente é necessário e para o qual me comprometi e então também é bom sentir que estou a conseguir cumprir os meus objetivos.

Por falar em obejtivos, ontem, enquanto trabalhava, ouvi um testemunho relacionado com NOFAP que dava um exemplo que deixo aqui para quem não conhecer. É a história de um homem que mudou completamente a sua vida. Não tem a ver com PMO mas achei muito interessante e uma fonte de motivação e que, com dedicação, esforço e trabalho árduo nós conseguimos chegar a estados mais elevado do ser.

Deixo aqui um link com um resumo da história de DAVID GOGGINS: https://www.buyandhold.com.br/5-licoes-de-david-goggins-sobre-o-incrivel-poder-do-desconforto/

No outro video que ouvi ontem sobre NOFAP, o que era sugerido era que fizessemos duas listas para ajudar neste tipo de luta que envolve mudança:
LISTA 1: Descrição detalhada, por tópicos, de coisas que achas que estão mal na tua vida, que fazes de mal ou situações que não queres na tua vida e etc.
LISTA 2: Aquilo que desejas ser, os ideias que procuras, o que esperas alcançar
Para cada uma das listas, encontrar imagens que representem cada realidade, ou seja, na lista dos pontos negativos, encontrar imagem que represente o pior desses pontos negativos e nos pontos positivos (que se esperam alcançar) colocar imagens que representem essa conquista. Tendo em conta que estas "metas" tem que ser minimamente realistas. Após isso, deverá traçar-se um plano DO QUE FAZER (porque o mais importante é agir!) e realmente se dedicar a isso... Achei interessante este "jogo psicológico" entre as coisas que nos podem por abaixo e nos destruir e aquelas que nos podem elevar e salvar.. Se pesquisarem mais sobre o David Goggins, certamente encontrarão inspiração para estas mudanças. O movimento NOFAP também é interessante e, sobre o tema, existem vários conteúdos online com estratégias e dicas.

Abraço a todos! Estamos juntos!

É parte da cura o desejo de ser curado.
Séneca

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 388
Data de inscrição : 21/03/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 6/6/2020, 21:16
VanGogh escreveu:Diário
Dia 4. 05.06.2020

Ontem não consegui escrever nada aqui pois tenho estado com muito trabalho, no entanto, fica aqui o registo de que o dia foi bastante bom, sem grandes problemas ou ansiedades ou tentações. De vez em quando vêm um ligeiro pensamento ou olhar que ainda não consigo evitar mas noto que pelo menos consigo dominar isso e não deixar que se prolongue no tempo. Ainda não consegui retomar hábitos de sono bons pois sinto que preciso disso para me sentir melhor, mas pelo menos eu tenho dormido mais tarde por questões de trabalho e de trabalho que realmente é necessário e para o qual me comprometi e então também é bom sentir que estou a conseguir cumprir os meus objetivos.

Por falar em obejtivos, ontem, enquanto trabalhava, ouvi um testemunho relacionado com NOFAP que dava um exemplo que deixo aqui para quem não conhecer. É a história de um homem que mudou completamente a sua vida. Não tem a ver com PMO mas achei muito interessante e uma fonte de motivação e que, com dedicação, esforço e trabalho árduo nós conseguimos chegar a estados mais elevado do ser.

Deixo aqui um link com um resumo da história de DAVID GOGGINS: https://www.buyandhold.com.br/5-licoes-de-david-goggins-sobre-o-incrivel-poder-do-desconforto/

No outro video que ouvi ontem sobre NOFAP, o que era sugerido era que fizessemos duas listas para ajudar neste tipo de luta que envolve mudança:
LISTA 1: Descrição detalhada, por tópicos, de coisas que achas que estão mal na tua vida, que fazes de mal ou situações que não queres na tua vida e etc.
LISTA 2: Aquilo que desejas ser, os ideias que procuras, o que esperas alcançar
Para cada uma das listas, encontrar imagens que representem cada realidade, ou seja, na lista dos pontos negativos, encontrar imagem que represente o pior desses pontos negativos e nos pontos positivos (que se esperam alcançar) colocar imagens que representem essa conquista. Tendo em conta que estas "metas" tem que ser minimamente realistas. Após isso, deverá traçar-se um plano DO QUE FAZER (porque o mais importante é agir!) e realmente se dedicar a isso... Achei interessante este "jogo psicológico" entre as coisas que nos podem por abaixo e nos destruir e aquelas que nos podem elevar e salvar.. Se pesquisarem mais sobre o David Goggins, certamente encontrarão inspiração para estas mudanças. O movimento NOFAP também é interessante e, sobre o tema, existem vários conteúdos online com estratégias e dicas.

Abraço a todos! Estamos juntos!

É parte da cura o desejo de ser curado.
Séneca
Vc vai longe, nobre VanGogh!
Parabéns por está empenhado 100%. E sou um grande admirador de David Goggins, ele influenciou, de maneira substancial, minha rotina de vida.
Um abraço!

_______________________________________
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 5

em 6/6/2020, 21:27
Diário
Dia 5. 06.06.2020

Hoje foi mais um dia bem atarefado. Andei a jardinar e hoje estou mesmo estourado. Iniciei há umas semanas a prática de exercício como forma de manter o corpo saudável mas também para transmutar energias e canalizá-las para algo útil. Tenho mantido a distância das redes sociais e tenho me sentido bem. O trabalho é muito e os projetos parecem estar bem encaminhados pois estou a conseguir gerir o tempo. Resumo: Estou cansado mas sinto-me bem por estar a traçar este caminho.

Pontos a melhorar, por enquanto:
             

         
  1.     reformular horários de sono;
    2. Evitar "olhares caçadores" na rua ou em qualquer contexto em que exista essa tentação;
    3. aumentar a comunicação e interação social;
    4. organizar o tempo do dia, fazendo horários e estabelecendo tarefas que gostaria de implementar (ler, estudar, trabalhar em projetos pessoais, exercicios, etc.);
    5.Ler mais sobre o tema (ler ebook (obrigatório!)) e procurar conteúdos motivacionais adicionais para manter o foco;

(sempre que me lembre de pontos a melhorar eu vou registando aqui, também consoante o meu dia-a-dia)

Em termos de sinais do vício, atualmente, tenho sentido apenas alguns pensamentos involuntários (imagens que parecem vir à cabeça do nada) e "olhar caçador" quando vejo alguma rapariga que me atrai a atenção. No entanto, apesar de notar isso nestes 1ºs dias, eu tenho conseguido contornar ambas as situações embora as vivencie. De acordo com a minha 1ª experiência de reboot (e mais longa), posso dizer que o padrão mantêm-se e espero que mais para a frente eu consiga dominar totalmente estes comportamentos voluntários/involuntários...

Continuamos o caminho! Um grande abraço a todos! Amanhã cá estarei para mais um registo diário!

Maior sou e para maiores coisas nasci do que para ser escravo da minha carne.
Séneca

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 388
Data de inscrição : 21/03/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 6/6/2020, 22:57
VanGogh escreveu:Diário
Dia 5. 06.06.2020

Hoje foi mais um dia bem atarefado. Andei a jardinar e hoje estou mesmo estourado. Iniciei há umas semanas a prática de exercício como forma de manter o corpo saudável mas também para transmutar energias e canalizá-las para algo útil. Tenho mantido a distância das redes sociais e tenho me sentido bem. O trabalho é muito e os projetos parecem estar bem encaminhados pois estou a conseguir gerir o tempo. Resumo: Estou cansado mas sinto-me bem por estar a traçar este caminho.

Pontos a melhorar, por enquanto:
             

         
  1.     reformular horários de sono;
    2. Evitar "olhares caçadores" na rua ou em qualquer contexto em que exista essa tentação;
    3. aumentar a comunicação e interação social;
    4. organizar o tempo do dia, fazendo horários e estabelecendo tarefas que gostaria de implementar (ler, estudar, trabalhar em projetos pessoais, exercicios, etc.);
    5.Ler mais sobre o tema (ler ebook (obrigatório!)) e procurar conteúdos motivacionais adicionais para manter o foco;

(sempre que me lembre de pontos a melhorar eu vou registando aqui, também consoante o meu dia-a-dia)

Em termos de sinais do vício, atualmente, tenho sentido apenas alguns pensamentos involuntários (imagens que parecem vir à cabeça do nada) e "olhar caçador" quando vejo alguma rapariga que me atrai a atenção. No entanto, apesar de notar isso nestes 1ºs dias, eu tenho conseguido contornar ambas as situações embora as vivencie. De acordo com a minha 1ª experiência de reboot (e mais longa), posso dizer que o padrão mantêm-se e espero que mais para a frente eu consiga dominar totalmente estes comportamentos voluntários/involuntários...

Continuamos o caminho! Um grande abraço a todos! Amanhã cá estarei para mais um registo diário!

Maior sou e para maiores coisas nasci do que para ser escravo da minha carne.
Séneca
Boa noite! O caminho está traçado.
Siga com disciplina e determinação!
Grande abraço!

_______________________________________
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 6

em 7/6/2020, 21:56
Diário
Dia 6. 07.06.2020

Hoje foi mais um dia bastante tranquilo. Dediquei-me ao trabalho e também a algum lazer, sem grandes tentações ou pensamentos fraturantes. Por vezes surgem pensamentos furtivos mas rapidamente são abatidos. Estou disposto a levar isto até onde for. Cada vez tenho mais a certeza de que nunca mais quero isto na minha vida e que tudo o que eu puder viver aqui neste mundo será 1000 vezes melhor sem P, sem PMO e sem o excesso de imagens doentias e irreais que eu consumi nos últimos 15 anos. Vou continuar a lutar pela minha restauração pois sei que os efeitos de tantos anos desta realidade com certeza me acompanharão por longo tempo e serão sempre um gatilho na minha mente, mas eu me advirto a mim mesmo... Quando chegar esse momento eu vou destroçar esse teu impulso e vou vencer as tuas ânsias de adicto. Eu sei que andei na merda por muito tempo mas não é isso que me impedirá de me limpar completamente e seguir a minha vida como um Homem com H grande e não como uma criança presa a uma tela com a sua depravação secreta.

Força a todos e esperança! Hoje me sinto especialmente focado e confiante mas sei que não é sempre assim e que muitos de nós caem consequentemente mas quero apenas dizer que tenham fé e esperança e lutem como se o hoje fosse a última oportunidade da vossa vida. Eu estou a tentar fazer isso comigo pois realmente, quão triste seria morrer sem experimentar a liberdade desta porcaria! Um grande abraço a todos! Vamos vencer, acreditem em vocês!

“Você precisa criar calos no cérebro, da mesma forma que você cria calos nas mãos. Desenvolva calos na sua mente através da dor e do sofrimento."
David Goggins

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
avatar
deltagama_0236
Mensagens : 103
Data de inscrição : 11/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 7/6/2020, 23:15
Nós vamos conseguir!!!!



Parabéns velho, estamos no começo, mas vamos vencer.

_______________________________________










https://www.comoparar.com/t10510-diario-do-deltagama
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 8/6/2020, 05:32
deltagama_0236 escreveu:Nós vamos conseguir!!!!



Parabéns velho, estamos no começo, mas vamos vencer.

É isso mesmo! Força!

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.
Mahatma Gandhi

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 388
Data de inscrição : 21/03/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 8/6/2020, 07:05
VanGogh escreveu:Diário
Dia 6. 07.06.2020

Hoje foi mais um dia bastante tranquilo. Dediquei-me ao trabalho e também a algum lazer, sem grandes tentações ou pensamentos fraturantes. Por vezes surgem pensamentos furtivos mas rapidamente são abatidos. Estou disposto a levar isto até onde for. Cada vez tenho mais a certeza de que nunca mais quero isto na minha vida e que tudo o que eu puder viver aqui neste mundo será 1000 vezes melhor sem P, sem PMO e sem o excesso de imagens doentias e irreais que eu consumi nos últimos 15 anos. Vou continuar a lutar pela minha restauração pois sei que os efeitos de tantos anos desta realidade com certeza me acompanharão por longo tempo e serão sempre um gatilho na minha mente, mas eu me advirto a mim mesmo... Quando chegar esse momento eu vou destroçar esse teu impulso e vou vencer as tuas ânsias de adicto. Eu sei que andei na merda por muito tempo mas não é isso que me impedirá de me limpar completamente e seguir a minha vida como um Homem com H grande e não como uma criança presa a uma tela com a sua depravação secreta.

Força a todos e esperança! Hoje me sinto especialmente focado e confiante mas sei que não é sempre assim e que muitos de nós caem consequentemente mas quero apenas dizer que tenham fé e esperança e lutem como se o hoje fosse a última oportunidade da vossa vida. Eu estou a tentar fazer isso comigo pois realmente, quão triste seria morrer sem experimentar a liberdade desta porcaria! Um grande abraço a todos! Vamos vencer, acreditem em vocês!

“Você precisa criar calos no cérebro, da mesma forma que você cria calos nas mãos. Desenvolva calos na sua mente através da dor e do sofrimento."
David Goggins
Sua vitória, não é só sua, é nossa! Portanto, quando vence um dia com exito e deixa aqui seu testemunho, acabamos que todos vencemos um pouco contigo.
Perseverança, ilustre!
Um abraço! E obrigado pela orações e amparo...estou aqui para o que dê e vier também

_______________________________________
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 7

em 8/6/2020, 15:49
Diário
Dia 7. 08.06.2020

Hoje deixo o registo diário um pouco mais cedo. Foi e tem sido um dia um pouco aborrecido em alguns sentidos. A manhã foi bastante tranquila mas à tarde foi mais atribulado, mas não no sentido de PMO nem de tentações, felizmente. Acontece que estou a trabalhar num projeto que me comprometi em simultâneo com o meu trabalho laboral pois eu trabalho na área criativa e acumulo trabalho fora de horas. Hoje senti frustração, irritação e algum desânimo com esse projeto mas, apesar de me sentir pressionado e com algum stress emocional, eu sinto que isso foi muito positivo pois nestes momentos eu não pensei em PMO, nem em recorrer a nenhuma imagem erótica para compensar essa pressão emocional. Ainda por cima eu trabalho muito tempo no computador e hoje trabalhei em casa, portanto seriam muitas condicionantes que poderiam levar-me a uma recaída mas felizmente estou a conseguir, pouco a pouco, desviar os focos. Se no meu cérebro senti algum pequeno impulso, deverá ter sido tão pequeno que nem me recordo. Sinto-me desgastado intelectualmente pelo esforço de hoje e um pouco aborrecido mas feliz por estar a ser mais um dia limpo de PMO e de consumo de imagens eróticas ou edging e etc (que era recorrente).

Vou manter a firmeza até à noite e, se calhar, ainda cá passo para registar aqui algumas coisas.
Se não acontecer, espero encontrar-vos amanhã! Força!

Eu odiava cada minuto dos treinos, mas dizia para mim mesmo: Não desista! Sofra agora e viva o resto de sua vida como um campeão.
Muhammad Ali

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
Guerreiro de longa data
Guerreiro de longa data
Mensagens : 388
Data de inscrição : 21/03/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 9/6/2020, 17:28
VanGogh escreveu:Diário
Dia 7. 08.06.2020

Hoje deixo o registo diário um pouco mais cedo. Foi e tem sido um dia um pouco aborrecido em alguns sentidos. A manhã foi bastante tranquila mas à tarde foi mais atribulado, mas não no sentido de PMO nem de tentações, felizmente. Acontece que estou a trabalhar num projeto que me comprometi em simultâneo com o meu trabalho laboral pois eu trabalho na área criativa e acumulo trabalho fora de horas. Hoje senti frustração, irritação e algum desânimo com esse projeto mas, apesar de me sentir pressionado e com algum stress emocional, eu sinto que isso foi muito positivo pois nestes momentos eu não pensei em PMO, nem em recorrer a nenhuma imagem erótica para compensar essa pressão emocional. Ainda por cima eu trabalho muito tempo no computador e hoje trabalhei em casa, portanto seriam muitas condicionantes que poderiam levar-me a uma recaída mas felizmente estou a conseguir, pouco a pouco, desviar os focos. Se no meu cérebro senti algum pequeno impulso, deverá ter sido tão pequeno que nem me recordo. Sinto-me desgastado intelectualmente pelo esforço de hoje e um pouco aborrecido mas feliz por estar a ser mais um dia limpo de PMO e de consumo de imagens eróticas ou edging e etc (que era recorrente).

Vou manter a firmeza até à noite e, se calhar, ainda cá passo para registar aqui algumas coisas.
Se não acontecer, espero encontrar-vos amanhã! Força!

Eu odiava cada minuto dos treinos, mas dizia para mim mesmo: Não desista! Sofra agora e viva o resto de sua vida como um campeão.
Muhammad Ali
É isso VanGohg! Vigilância total.
Estou gostando bastante de sua assiduidade.
Deus abençoe vc nessa luta!
Conte com minhas orações!

_______________________________________
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 9/6/2020, 20:37
Guerreiro de longa data escreveu:
VanGogh escreveu:Diário
Dia 7. 08.06.2020

Hoje deixo o registo diário um pouco mais cedo. Foi e tem sido um dia um pouco aborrecido em alguns sentidos. A manhã foi bastante tranquila mas à tarde foi mais atribulado, mas não no sentido de PMO nem de tentações, felizmente. Acontece que estou a trabalhar num projeto que me comprometi em simultâneo com o meu trabalho laboral pois eu trabalho na área criativa e acumulo trabalho fora de horas. Hoje senti frustração, irritação e algum desânimo com esse projeto mas, apesar de me sentir pressionado e com algum stress emocional, eu sinto que isso foi muito positivo pois nestes momentos eu não pensei em PMO, nem em recorrer a nenhuma imagem erótica para compensar essa pressão emocional. Ainda por cima eu trabalho muito tempo no computador e hoje trabalhei em casa, portanto seriam muitas condicionantes que poderiam levar-me a uma recaída mas felizmente estou a conseguir, pouco a pouco, desviar os focos. Se no meu cérebro senti algum pequeno impulso, deverá ter sido tão pequeno que nem me recordo. Sinto-me desgastado intelectualmente pelo esforço de hoje e um pouco aborrecido mas feliz por estar a ser mais um dia limpo de PMO e de consumo de imagens eróticas ou edging e etc (que era recorrente).

Vou manter a firmeza até à noite e, se calhar, ainda cá passo para registar aqui algumas coisas.
Se não acontecer, espero encontrar-vos amanhã! Força!

Eu odiava cada minuto dos treinos, mas dizia para mim mesmo: Não desista! Sofra agora e viva o resto de sua vida como um campeão.
Muhammad Ali
É isso VanGohg! Vigilância total.
Estou gostando bastante de sua assiduidade.
Deus abençoe vc nessa luta!
Conte com minhas orações!

Muito obrigado, meu amigo Guerreiro!
É muito importante contar com seu apoio e suas orações!
Também orarei por você!

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
VanGogh
VanGogh
Mensagens : 62
Data de inscrição : 25/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Dia 8

em 9/6/2020, 21:36
Diário
Dia 8. 09.06.2020

Mais um dia limpo de PMO. Hoje acordei muito entusiasmado e animado, o trabalho correu bem e durante o dia não senti tentações nem quebrei nenhuma visualização furtiva de conteúdos despropositados. Mesmo no meu dia, no exterior, sinto mais controlo sobre mim na questão do olhar (aquele olhar que nós sabemos). Tenho falado regularmente com amigos/amigas, nem que seja somente para desejar bom dia ou enviar uma observação ou meme e sinto que essa interacção, mesmo à distância, me aproxima e mantém no "real", com emoções e sentimentos "reais" e afastado de ideias distorcidas e irreais. Tenho sentido que o trabalho que vou realizando no pós laboral (que é o que me realiza mais) está a ser mais valorizado e que vão surgindo novas oportunidades de me desafiar também profissionalmente, o que também é bom. Tenho tentado lidar com os meus medos e frustrações substituindo ao máximo por ideias positivas e, perante o medo, tenho tentado enfrentar e seguir caminho. Os meus dias têm momentos bons e maus, no entanto, estou a fazer uma gestão emocional do que me corre menos bem relativizando a situação e criando uma "almofada" emocional que me auxilie a não esmorecer pois isso é um bom combustível para recaídas. Sinto que até agora, e desde que comecei este novo reboot, tenho estado com a mente bem limpa e sinto que escrever este diário e ler as histórias de pessoas com o mesmo problema que eu me tem mantido mais desperto e mais consciente.

Sinto que ainda tenho muito a mudar mas estou confiante. Uma coisa eu tenho a certeza. Este é o caminho certo. Não quero voltar a desperdiçar o tempo de vida em mortes constantes pois eu estava a pactuar com a morte. Reparemos... A P* é algo extremamente absurdo, é algo anti-natural... As pessoas são usadas como um objeto e nós que temos ou tivemos experiência do que é ser viciado, temos a noção que nessa adição nós parecemos uns mortos-vivos... Parece que vamos perdendo a sensibilidade para o belo, para o amor... Perdemos o intelecto, pensamos mal.. a memória enfraquece a olhos vistos... A irritação toma conta de nós, sentimos ansiedade, desânimo...

Muitos de nós, incluindo eu, nem nunca tiveram uma experiência real de sexo ou se tivemos foi muito desprovida do sentido verdadeiro porque a nossa mente, inundada de ilusão, nos coloca expectativas absurdas que nunca terão correspondência. O nosso "sentir" é apenas baseado num momento orgásmico que nós esperamos que nunca termine, mas que termina sempre e da pior maneira. Todos nós sentimos o prazer da P, mas todos nós sentimos a angustia de sentir que não temos controle sobre nós mesmos, todos nós tivemos medo de nos perdermos completamente nisto, todos nós um dia choramos por termos fraquejado, todos nós já sentimos o que é estar presos numa prisão que só em nós existe.... Se existem momentos específicos para mudar algo, este é o momento. Aqui e agora! Não podemos esperar por logo, ou por amanhã, ou pela semana que vem. Ou pensar: "Vou parar" mas sempre com a ideia de que "mas um dia....." Esse foi, muitas vezes o meu erro...

Nós estarmos aqui já é um passo muito importante pois percebemos que algo não está bem, mas não basta. É preciso lutar muito, na solidão, nós connosco mesmos, para conseguirmos derrotar este inimigo. E o inimigo não é o mesmo em cada pessoa... Cada um tem o seu, mais ou menos forte. Cada um tem também as suas fraquezas e problemas e também com isso tem que lidar e gerir para se adaptar a esta luta! Eu acredito que nós venceremos... por muitas quedas que possam existir.. se houver humildade e verdade na luta, mais tarde ou mais cedo chegará o dia.... Chegará o dia em que não nos aperceberemos dos dias que já se passaram, em que os contadores deixarão de ter importância, em que nos sentiremos livres das amarras das nossas prisões.

As marcas serão visíveis mas serão apenas símbolos de um conjunto de escolhas do passado, símbolos de uma prisão criada por anos, símbolo de uma revolta e de uma vontade de mudança e a procura pela liberdade, e, finalmente, símbolo dessa mesma liberdade!

Força, amigos!

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas.
Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota.
Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas...

Sun Tzu

_______________________________________
 


---------------->     Diário de VanGogh     <----------------


Se você perdeu dinheiro, perdeu pouco.
Se perdeu a honra, perdeu muito.
Se perdeu a coragem, perdeu tudo.
Vincent Van Gogh


---------

Reboot:
02.06.2020 - 25.06.2020
26.06.2020 - ∞
avatar
deltagama_0236
Mensagens : 103
Data de inscrição : 11/05/2020

 Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo... Empty Re: Diário de Van Gogh - Vencendo o meu maior inimigo...

em 9/6/2020, 22:32
Na veia esta postagem!
Resumiu tudo que tinha que ser resumido Van Gogh.

Essa sensação de aflição, de correr atrás da PMO é horrível. É como um viciado atrás de seu vício. É horrível.

Muito bom tbm estares correndo atrás e dando certo cara. Parabéns!

_______________________________________










https://www.comoparar.com/t10510-diario-do-deltagama
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum