Gardenzio - Sim, nós podemos.

+31
marco meliodas
NogueiraJ
gabrielf
Libélula
Dekalke
Fenixnegra
Hayabusa
Krawk
eduxx
Jobim
Marcos081
Luan_
Spartacuz
General
Bardock
Master
Roentgen
Concurseiro_Louco
Bane
ace1990
The Batman
TemplariodaLuz
Drew
Francisco de Assis
Falcão-Campeãodoscampeões
luta diária
Kobscop
Aliócha
Fp36anos
Gardenzio
Kaneki
35 participantes
Ir para baixo
Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

31/1/2024, 19:51
Fenixnegra escreveu:Cara, o caminho tem altos e baixos. Mas saiba, apesar de dolorido, os vales são curados com o próprio tempo. Portanto, precisamos carregar conosco somente uma habilidade, a resiliência.

Sobre as DR´S, vale a pena ter uma conversa franca, madura de verdade, e parar para acertar. Não incida no risco de ignorár o problema, pois se tiver essa conduta ele aumentará cada vez mais

salve, manin! obrigado pela força e pela passagem!

a gente tem conseguido conversar melhor, graças a Deus... mas seguimos em frente. Nada melhor do que uma boa conversa para nos ajustar.

Abraço, bro!

marco meliodas escreveu:Boa sorte

valeu, guerreiro!

NogueiraJ escreveu:Grande Gardenzio, meus parabéns por estar se mantendo firme! Desejo de verdade que você possa continuar seguindo em frente!

Como o Fenixnegra falou, se esses desentendimentos leves tem sido recorrentes, então conversar com a outra parte sobre isso é muito importante. E, meu caro, eu não estou em um relacionamento nem sou a pessoa mais experiente no assunto, mas tome cuidado com essa questão. Discussões sempre haverão, do namoro ao casamento e após ele, fato. Mas os motivos, a frequência e a forma como vocês solucionam esses conflitos devem ser analisados, afim de que a decisão de permanecer no relacionamento seja consciente dos "prós e contras". Bom, estou apenas tentando contribuir de alguma forma por aqui.

É bom também saber que você continua orando! Convido-lhe a buscar ler a biblia também, assim você fala com Deus e Ele fala com você.

Sucesso, meu caro!

salve, meu querido nogueira! obrigado pela passagem e mensagem!

conversamos já à respeito disso, e acho que nos entendemos bem.

claro, mano, você sempre contribui com ótimas reflexões, bro. é sempre bom ouvir uma dica sua.

continuo orando sim, mano. quando não oro sinto falta e por isso mesmo não quero parar. Vou seguindo sempre em frente!

abraço e fica na paz, meu amigo!!

Kaneki escreveu:Olá amigo, respire fundo. Tenta ir ajeitando as coisas na calma e na conversa, feliz demais por sua evolução abçs.

salve, ilustre kaneki! é verdade, mano, uma conversa franca sempre ajuda.

obrigado pela força e pela passagem aqui. abraço!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

luta diária
luta diária
Moderador
Moderador
Mensagens : 2670
Data de inscrição : 07/04/2017
Idade : 46
Localização : Brasília

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

2/2/2024, 06:53
Olá Gardenzio.
Como vai meu irmão?
Estou sentindo falta das suas portagem.
Vai da tudo certo irmão, creio que nossa Vitória está perto, temos que ser fortes pra dizer não a esse vício maldito.

_______________________________________

Gardenzio, Rottweiler, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Jobim
Jobim
Mensagens : 218
Data de inscrição : 24/03/2019
Idade : 40
Localização : RS

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

2/2/2024, 09:31
Gardenzio escreveu:boa noite, senhores. tudo tranquilo?

então, passando rapidinho.

estou bem cansado, pois essa noite dormi menos pra me acordar cedo e ajudar a minha guria a sair cedinho de casa, pra trabalhar hoje. Ocorreu tudo tranquilo.

Ultimamente temos discutido por besteiras, e isso não está me deixando legal. Apesar de não brigarmos ou xingarmos um ao outro, todo final de semana é um desentendimento por uma besteira e eu já estou ficando bem cansado desse padrão ruim de relacionamento. Essa é a verdade.

A sensação que me vem é que vive-se num morde e assopra: qualquer mínima coisa que eu digo a ela é motivo para ela ficar emburrada e chateada. Yellow ou red flag na área... Apesar de eu ser um cara super de boa e paciente, eu não nasci aqui pra sustentar um relacionamento com esse padrão. Mas enfim, posso refletir melhor a esse respeito.

Aqui em casa as coisas têm se esfriado.

Hoje li um pouco do livro o Poder da Ação pela manhã.

de tarde a cremosa veio pra minha casa e saímos um pouco, fomos dar um giro pela cidade.

Vou orar e pedir a Deus para que eu sempre mantenha minha participação no fórum firme, pois sei que essa ilustre ferramenta faz parte do meu processo de recuperação.

A cada dia que passa, aos poucos, venho sentindo maior vontade de me conectar com o transcendente, e tenho orado praticamente todos os dias por pelo menos 15 min. Meu pai tbm sugeriu pra eu fazer uma meditação do hoponopono, e eu comecei. Parece ser bom, e parece-me que há alguma evidência científica à respeito, mas não tenho certeza dessa informação.

No mais, é isso. Vou seguindo um dia de cada vez.

Estou com bastante sono.

Abraço e fiquem na paz!

Olá Gardenzio, acabei vindo aqui no seu diário mais uma vez e é bastante interessante ler o que você escreve.
Eu entendo perfeitamente o que tens passado. Você passa isso no seu relacionamento e eu passo por isso no meu casamento, eu não sei se você está casado ou namorando mas independente disso eu te digo que quando eu estava ainda viciado e com caídas todos os meses, eu noto que isso prejudicava muito meus relacionamentos.
No meu caso agora é que estou casado e minha esposa é totalmente diferente de mim em tudo e isso serve de lição pra mim mesmo. Minha esposa vive parece que não tem alegria pra nada. Não estou exagerando e nem falando apenas a minha versão. É um problema que tenho que resolver por que antes de eu me casar eu tinha varias amizades com garotas e que a maioria delas eram pessoas alegres e descontraídas(nada de indecências).
Já minha esposa é uma pessoa esquisita demais, hoje não brigamos quase porém é um relacionamento sem alegria, e olha que sou um "moleque" no bom sentido, gosto de ser muito descontraído, de sorrir, de dar gargalhadas, sempre de bom humor mas com o tempo eu estou mudando muito depois que me casei. Ainda ontem eu escrevi em um determinado lugar que se um dia esse meu relacionamento acabar, serviu de lição pra eu tomar mais cuidado com quem me relacionar e querer casar, pra eu não dá um tiro errado ou no pé. Nem sei bem por que estou te falando essas coisas de minha vida aqui, talvez apenas um desabafo mesmo.
Deus te abençoe

_______________________________________


Gardenzio, luta diária, Rottweiler, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

2/2/2024, 18:58
luta diária escreveu:Olá Gardenzio.
Como vai meu irmão?
Estou sentindo falta das suas portagem.
Vai da tudo certo irmão,  creio que nossa Vitória está perto, temos que ser fortes pra dizer não a esse vício maldito.

Salve, meu irmão! tudo em paz, mano, e com vc?

hehe é verdade, passei um tempo sem postar aqui, mas entrei para ler alguns diários. Obrigado por reforçar isso, mano, pois sei que a passagem por aqui me ajuda demais, assim como o comentário no diário de cada rebooter.

Abraço, mano! Obrigado pela força!!

Jobim escreveu:Olá Gardenzio, acabei vindo aqui no seu diário mais uma vez e é bastante interessante ler o que você escreve.
Eu entendo perfeitamente o que tens passado. Você passa isso no seu relacionamento e eu passo por isso no meu casamento, eu não sei se você está casado ou namorando mas independente disso eu te digo que quando eu estava ainda viciado e com caídas todos os meses, eu noto que isso prejudicava muito meus relacionamentos.
No meu caso agora é que estou casado e minha esposa é totalmente diferente de mim em tudo e isso serve de lição pra mim mesmo. Minha esposa vive parece que não tem alegria pra nada. Não estou exagerando e nem falando apenas a minha versão. É um problema que tenho que resolver por que antes de eu me casar eu tinha varias amizades com garotas e que a maioria delas eram pessoas alegres e descontraídas(nada de indecências).
Já minha esposa é uma pessoa esquisita demais, hoje não brigamos quase porém é um relacionamento sem alegria, e olha que sou um "moleque" no bom sentido, gosto de ser muito descontraído, de sorrir, de dar gargalhadas, sempre de bom humor mas com o tempo eu estou mudando muito depois que me casei. Ainda ontem eu escrevi em um determinado lugar que se um dia esse meu relacionamento acabar, serviu de lição pra eu tomar mais cuidado com quem me relacionar e querer casar, pra eu não dá um tiro errado ou no pé. Nem sei bem por que estou te falando essas coisas de minha vida aqui, talvez apenas um desabafo mesmo.
Deus te abençoe

salve, jobim!

interessante saber de sua história, mano.

pois é, uma coisa que eu às vezes tbm penso é acerca de algumas diferenças que eu também tenho com minha parceira. apenas namoramos, mas vejo que temos algumas diferenças, afinal não somos as mesmas pessoas (graças a Deus! aushah). Mas a parada que eu acho é que, independentemente das diferenças serem ou não exorbitantes, é ponderar se essa diferença é, para mim, tolerável, tlgd?! Tipo, eu aceito e lido bem com essas diferenças ou isso me incomoda demais a ponto de eu não suportar viver assim?

São algumas perguntas que, às vezes, eu venho me fazendo e entendendo melhor.

Obrigado por compartilhar sua história. Desejo que você possa resolver e entender essas questões da melhor forma pra vc e pra sua esposa ; )

Abraço, meu amigo!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



NogueiraJ gosta desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty 45 days - part 1

2/2/2024, 19:11
02.02.2024, 19h09.

Boa noite, senhores!

Então, hoje estudei. Estudei todos os dias essa semana, apesar de hoje ter rendido menos do que eu gostaria.

Abriram provas de vários certames por aqui, e eu estou motivado para fazê-los todos.

Se aproxima a prova que estou me preparando há um pouco de tempo e devo admitir que a única preocupação que eu tenho e quero ter é em poder, nessa reta final de preparação, dar o meu melhor. Eu quero chegar depois da prova e pensar: "não sei qual será o resultado, mas eu de verdade dei o melhor que eu pude com as condições que eu tinha".

Devo admitir que, apesar de minha mente estar mais tranquila, calma, relaxada, do que antes, ainda me incomoda um pouco minha situação atual.

Início de ano eu pensei em dar uma procurada em empregos, me inscrevi em alguns e nada. Desmotiva. Agora nessa reta final e com outros concursos bons para mim, nem sei até que ponto é válido eu alocar minha energia procurando empregos, sabendo que se eu por ventura for chamado em algum eu estarei rezando para ser aprovado em um certame e logo pedir sair da iniciativa privada.

Enfim...

Uma parada interessante é que eu tenho me sentido muito mais focado. O relacionamento aqui em casa está ok, apesar de não estar 100% maravilhoso, mas pelo menos as discussões diminuíram significativamente.

E nesse quesito minha parceira me ajudou pra caramba. Ela me falou coisas que me ajudaram demais, e ela sempre esteve comigo. Foi esse comportamento dela, somado com algumas outras coisas, que me fazem querer estar com ela, porque sei que não é toda boyzinha que quer estar contigo ao teu lado, te apoiando, e que gosta de vc de verdade mesmo quando vc não pode oferecer absolutamente nada material em troca.

Hoje, apesar de eu ter sim alguma reserva fruto de abdicações que eu fiz, eu não tenho nada a oferecer pra minha guria. Não tenho carro, moto, apto, nem pra aula de dança tou indo mais porque se eu for pagar a mensalidade que é 100 contos de réis no final o orçamento vai dar vermelho. Em partes não posso reclamar de nada, pois pelo menos tenho aonde cair morto, mas por outro lado atualmente eu vivo para apenas estudar e, eventualmente, sair com a guria pra algo que não gaste muito... kk Tá f0da, mas sei que isso é provisório. O problema é que esse provisório está durando mais de 2 anos...

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, luta diária, Rottweiler, NogueiraJ, Falcão-Campeãodoscampeões e r308 gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty 45 days - part 2

2/2/2024, 19:36
02.02.2024, 19h12.

Aí tbm não dá pra dizer que eu não tenho notado benefícios.

Eu me sinto muito mais focado e centrado.

As discussões aqui em casa diminuíram 90%.

Bom, nisso é inegável, né, que é o reboot que tem promovido essas melhorias na minha vida.

Sim, por explicação científica, se o vício em pornografia afeta as regiões cerebrais responsáveis pelo controle executivo (ou seja, afeta o córtex pré-frontal), diminuindo a massa cinzenta dessa região, e consequentemente diminuindo os ramos de conexões nervosas dessa região (ou seja, diminuindo os neurônios responsáveis pela tomada de decisão, controle emocional, controle executivo, controle de impulsos, etc.), e se eu paro de alimentar meu cérebro com o conteúdo pornográfico, logo eu estou, aos poucos, recuperando meus cérebro às "configurações de fábrica".

Não sou neurocientistas, por isso n sei se cometi algum equívoco básico em termos, mas no geral a parada é essa aí.

Todos os dias, quase sem falhar, em tenho consumido o programa revert pela manhã.

Eu sinto naturalmente necessidade de meditar e de orar. Não sei se medito corretamente, ou se oro corretamente, mas é uma mistura de falar com Deus e falar com minha consciência, e planejar o dia, pedir coisas pra Deus e orientar a mente na direção daquilo que eu desejo.

Hoje minha guria veio aqui em casa e eu fiquei muito feliz d'ela ter vindo. Nós estávamos brigando por besteiras, mas ACHO que na terça-feira, qnd fui pra casa dela, podemos nos entender. Eu, de fato, já estava ficando bem chateado com a reação dela a algumas coisas, e dessa vez na terça eu acho que pude conversar com ela e ela reagiu de uma maneira bem mais saudável.

De todo jeito, eu mantenho o que eu penso, e não vou ficar aturando comportamentos semelhantes ao que ela fazia antes não. Não vou nem me estressar mais mesmo, porque quero minha paz e saúde mental, mas confesso que apenas 1 vez fiquei chateado, e para nunca mais repetir isso. Já falei com ela, e se ela ficar com carinha emburrada depois de eu dizer alguma coisa besta (sei que o que eu estou falando não é nenhum ofensa, ou controle de comportamento dela, ou crítica ao comportamento dela, muito menos algo machista em relação à roupa dela, à forma como ela fala, ou qualquer coisa que denote controle ou comportamento tóxico...) eu simplesmente dou o lavra. Apesar de gostar muito dela, e saber que ela tbm gosta muito de mim, é um tipo de comportamento que (1) não é maduro e (2) que no longo prazo tende a piorar.

Falando dela parece que eu sou um anjo perfeito, mas eu tbm tenho coisas a melhorar, e é legal que ela, ao se deparar com algo que não goste em mim e que eu não esteja vendo que não é legal, me diga e me faça saber, ao invés de ficar com cara emburrada.

Enfim, mas nesse quesito acho que nos entendemos bem, graças a Deus.

Eu passei muuuito tempo sozinho, só pegando gripes e resfriados, e acho que evoluí a um ponto de saber que eu não dependo de mulher para estar bem, e que há muitas mulheres por aí.

Eu só sei que hoje eu fiquei mt feliz ao vê-la e por ela ter vindo aqui em casa.

Ela vai fazer uma seleção de emprego, e eu queria muito muito do fundo do meu coração que ela passasse, por que ela saí do emprego atual dela, onde ela já não está satisfeita, e vai para um local que ela vai ganhar bem mais. Queria muito que isso acontecesse, muito de verdade, pois sei que vai ser melhor para ela em vários aspectos. Enfim, só me resta rezar e aguardar...

Ela faz mt coisa, ela pra mim é f0da por que faz coisa pra caramba e não fica reclamando de nada, diferente de minha mãe que tem muitas regalias e ainda disse que não aguenta mais viver com tantos afazeres... kk Às vezes parece brincadeira. A mãe está de férias, já se aposentou, está fazendo uma pós graduação, tem empregada que cozinha toda comida da semana pra ela, vai resolver as coisas dela de carro, e reclama que "está cheia de coisas e acha que está adoecendo do estômago ou da mente..." kk È pra se lascar ouvir uma parada dessa...

Minha guria está concluindo um mestrado, está estudando pra concurso, sai todo dia de casa às 6h30 da manhã de ônibus pra chegar às 18h, ainda tem que cozinhar toda a comida dela (pois ela n tem empregada), às vezes cuidar do filho que ainda é de menor, e eu nunca ouvi da boca dela uma reclamação da vida, a não ser se queixar do trabalho que pra ela está uma b*, mas ela está correndo atrás e buscando. Ela pra mim é f0da.  

Enfim... Tenho que cuidar de outros aspectos da minha psiquê...

E irei sim entrar aqui diariamente, como sempre, pois me faz muito bem. Às vezes não necessariamente publicando nos diários dos colegas, mas sempre entrando para aprender com vcs.

Abraço, manos!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, luta diária, Rottweiler, NogueiraJ, Falcão-Campeãodoscampeões e r308 gostam desta mensagem

Rottweiler
Rottweiler
Mensagens : 1898
Data de inscrição : 22/07/2019
Idade : 32

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

2/2/2024, 22:57
Parabéns pelos 45 dias!

Sucesso.
Flw.

_______________________________________
Reboot Atual:
https://comoparar.forumeiros.com/t13162p625-diario-do-rottweiler#418351

Em Reboot desde: 14/02/24



03 06 09 12
15
18 21 24 27 30
33 36 39 42 45
48 51 54 57 60
63 66 69 72 75
78 81 84 87 90







Gardenzio, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 7100
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 27
Localização : MG

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

3/2/2024, 10:20
Meus parabéns pelos 45 dias amigo abçs.

_______________________________________
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t13297-jornada-para-a-vitoria.

Contador:

Meta 13 dias

Gardenzio, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

4/2/2024, 19:27
Rottweiler escreveu:Parabéns pelos 45 dias!

Sucesso.
Flw.

valeu, meu brother! ; ) abraço!!

Kaneki escreveu:Meus parabéns pelos 45 dias amigo abçs.

valeu, manin! Abraço!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki e NogueiraJ gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

4/2/2024, 19:49
olá, meus amigos! tudo certo?

passando aqui nesse nobre recinto onde sinto um pouco de paz e tranquilidade em meio ao caos da quotidianidade.

então, seguindo, como sempre, um dia de cada vez.

ontem não postei aqui pois minha guria veio aqui pra casa, mas isso não deve servir como escusa de minha participação aqui.

pois bem, passei ontem e hoje com minha guria, dormimos juntos e esse final de semana foi muito bom. ela mudou bastante o comportamento dela diante de algumas coisas, e está bem melhor.

o que eu escrevi antes talvez possa ter dado a entender que eu sou um ser de luz perfeito e que só ela tem que mudar... não sei se foi o caso, mas se dei a entender isso, com certeza me expus muito mal nas palavras... Enfim, o fato é que eu sei, obviamente, que tenho muitos defeitos e que posso dizer alguma coisa que ela não fique satisfeita, ou que eu possa dizer algo que ela fique chateada. Sim, isso pode acontecer, por mais que não seja a minha intenção chateá-la. O ponto, porém, é que se por ventura eu fizesse isso, o ideal seria ela me comunicar e dizer o que eu fiz que não a deixou satisfeita. Não era assim, no entanto, a forma como ela vinha agindo. Mas ela mudou bastante essa semana mesmo.

Acho que estamos estreitando cada vez mais nossos mundos, e isso é positivo. A cada dia que passa eu tenho mais vontade de estar com ela, pois sinto que, não obstante seus defeitos (e não obstante os meus defeitos), ela é um porto seguro para mim, alguém com quem eu consigo acessar a paz e a tranquilidade.

Olha só, por acaso hoje, meio que "forçosamente", eu acabei conversando com ela sobre o vício em PMO. Confesso que eu não havia planejado falar com ela sobre isso antes de concluir um reboot, mas aconteceu. Eu a falei algumas coisas, um pouco da minha experiência com esse vício, expliquei algumas coisas pra ela, coisas sobre as quais com certeza ela não tem nenhuma noção (até porque, graças a Deus, ela não padece desse vício que eu tenho), e ela, apesar de ter me dito que achava estranho, entendeu e disse que estaria ao meu lado para me ajudar no que eu precisasse.

Enfim, a cada dia que passa eu sinto que eu quero mesmo estar mais com ela.

Sim, há algumas coisas que me fazem pensar sobre o futuro da nossa relação, mas já em 2 ocasiões importante ela se mostrou estar ao meu lado independentemente de qualquer isso e, convenhamos, não há demonstração de amor maior do que essa. Por isso que eu quero mais e mais estar ao lado dela.

Enfim, acho que é isso.

Vou seguindo, como sempre, um dia de cada vez. Um dia de cada vez, pois o único dia que eu tenho é o hoje, o único tempo que existe é o agora e o único momento que eu tenho é o momento presente.

"O único dia que eu tenho é o hoje, o único tempo que existe é o agora e o único momento que eu tenho é o momento presente." - Eu. Então a única coisa que conta e que importa é eu procurar fazer o meu melhor hoje com as condições que eu tenho.

Quero buscar crescer, aprender, evoluir e me desenvolver. Acho que é isso.

Amanhã quero acordar-me cedin para eu então poder estudar cedo.

Hoje saí pra andar de bike com a cremosa, e foi ótimo, pois fazia 1 mês que eu não andava de bike, em virtude de minha contusão 😪 Mas já estou melhorando 🙏🏽

No mais, é isso.

Tenho orado diariamente por pelo menos 15 min. É uma necessidade natural que venho sentindo.

Vou nessa. Fiquem na paz e um ótimo início de semana para nós.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, luta diária, Rottweiler, NogueiraJ, Falcão-Campeãodoscampeões e r308 gostam desta mensagem

avatar
Fenixnegra
Mensagens : 275
Data de inscrição : 10/07/2022

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

4/2/2024, 23:02
Gardenzio escreveu:olá, meus amigos! tudo certo?

passando aqui nesse nobre recinto onde sinto um pouco de paz e tranquilidade em meio ao caos da quotidianidade.

então, seguindo, como sempre, um dia de cada vez.

ontem não postei aqui pois minha guria veio aqui pra casa, mas isso não deve servir como escusa de minha participação aqui.

pois bem, passei ontem e hoje com minha guria, dormimos juntos e esse final de semana foi muito bom. ela mudou bastante o comportamento dela diante de algumas coisas, e está bem melhor.

o que eu escrevi antes talvez possa ter dado a entender que eu sou um ser de luz perfeito e que só ela tem que mudar... não sei se foi o caso, mas se dei a entender isso, com certeza me expus muito mal nas palavras... Enfim, o fato é que eu sei, obviamente, que tenho muitos defeitos e que posso dizer alguma coisa que ela não fique satisfeita, ou que eu possa dizer algo que ela fique chateada. Sim, isso pode acontecer, por mais que não seja a minha intenção chateá-la. O ponto, porém, é que se por ventura eu fizesse isso, o ideal seria ela me comunicar e dizer o que eu fiz que não a deixou satisfeita. Não era assim, no entanto, a forma como ela vinha agindo. Mas ela mudou bastante essa semana mesmo.

Acho que estamos estreitando cada vez mais nossos mundos, e isso é positivo. A cada dia que passa eu tenho mais vontade de estar com ela, pois sinto que, não obstante seus defeitos (e não obstante os meus defeitos), ela é um porto seguro para mim, alguém com quem eu consigo acessar a paz e a tranquilidade.

Olha só, por acaso hoje, meio que "forçosamente", eu acabei conversando com ela sobre o vício em PMO. Confesso que eu não havia planejado falar com ela sobre isso antes de concluir um reboot, mas aconteceu. Eu a falei algumas coisas, um pouco da minha experiência com esse vício, expliquei algumas coisas pra ela, coisas sobre as quais com certeza ela não tem nenhuma noção (até porque, graças a Deus, ela não padece desse vício que eu tenho), e ela, apesar de ter me dito que achava estranho, entendeu e disse que estaria ao meu lado para me ajudar no que eu precisasse.

Enfim, a cada dia que passa eu sinto que eu quero mesmo estar mais com ela.

Sim, há algumas coisas que me fazem pensar sobre o futuro da nossa relação, mas já em 2 ocasiões importante ela se mostrou estar ao meu lado independentemente de qualquer isso e, convenhamos, não há demonstração de amor maior do que essa. Por isso que eu quero mais e mais estar ao lado dela.

Enfim, acho que é isso.

Vou seguindo, como sempre, um dia de cada vez. Um dia de cada vez, pois o único dia que eu tenho é o hoje, o único tempo que existe é o agora e o único momento que eu tenho é o momento presente.

"O único dia que eu tenho é o hoje, o único tempo que existe é o agora e o único momento que eu tenho é o momento presente." - Eu. Então a única coisa que conta e que importa é eu procurar fazer o meu melhor hoje com as condições que eu tenho.

Quero buscar crescer, aprender, evoluir e me desenvolver. Acho que é isso.

Amanhã quero acordar-me cedin para eu então poder estudar cedo.

Hoje saí pra andar de bike com a cremosa, e foi ótimo, pois fazia 1 mês que eu não andava de bike, em virtude de minha contusão 😪 Mas já estou melhorando 🙏🏽

No mais, é isso.

Tenho orado diariamente por pelo menos 15 min. É uma necessidade natural que venho sentindo.

Vou nessa. Fiquem na paz e um ótimo início de semana para nós.

Cara, tua clareza mental é FODA!!

É realmente animador quando temos um porto seguro conosco. Uma mulher que nos dá tranquilidade. Isso deve ser muito valorizado.

Parabéns por contar a ela sobre o PMO. A minha tbm disse não entender muito e achar um pouco estranho. Mas, que compreende e está ao meu lado.

É isso, cara. Não existe perfeição em nenhuma relação humana. Mas, se te faz bem, tem que buscar preservar a cada dia mais bro!! Digo isso pq algumas vezes já pensei em cair em tentação e trair a minha mina, naquela ideia "estou novo, tenho que aproveitar. Afinal, todo mundo faz isso."

Porém, é um pensamento burro, pq a minha mina me traz tranquilidade, carinho, amor.
Se eu a traísse, perderia meu ponto de equilíbrio e ganharia vários problemas. Sim, problemas: gastar mais com mulher de rua, preocupar-me em garantir que eu sou o melhor entre os 1000 caras que estou disputando uma mina, pegar mulher doida, etc.

Ou seja, trocaria a mulher da minha vida por conta de problemas em forma de bct na rua

Gardenzio, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

NogueiraJ
NogueiraJ
Mensagens : 489
Data de inscrição : 22/01/2021
Idade : 22
Localização : Ceará

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

5/2/2024, 11:30
Gardenzio, meu caro, parabéns pelos dias conquistados!

Fico feliz em saber que seus relacionamentos (com sua mãe e com sua namorada) estão melhorando! Isso é ótimo!

Que bom saber que tens conseguido retornar com a pratica de atividade física. Não deveria ser uma opção para quem quer se ver livre do vício.

Desejo-lhe sucesso em seus empreendimentos profissionais! Continue seguindo em frente, irmão!

_______________________________________
NogueiraJ
Diário - Mente, Caráter e Personalidade!

Gardenzio e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

6/2/2024, 20:26
Fenixnegra escreveu:Cara, tua clareza mental é FODA!!

É realmente animador quando temos um porto seguro conosco. Uma mulher que nos dá tranquilidade. Isso deve ser muito valorizado.

Parabéns por contar a ela sobre o PMO. A minha tbm disse não entender muito e achar um pouco estranho. Mas, que compreende e está ao meu lado.

É isso, cara. Não existe perfeição em nenhuma relação humana. Mas, se te faz bem, tem que buscar preservar a cada dia mais bro!! Digo isso pq algumas vezes já pensei em cair em tentação e trair a minha mina, naquela ideia "estou novo, tenho que aproveitar. Afinal, todo mundo faz isso."

Porém, é um pensamento burro, pq a minha mina me traz tranquilidade, carinho, amor.
Se eu a traísse, perderia meu ponto de equilíbrio e ganharia vários problemas. Sim, problemas: gastar mais com mulher de rua, preocupar-me em garantir que eu sou o melhor entre os 1000 caras que estou disputando uma mina, pegar mulher doida, etc.

Ou seja, trocaria a mulher da minha vida por conta de problemas em forma de bct na rua

salve, bro! obrigado pela força, meu amigo.

vdd, ter alguém do nosso lado sempre fortalece nossa jornada. e minha guria nesse quesito me ajuda para caramba.

acabei falando para ela e, apesar d'ela ter achado estranho, ela me entendeu e disse que se por ventura eu quisesse pensar em algo, que eu ligasse pra ela.

devo admitir que ela me dá um gás a mais para que eu siga em frente, e que eu siga buscando ser uma pessoa melhor em todas as áreas.

é isso, manin! abraço e fica na paz!!

NogueiraJ escreveu:Gardenzio, meu caro, parabéns pelos dias conquistados!

Fico feliz em saber que seus relacionamentos (com sua mãe e com sua namorada) estão melhorando! Isso é ótimo!

Que bom saber que tens conseguido retornar com a pratica de atividade física. Não deveria ser uma opção para quem quer se ver livre do vício.

Desejo-lhe sucesso em seus empreendimentos profissionais! Continue seguindo em frente, irmão!

salve, meu querido nogueira! obrigado pela força e passagem, mano!

está melhorando sim, graças a Deus! e o reboot tem ajudado demais nesse quesito.

pois é, infelizmente ainda não posso voltar de vez para as ativ físicas, pois tive uma fratura no 5º metatarso (a msm fratura de neymar ... hehe) e uma entorse no tornozelo 🤦🏽‍� a idade chegando... kk Deus que me livre...

fica na paz, mano! grande abraço!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

7/2/2024, 18:02
07.02.2024

E aí, tranquilidade?

Eu vou buscando seguir.

Não queria fazer desse post um muro de lamentações, mas quero encontrar a solução.

Quero crer que as coisas mudaram e melhoraram. Passei mais de 1 mês sem discussões em casa, mas ontem vieram outras discussões e eu vim pra casa da minha guria.

Eu confesso que acho que não tem outra solução a não ser afastar-me da minha genitora.

A história de honrar pai e mãe é verídica, mas há que se falar numa verdade e na verdade de que pais e mães também podem ser carrascos na vida dos filhos. Essa não é uma regra, mas é uma possibilidade.

Eu acho que meu relacionamento com minha mãe não se sustenta mais. Eu não consigo conviver com uma pessoa (no caso, minha genitora) que acha que está certa em tudo, que sabe de tudo, que conhece A Verdade, e que acha que eu estou deturpando tudo, que eu estou equivocado em tudo, que eu distorço tudo, e que acha que apenas ela tem direito de sentir o que sente.

Minha guria sempre me apoiou, e depois q minha mãe resolveu contar pra minha guria o caos que é aqui em casa, minha guria sempre ficou do meu lado.

Eu não quero bancar aqui a vítima, ou o filho perfeito incorruptível. Eu errei tbm e, como tenho minha sanidade preservado, tenho ciência disso. Mas para minha mãe apenas ela está certa e eu sou o responsável por todo o caos de minha residência.

Engraçado que eu fui procurar um vídeo sobre mães narcisistas no YT, e acabei encontrando um vídeo da psicóloga Anahy D'Amico que fala justamente sobre esse tema. E lá no vídeo dessa psicóloga ela elencou talvez umas 12 características, e pelo menos umas 7 minha mãe se encaixa. Também em outra ocasião procurei um vídeo sobre gaslighting (que é uma forma da manipulação muito velada, mas que pode causar muita perturbação mental), e o psicólogo Marcos Lacerda (bastante conhecido hoje no YT) alencou 5 ou 6 características de gaslighting e pelo menos 4 batiam exatamente com o comportamento de minha mãe.

E se eu digo isso a ela, que é psicóloga? Ela diz que não é não, que quem é sou eu, e que eu não entendo as coisas direito ou que estou distorcendo as coisas, ou que me equivoco nas minhas conclusões.

é sempre esse p*taria. Eu pesquiso e estudo as coisas, observo que o comportamento dela é idêntico ao visto nos vídeos (comportamento esse descrito por profissionais da área de saúde mental, ou seja, por psicólogos) e ela diz que eu distorço as coisas. Carae, se eu fosse doente mental ou intelectual, aí blz, ela poderia dizer que eu poderia estar distorcendo as coisas. Mas para além de não admitir, ela diz que quem é sou eu (típico sinal de quem faz gaslighting).

Gaslighting é uma forma de manipulação bastante sagaz e às vezes sutil, mas que pode estragar a sanidade mental de uma pessoa que não se dá conta disso. Não sou psicólogo, portanto não sei se me atentei ipsis literis às classificações de gaslighting, mas essa forma de manipulação, dentre outras características, caracteriza-se justamente pelo comportamento de um manipulador que age, para citar 1 exemplo, de forma a prejudicar a vítima, e quando a vítima o questiona, o manipulador diz que "não é isso que está acontecendo, vc está enxergando as coisas de forma distorcida, você está equivocado com o que está concluindo". Baseia-se num filme antigo no qual o manipulador mexia em itens da casa de sua namorada/amante/esposa, e lhe fazia acreditar que tudo estava sob controle, fazendo-a acreditar que ela estava enxergando coisas que não existiam, quando na verdade ele estava sim alterando/furtando coisas da casa da mulher.

Bom, novamente, faz certo tempo que vi a definição disso, e não me ative às precisões conceituais pois no meu diário eu não estou escrevendo um paper para uma revista científica, mas grosso modo o gaslighting é isto aí, uma forma de manipulação velada, sutil e sagaz.

enfim, escrevi muito para concluir, na verdade, que o que minha namorada me disse está coberto de razão: minha genitora não vai mudar. "Ela não vai mudar, coloque isso na sua cabeça".

A mim cabe, relevar as coisas incongruente e as coisas que me incomodam, para o meu bem e minha sanidade mental.

Sim, eu me comportei de forma errada como um filho, falei palavras chulas a ela e agi de forma errada, mas muito antes de eu fazer isso com ela, ela me xingava e me chamava de idiota, de imbecil, apertava meu braço com suas unhas, e isso não aconteceu 1, 2 ou 3 vezes, mas sim várias e várias vezes, muito antes de eu saber também xingá-la e saber me defender das tapas e do tratamento "carinhoso" que ela me dava.

A verdade é essa aí, mas prescinde de maiores detalhes.

Eu já algumas vezes tentei sentar com ela me perguntar o que ela queria que eu fizesse para que nós pudéssemos estar bem. Quando fiz isso eu fiz o que ela me sugeriu a fazer: (1) terapia, (2) fazer uma oração de cura e libertação e (3) parar de usar palavras de baixo calão com ela.

Eu fiz tudo isso, mas lá em casa a única pessoa que tem que mudar sou eu. Ela precisa mudar? Não, afinal ela é imaculada concebida sem pecado; é uma segunda Maria; quase uma semi-deusa, perfeita; ou uma pitonisa, que conhece o Bem e o Mal, o Céu e as trevas, e que portanto sabe mais sobre mim do que eu mesmo.

Eu sinto que talvez eu precise pedir desculpas pelas merdas que eu fiz, mas como um pedido de desculpas a mim mesmo. Mas eu confesso que não tenho vontade de me reconciliar com ela. Já não sinto empatia da parte dela há muito tempo, e ela mesmo várias vezes disse que n me aguentava mais, que me achava chato, insuportável, que queria se ver longe de mim...

E ela é psicóloga, teóloga, filósofa e está fazendo uma pós em neuropedagogia.

Eu me pergunto pra que carvalho serve tanto conhecimento, quando nem 1% é aplicado na vida privada dela.

Já que minha namorada sabe do caos que é aqui em casa, e já que minha mãe conversou com minha namorada sobre esse caos, contando todos os detalhes, a minha namorada me disse que achava que minha genitora tinha muitos problemas ainda mal resolvidos. Pois é, a mesma coisa que eu sempre achei, mas minha genitora acha que quem tem problemas é apenas eu.

então assim, vei, eu confesso que eu já não sei muito o que fazer...

tenho buscado vídeos sobre psicologia para poder ter um certo equilíbrio mental, e tenho descoberto que apesar de hoje não poder me afastar fisicamente dela, eu posso me afastar mentalmente.

Eu gostaria mt do fundo do meu coração de resolver essa questão. Já fui a terapeuta, psicólogos, meu pai chegou lá em casa para conversar com minha genitora, eu, o esposo dela, e até aqui nada foi resolvido. Minha genitora inovou ano passado ao contar para minha namorada, e até aqui nada foi resolvido, e só tem piorado as coisas. Minha genitora acha que contar para Deus e o mundo resolverá as questões...

Eu estou num misto de p8to mas tbm me recuperando do caos, afinal estou longe da minha casa.

Quando viajei por 10 meses e fiquei longe de casa passei os 10 meses mais tranquilos de minha vida, pois estava longe dela. Não digo isso com ódio, mas simplesmente dizendo que foi sim tranquilo e em paz, afinal não tinha discussões fúteis dia sim dia não.

Eu já pedi desculpas a ela várias e várias vezes, e até das desculpas dadas ela questionava: "mas e essa desculpa é verdadeira do fundo do seu coração? pq para pedir desculpas vc tem que se arrepender de verdade, e eu não sinto que vc está arrependido de verdade". Sempre q eu pedia desculpas a ela era esse discurso de "tem que se arrepender de verdade e eu n acho q vc se arrependeu de verdade". Precisa dizer que, pqp, até pra pedir desculpas ela julga saber se quem está pedindo o está fazendo de coração verdadeiramente arrependido ou não.

então assim, na moral, a parada é buscar evoluir espiritualmente a um nível de Mahatma Gandhi ou Martin Luther King, ou qualquer espírito evoluído por aí.

Minha fé oscilou desde que conheci o reboot e desde a data de inscrição aqui no Fórum. Altos e baixos. Mas julgo que nunca perdi minha fé em Deus. Ainda assim, eu não julgo que o problema que tenho lá em casa é de ordem espiritual. De forma alguma. É de ordem emocional, tão somente emocional. Do contrário, eu preferiria acreditar que Deus n existe, afinal eu cresci na Igreja Católica, sendo acólito, indo para missas todos os sábados e ás vezes domingo, frequentando grupo jovem; a genitora tbm formou-se em teologia há uns 10 anos, sempre frequentou igreja desde que eu nasci e há 2 anos virou ministra de eucaristia. Com todos esses títulos laicos na igreja, ou Deus não existe e é uma fantasia, ou então o problema não é espiritual.

Eu já fiz oração de cura e libertação, já fiz terapia, e muito pouco ou quase nada mudou. "Há sempre a vontade humana no meio!". É verdade. Então o problema, novamente, não é espiritual, mas material, pois se há vontade humana, esta é mais emocional e material do que necessariamente predominantemente espiritual. Enfim...

Diante dela, todas as minhas falhas humanas são imperdoáveis. Ela lê livros bíblicos e conhece bem melhor do que eu a história de Paulo/saulo, soldado romano que se converteu ao cristianismo e que espalhou o cristianismo para o mundo greco-romano (justamente por ter cidadania romana e poder "circular" pelos territórios do Império com "livre acesso". Paulo perseguiu cristãos e matou alguns; Paulo foi conivente com a morte por apedrejamento de Estêvão, primeiro mártir da Igreja (que é inclusive o nome do meu avô, pai dela, Stefano) (imagina o que é ser morto [morto!] por apedrejamento? nem queiramos). Pois bem, Paulo, quando morreu crucificado de cabeça para baixo, foi depois considerado santo pela Igreja. O mesmo homem que matou e perseguiu cristãos, tem uns 9 livros escritos na Bíblia falando sobre sua conversão, a expansão do Evangelho pelas ilhas gregas/pelo mediterrâneo/pelo Império Romano, a formação das primeiras comunidades. Esse homem, que é hoje santo, e que tem uma história belíssima, foi perdoado por Deus por seus pecados, que não foram poucos nem pequenos. Mas para minha mãe - que crer no mesmo Deus que perdoou Paulo (São Paulo) e que perdoou um ladrão morto crucificado ao seu lado que não poderia fazer mais nada mais a não ser se arrepender e dar seu último suspiro de vida, e que perdoa todo e qualquer ser humano que se arrepende e que quer mudar - parece que minhas falhas são imperdoáveis (falhas essas que sequer "fazem cócegas" perto de outros falhas por aí...)...

Enfim, eu cansei.

cansei mas sei que as coisas mudam...

Hoje estou com 50 dias, e sei que as coisas não mudar do dia para a noite. Mas mudarão para melhor. Eu estou buscando ler, buscando cuidar mais da minha mente, e é o que venho fazendo nesses últimos 50 dias.

Ontem brigamos, é verdade, mas como falei antes, estávamos bem há mais de 1 mês. Era uma paz e tranquilidade semelhante à paz do período da Guerra Fria, mas estávamos em paz.

Pois bem, falando em Guerra Fria, que assemelhe-se a Guerra Fria mesmo. Já passamos pela crise dos mísseis de cuba e estamos mais próximos do término. Que assim seja.

Eu não sou responsável pelo desequilíbrio e pelas incongruências de minha mãe, não obstante ela queira sempre me ter como bode expiatório.

Eu tenho falhas sim, eu errei sim, mas ela tbm cometeu erros, erros muito antes de eu cometer os meus primeiros, afinal ela nasceu antes de mim. Eu não sou perfeito. Mas ela também tem sua culpa registrada no cartório, não obstante não queira reconhecer a sua firma. Talvez tenha até mais do que eu, afinal foi ela quem criou os imprints mentais quando eu nasci.

Mas, novamente, as coisas mudarão para melhor.

Preciso, porém, ter paciência.

Já passamos mais de 1 mês em paz, ou seja, conseguimos mudar o que antes era difícil. Mas nem todo progresso acontece em linha reta.

Sei que pode ter sido pesado, mas da mesma forma que eu escrevi antes que estávamos bem em casa, escrevei isso aqui novamente em breve.

Já que meu pai tbm sabe do caos, eu falarei com ele para conversar com minha mãe e eu pedir desculpas a ela. Mas só fá-lo-ei desde que ela me ouça, coisa que ela quase nunca fez.

Acredite na mudança e acredite que as coisas vão mudar. Faça a sua parte e não perca o controle das coisas. Nós somos os responsáveis pela nossa vida, e nós fazemos da nossa vida o que nós quisermos.

Como diria Jean Paul Sartre (João Paulo Sartre): "Não é o que fizeram de mim. Foi o que eu fiz do que fizeram de mim".

Viva e mude. E mude para melhor.

Um passo de cada vez vou seguindo.

graças a Deus o cosmo ou Deus me presenteou com uma parceira magnífica que está sempre ao meu lado, sempre esteve e que eu mereço honrar todo o bem que ela sempre me fez desde que eu a conheci em 24 de novembro de 2022 em ocasião de um jogo do Brasil na escola de dança. Bendito foi aquele dia e que eu conheci essa mulher parceira pra carvalho. Ela não é perfeita, erra também e tem seus chiliques, mas no geral sempre me apoiou e esteve ao meu lado. Eu sinto que ela me ama de verdade, e eu também quero fazer isso por ela.

Vou seguindo.

"Não é o que fizeram de mim. Foi o que eu fiz do que fizeram de mim".

Sabe qual é a outra boa nova? Foca na solução, e não no problema.

Foca na solução.

Qual é a solução?

Foque NA SOLUÇÃO. A solução do problema é a chave. Todo problema é solucionável, desde que se esteja vivo e respirando.

Vou seguindo, um dia de casa vez.

Levante sempre a cabeça, e mire no alto. Adversidades fazem parte da vida. É a nossa reação diante das adversidades que fazem toda diferença.


_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Rottweiler e NogueiraJ gostam desta mensagem

Kaneki
Kaneki
Moderador
Moderador
Mensagens : 7100
Data de inscrição : 27/10/2015
Idade : 27
Localização : MG

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

7/2/2024, 22:15
Parabéns pela disciplina amigo, fico feliz demais por estar evoluindo em sua jornada, abçs.

_______________________________________
MEU DIÁRIO: https://www.comoparar.com/t13297-jornada-para-a-vitoria.

Contador:

Meta 13 dias

Gardenzio, Rottweiler, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Theo Becker
Theo Becker
Mensagens : 281
Data de inscrição : 09/11/2014
Idade : 32

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

8/2/2024, 00:01
Parceiro tu não envelhece é impressionante!
Seu diário é tão velho quanto o meu e tu nunca chega nos 30!
Não sei se tu estás mesmo na Itália, mas vou tentar tirar minha cidadania italiana em breve.
Não pretendo mudar para a Itália, só ter caso um dia ganhe na mega e passe aí para comer um macarrão.
Tem muita mulher bonita aí?

Quanto a questão da sua casa apoio totalmente a sua decisão, só não abandone completamente sua mãe, se ela precisar dê um suporte!

Bora bater esses 90d sem PMO! Dessa vez vai!

_______________________________________
"A disciplina te leva a lugares que a motivação não alcança"

Gardenzio, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

9/2/2024, 07:38
bom dia, mano.

oh, rapidinho.

passei aqui quarta e relatei algumas coisas. confesso que na quarta-feira, depois de ter passado aqui e relato algumas coisas, e também depois de ter lido o livro "O Poder da Ação", eu me senti com a mente mais aliviada e tranquila.

O ponto é o seguinte. O programa revert, num de seus módulos, fala que um dos sintomas do vício em PMO é haver relacionamentos doentios. Pois, eu tenho um relacionamento tóxico com minha mãe.

Outro ponto é que lembro-me bem quando fiz o reboot em 2018 (já faz teeempo...) que, apesar d'ela não ter mudado, EU havia mudado, e as coisas, por essa razão, haviam mudado. EU foquei no meu crescimento pessoal e emocional, e aprendi a ter mais paciência com minha mãe, por mais que ela continuasse sendo essa pessoa difícil que sempre foi.

Eu passei mais de 1 mês sem ter embates com ela, e isso aconteceu sobretudo porque eu decidi parar de ficar pontuando as hipocrisias e incoerências dela (que existem) e simplesmente segui minha vida. Também foi isso q minha guria me falou, e minha guria está coberta de razão. Do que minha guria me falou, eu entendi que eu preciso parar de focar no comportamento dela e focar na minha vida, para o meu bem.

"A melhor vingança para um inimigo é tratá-lo de forma diferente da que ele o tratou" foi a frase atribuída ao imperador Marco Aurélio que ontem ouvi e que, apesar de ainda não ter atingido tamanha evolução espiritual e emocional para fazê-lo, irei buscar fazer esse exercício. De fato, as pessoas mais nobres comportam-se de forma diferente de seus malfeitores, mas geralmente o fazem distantes deles, e não inseridos no mesmo ambiente. Mas enfim...

Desde terça estou aqui na casa de minha namorada, e gostaria de voltar para casa, afinal é onde tenho minhas coisas, estou com saudades dos meus dogs, e também porque não tenho dinheiro para ficar aqui e ficar fazendo compras. Na minha casa pelo menos tem comida, e aqui, por mais que minha guria trabalhe, é a casa dela, e ela n tem nenhuma obrigação pra ficar me bancando (e mesmo se quisesse ou pudesse, pra mim seria escroto demais...).

Enfim...

Eu entendo e observei empiricamente que o relacionamento tóxico e doentio com minha mãe melhora quando eu faço o reboot. Hoje eu não tenho mais dúvidas disso pois, como já escrevi algumas vezes antes, dado que o vício afeta as regiões do córtex pré-frontal - que são justamente as regiões responsáveis pelo controle executivo, por controle de emoções, pelo controle de impulsos, pela tomada de decisão acertada - causando a hipofrontalidade (ou seja, grosso modo, hipofrontalidade pode ser entendida como a fraqueza da região pré-frontal do cérebro), logo é extremamente esperado que um viciado em PMO reaja com raiva, com desequilíbrio, sem pensar muito, reaja por impulsos, e por aí vai.

Todas essas minhas reações que me incomodam são única e exclusivamente frutos do vício em pornografia, pois quando eu estava limpo eu não reagia dessa forma.

É, admitir as falhas nos faz humanos, e eu sempre fui humano, sempre busquei admitir meus erros, por mais que possam parecer humilhantes e constrangedores, mas sempre busquei seguir e evoluir.

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



NogueiraJ, Fenixnegra e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

9/2/2024, 07:48
Atualmente, apesar de saber que tenho tempo disponível ao longo do dia, sinto-me como se estivesse com vários e vários afazeres sem conseguir dar conta de todos. A sensação é de a vida estar desorganizada quase que por completo, por mais que ela esteja voltando aos trilhos aos poucos.

Sim, sinto que a vida está voltando aos trilhos, mas esse processo requer paciência, afinal tudo isso que vivo é fruto dos últimos 4 anos que passei consumindo pornografia, e não serão em 2 meses que eu ajeitarei tudo que está em desordem.

Por isso, percebam e perceba, pornografia é grave, jow. É pesada. Não é irrelevante ou inofensiva. A indústria pornográfica e o consumo de pornografia causam muitos e muitos prejuízos na sociedade e em quem consome.

Dia 25 tenho prova e adotei agora o modo resolver questões, q era justamente o que eu não vinha fazendo nos outros certames. Daqui até o dia 5 de maio, farei 5 provas distintas, ao final totalizando 11 provas. Está mais perto do que longe, afinal a média de reprovações até a aprovação gira em torno disso aí mesmo.

Enfim, quero muito fazer a minha parte, e gostaria de pedir a Deus discernimento, luz, sabedoria, gostaria tbm que Deus tomasse posse de minha caneta e marcasse todas as assertivas corretas na prova (contém ironia... kkk). Enfim, eu fiz a minha parte, e também estou fazendo, e nessas últimas 2 semanas quero revisar o máximo que eu puder. Dar meu máximo, e me preparar para a discursiva tbm.

Gostaria de voltar a estudar política, ler livros sobre, mas vejo que minha saúde mental é a coisa mais importante do momento.

No mais, acho que é isso.

Depois de quarta senti o quão importante é ter um diário e colocar nele seus pensamentos, reflexões, angústias, alegrias, etc... Esse diário me faz muito bem.

Enfim.

Que eu seja o senhor do barco da minha vida, e que reforce o entendimento que aonde eu estou hoje é fruto de minhas decisões passadas; aonde eu estarei no futuro será fruto das minhas decisões no presente. Luz, sabedoria e discernimento para que as decisões sejam sempre acertadas.

É mt ruim estar com pouca grana e n fazer o que se quer.

Mas enfim...


Última edição por Gardenzio em 9/2/2024, 09:34, editado 2 vez(es)

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



luta diária, Rottweiler, NogueiraJ e Falcão-Campeãodoscampeões gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

9/2/2024, 07:56
Kaneki escreveu:Parabéns pela disciplina amigo, fico feliz demais por estar evoluindo em sua jornada, abçs.

valeu, manin! fica na paz!

Theo Becker escreveu:Parceiro tu não envelhece é impressionante!
Seu diário é tão velho quanto o meu e tu nunca chega nos 30!
Não sei se tu estás mesmo na Itália, mas vou tentar tirar minha cidadania italiana em breve.
Não pretendo mudar para a Itália, só ter caso um dia ganhe na mega e passe aí para comer um macarrão.
Tem muita mulher bonita aí?

Quanto a questão da sua casa apoio totalmente a sua decisão, só não abandone completamente sua mãe, se ela precisar dê um suporte!

Bora bater esses 90d sem PMO! Dessa vez vai!

uahsuaushahsuahu Envelheço não, bro. Eu fico é mais maduro, velho não... kk

cara, gostaria mt de estar na itália. acordo-me e vou dormir pensando nisso e quando não o faço é pq talvez os afazeres tomam conta da mente. mas eu sinto falta de lá.

top! vc vai tirar a sua lá? o processo aqui no Brasil é demorado demais. Por acaso conheci um cara que me ajudou com uns processos por aqui mesmo, mas depois ele sumiu. Mas pelo menos me ensinou a fazer o agendamento, pois eu n saberia mexer no sistema sozinho. melhor seria fazer lá mesmo (que talvez seja o q tu estás querendo fazer), a parada só é que é mais custoso, né... e também vc tem que ter disponibilidade de ficar pelo menos uns 3 meses fora do trabalho... mas podendo fazer dessa forma, vale mais a pena.

qnd eu fui, tinha mulher gata, mas n sei se dá pra dizer que é a regra. vez ou outra vc encontra alguma feinha (kk), mas no geral pra mim elas são bonitas sim.

seguindo firme e forte, mano! fica na paz!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, NogueiraJ, Falcão-Campeãodoscampeões e Libélula gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

10/2/2024, 20:37
vou seguindo um dia de cada vez.

hoje voltei pra minha casa, falei com meus cães.

poxa, na real eu estou negligenciando demais meus cães e fico dizendo isso mas não faço nada à respeito.

Confesso que a preocupação com a prova me impede um pouco de colocar ordem nas coisas que realmente importam, mas irei fazer a minha parte.

é verdade que as coisas não mudarão em 2 meses se elas ficaram negligenciadas durante 4 anos. as mudanças acontecem, porém gradativamente.

eu estou numa fase que eu gostaria tanto de estar aprovado e poder dizer: "passeeeei nessa pohaaa". A vontade que me veio agora foi essa, mas sei que tenho que ter pé no chão e continuar firme no meu propósito, estudando o que precisa ser estudado e fazendo a minha parte.

hoje saí pra dar um giro de bike com minha cremosa, e acabamos nos encontrando na rua com uma amiga dela, que é servidora pública. ela estava trabalhando durante o carnaval. Bateu-me a mesma vontade de ser servidor público como ela. Enfim, pensamentos aleatórios...

Quero orar, pedir a Deus, voltar meu coração ao transcendente. Eu tenho tido mais vontade de fazer isso.

O que falta mais é organização de vida, gestão emocional, gestão de tempo, e desenvolvimento pessoal. É isso que tem faltado na minha vida.

poxa bicho, eu passei 4 dias juntos com minha namorada. e em cada conversa que a gente tinha e as coisas que a gente conversava, e as coisas que ela me dizia, me fazem cada vez mais escolher ficar com ela.

uma coisa bacana é que ela parou com os chiliques dela por besteira, até pq se ela tivesse continuado eu não ia ficar aturando mesmo não. Enfim, eu falo dela mas eu tbm tenho consciência de que eu tenho coisas para melhorar e eu irei me esforçar nesse quesito.

enfim, eu não tenho dúvidas que ela é um anjo na minha vida. meu melhor presente.


_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, Rottweiler e NogueiraJ gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty 55 dias

12/2/2024, 11:38
12.02.2024

Tenho ultimamente pesquisado um pouco sobre mães narcisistas. Dizer a minha genitora, porém, que ela é narcisista é uma gigante perda de tempo, e foi isso que aprendi empiricamente e foi isso que ouvi ontem de uma psicanalista cujo canal trata sobretudo acerca de mães narcisistas.

Dei uma pesquisada breve e a maioria das características de mãe narcisista encaixam-se no comportamento de minha genitora, mas, novamente, se eu disser que ela é narcisista ela dirá que eu estou equivocado, que eu distorço as coisas, que eu não entendo as coisas direito.

Ontem busquei na AI da microsoft e o resultado que me retornou foi esse:

Características de uma mãe narcisista:

Desses pontos, ela possui quase todos, senão todos. A única possível exceção seria a "comparação e preferência explícita", dado que não tenho irmãos, mas o restante ela possui. Mas o mais forte de todos é a arrogância e autoimportância: ela sempre se acha certa em absolutamente tudo, o que é humanamente impossível. Humanamente (a menos que ela realmente seja uma semi-deusa e aí não se encaixe nesse caso), pessoas acertam em algumas coisas e erram em tantas outras. É isso o que faz o humano ser humano: errar e aprender com os erros para então poder acertar, e depois errar um tanto mais e acertar outro tanto em outras coisas. Mas diante dela ela é a dona da verdade, está sempre certa e eu estou sempre errado, sempre distorço e sempre estou equivocado. É possível algo do gênero?

Ontem via um vídeo de Virginia Coser, que é psicanalista, e ela dizia que em alguns casos é necessário fazer contato zero. Pois é o que eu venho fazendo há um tempo, mesmo sem saber que a recomendação em alguns casos é fazer contato zero.

Enfim. Qual o meu propósito escrevendo isso aqui? Entender o que eu vivo.

Entender gera poder para mudar.

Enfim... Não posso dizer que esgotei o entendimento das coisas e que fecho um diagnóstico do problema, afinal não sou psicólogo, psiquiatra, neurocientista, ou afins. Mas que estou entendendo melhor algumas coisas isso sim é verdade. Até porque também não posso concluir algo e assumir certeza tendo vista apenas alguns vídeos e alguns artigos na internet, mas isso reforça sim minha hipótese de que minha genitora é narcisista e que ela sim me causa muito mal do ponto de vista emocional. É uma hipótese, e não estou afirmando que essa minha hipótese é verdadeira, apesar de suspeitar que essa é a probabilidade mais plausível. Mas ainda estou investigando e buscando a Verdade.

Minha genitora também me diz que EU sou narcisista e, pelo bem da Verdade, eu também vou investigar essa afirmação dela. Engraçado que minha genitora abre a boca para falar de mim com uma facilidade enorme, mas quando eu, depois de pesquisar e ponderar, digo que ela é igual ou pior, ela diz que eu entendo as coisas errado... Típico de quem é manipulador, arrogante e autocentrado.

Mas também aprendi com Virginia Coser que eu não devo adotar a postura de vítima das circunstâncias. A melhor coisa a se fazer na minha situação - que é de coabitar ainda com minha genitora - é evitar ao máximo discussões e debates, tentando apontar os erros de conduta dela, afinal ela nunca admitirá que realmente faz o que faz. Nunca admitirá. E quando eu busco entender o narcisismo dela que existe é justamente para eu entender que o problema NÃO está em mim, e sim nela, apesar de ela querer me responsabilizar sobre todas as coisas ruins que acontecem lá em casa e de todas as discussões que tenho.

Ontem conversei um pouco com minha guria, e falei a ela que quando eu tiver condições financeiras de me afastar de minha genitora eu terei de fato um livramento de minha vida. Tendo buscado entender melhor minha situação, e tendo ultimamente encontrado alguns indícios de que, sim, minha genitora me causa muito mal emocional, dizer que estou tendo um livramento não é nenhum exagero e nenhum a atitude amoral ou anti-ética.

O ponto é que, apesar de que há sim muitos genitores bons e que amam os filhos e que fazem de tudo para o bem deles, também há pais que são tóxicos e que causam mal. Psicopatas, por exemplo (e não estou afirmando q minha genitora é psicopata), podem gerar filhos, pois, a menos que tenham alguma doença sexual para além da doença mental, eles não são estéreis apenas em virtude do desequilíbrio mental que possuem.

Então, diante de tudo isso exposto, a Virginia Coser sugeriu que a melhor coisa a se fazer é evitar ao máximo o contato com ela. Mas eu ainda quero ficar na minha casa, pois sinto falta dos meus cães e quero ficar na minha casa, afinal aquele apto também é meu de direito.

Engraçado que falando em moradia, toda casa ou todo bem qualquer que pertença a um genitor emocionalmente equilibrado e saudável também pertence ao filho, não é mesmo? Se eu, por exemplo tenho uma bicicleta, apesar de eu tê-la comprado, também será ela do meu filho, afinal tudo que é meu é também dele, e tudo que é meu é de minha esposa. é isso o que eu acho e foi tbm isso que ouvi de Virginia Coser, que é profissional da área de saúde mental, e que inclusive minha mãe conhece o trabalho dela e talvez até segue seu canal. Mas para minha mãe não, aquele apto, que hoje possuímos fruto do relacionamento com meu pai, é só dela.

Enfim, eu espero sim continuar entendendo melhor essa minha situação, afinal conhecimento é poder, como diria Francis Bacon (mais conhecido como Chico Toicinho), mas espero também esgotar essa discussão por aqui.

A verdadeira atitude, depois de compreendendo a situação, é assumir a responsabilidade de minha vida e "jogar o jogo com as cartas que me foram dadas". ACHO que sei um pouco mais "jogar meu jogo" da vida, e portanto estou mais munido de ferramentas que me possibilitarão ter um pouco mais de serenidade.

Variações súbitas de humor é uma características sempre presente em minha genitora, e caberá a mim identificar e saber lidar com essas coisas. Ela não mudará, como disse minha guria, e eu, portanto, novamente, preciso "jogar o jogo com as cartas que me foram dadas". Não adianta eu agora ficar o tempo todo me queixando.

O melhor que eu faço para mim é, de fato, manter-me o máximo possível longe de casa, ir para lá apenas para dormir e cuidar de meus cães.

Empatia dela eu já não tenho há muito tempo.

Cabe a mim, novamente, focar e cuidar das coisas mais importantes: meu reboot (que é minha prioridade) e minha independência financeira.

Conhecimento é poder, e quero buscá-lo mais e mais, na medida do possível.

Acho que, no mais, é isso.

Ah, focar no reboot é o que eu quero mais e mais. Focar em consumir o programa revert, e participar do Fórum (seja atualizando meu diário ou participando no diário dos demais camaradas) é a coisa mais importante para mim.

Ontem eu vacilei um pouco com relação aos gatilhos, e soube perceber bem que isso se deu justamente pelo fato de eu estar diminuindo a minha frequência de participação aqui no Fórum, deixando de atualizar meu diário e participar no dos demais camaradas. Já ajustei os bloqueadores e também quero ajustar minha mente sempre e cada dia mais. Sem dúvidas, ter um diário e colocar nele meus pensamentos me dá muito mais sanidade mental para seguir com o dia a dia.

Abriram alguns concursos que quero fazer, pois pagam relativamente bem e a carga horária é até mais reduzida do que o da PC. Nesse caso, dado que estou estudando para o da PC por conveniência e oportunidade (critérios tbm aplicáveis a adm pública) e não necessariamente por sonhar com o cargo, é mais conveniente e oportunista eu tbm continuar estudando para esse outro que abriu, pois tenho tempo hábil para estudar e consigo aproveitar as matérias que já estava estudando e só estudar mais 1 nova. Não farei o CNU pois ali nenhum cargo me chamou a atenção, e tbm por que abriu esse outro concurso.

Se eu dissesse que mantenho-me 100% motivado todos os dias eu estaria mentindo, mas no fundo do fundo eu também sei e reforço o entendimento de que estou plantando minhas sementes, e essas sementes brotarão. Espero que seja igual a um bambu-chinês, que quando geminado demora 5 anos para aparecer, mas quando ele aparece, ele cresce em 6 semanas até atingir 25 metros de altura.

"A história do bambu chinês é um lembrete poderoso para manter o foco, a persistência e a fé. Não importa quão desafiadoras as coisas possam parecer agora, lembre-se de que você está apenas construindo suas “raízes”. E quando chegar a hora certa, você também crescerá rapidamente e alcançará grandes alturas." (fonte: A Lição do Bambu Chinês: Uma História de Persistência e Crescimento)

O que eu desejo muito é poder melhorar de situação. Mas ao mesmo tempo preciso ter ciência e "pé no chão" para saber que desejo não move nada. O que move as coisas é a ação.

"Tem poder quem age." - Paulo Vieira

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, Rottweiler, NogueiraJ, ace1990 e r308 gostam desta mensagem

ace1990
ace1990
Mensagens : 160
Data de inscrição : 21/07/2023
Idade : 27

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

13/2/2024, 14:42
Gardenzio escreveu:12.02.2024

Tenho ultimamente pesquisado um pouco sobre mães narcisistas. Dizer a minha genitora, porém, que ela é narcisista é uma gigante perda de tempo, e foi isso que aprendi empiricamente e foi isso que ouvi ontem de uma psicanalista cujo canal trata sobretudo acerca de mães narcisistas.

Dei uma pesquisada breve e a maioria das características de mãe narcisista encaixam-se no comportamento de minha genitora, mas, novamente, se eu disser que ela é narcisista ela dirá que eu estou equivocado, que eu distorço as coisas, que eu não entendo as coisas direito.

Ontem busquei na AI da microsoft e o resultado que me retornou foi esse:

Características de uma mãe narcisista:

Desses pontos, ela possui quase todos, senão todos. A única possível exceção seria a "comparação e preferência explícita", dado que não tenho irmãos, mas o restante ela possui. Mas o mais forte de todos é a arrogância e autoimportância: ela sempre se acha certa em absolutamente tudo, o que é humanamente impossível. Humanamente (a menos que ela realmente seja uma semi-deusa e aí não se encaixe nesse caso), pessoas acertam em algumas coisas e erram em tantas outras. É isso o que faz o humano ser humano: errar e aprender com os erros para então poder acertar, e depois errar um tanto mais e acertar outro tanto em outras coisas. Mas diante dela ela é a dona da verdade, está sempre certa e eu estou sempre errado, sempre distorço e sempre estou equivocado. É possível algo do gênero?

Ontem via um vídeo de Virginia Coser, que é psicanalista, e ela dizia que em alguns casos é necessário fazer contato zero. Pois é o que eu venho fazendo há um tempo, mesmo sem saber que a recomendação em alguns casos é fazer contato zero.

Enfim. Qual o meu propósito escrevendo isso aqui? Entender o que eu vivo.

Entender gera poder para mudar.

Enfim... Não posso dizer que esgotei o entendimento das coisas e que fecho um diagnóstico do problema, afinal não sou psicólogo, psiquiatra, neurocientista, ou afins. Mas que estou entendendo melhor algumas coisas isso sim é verdade. Até porque também não posso concluir algo e assumir certeza tendo vista apenas alguns vídeos e alguns artigos na internet, mas isso reforça sim minha hipótese de que minha genitora é narcisista e que ela sim me causa muito mal do ponto de vista emocional. É uma hipótese, e não estou afirmando que essa minha hipótese é verdadeira, apesar de suspeitar que essa é a probabilidade mais plausível. Mas ainda estou investigando e buscando a Verdade.

Minha genitora também me diz que EU sou narcisista e, pelo bem da Verdade, eu também vou investigar essa afirmação dela. Engraçado que minha genitora abre a boca para falar de mim com uma facilidade enorme, mas quando eu, depois de pesquisar e ponderar, digo que ela é igual ou pior, ela diz que eu entendo as coisas errado... Típico de quem é manipulador, arrogante e autocentrado.

Mas também aprendi com Virginia Coser que eu não devo adotar a postura de vítima das circunstâncias. A melhor coisa a se fazer na minha situação - que é de coabitar ainda com minha genitora - é evitar ao máximo discussões e debates, tentando apontar os erros de conduta dela, afinal ela nunca admitirá que realmente faz o que faz. Nunca admitirá. E quando eu busco entender o narcisismo dela que existe é justamente para eu entender que o problema NÃO está em mim, e sim nela, apesar de ela querer me responsabilizar sobre todas as coisas ruins que acontecem lá em casa e de todas as discussões que tenho.

Ontem conversei um pouco com minha guria, e falei a ela que quando eu tiver condições financeiras de me afastar de minha genitora eu terei de fato um livramento de minha vida. Tendo buscado entender melhor minha situação, e tendo ultimamente encontrado alguns indícios de que, sim, minha genitora me causa muito mal emocional, dizer que estou tendo um livramento não é nenhum exagero e nenhum a atitude amoral ou anti-ética.

O ponto é que, apesar de que há sim muitos genitores bons e que amam os filhos e que fazem de tudo para o bem deles, também há pais que são tóxicos e que causam mal. Psicopatas, por exemplo (e não estou afirmando q minha genitora é psicopata), podem gerar filhos, pois, a menos que tenham alguma doença sexual para além da doença mental, eles não são estéreis apenas em virtude do desequilíbrio mental que possuem.

Então, diante de tudo isso exposto, a Virginia Coser sugeriu que a melhor coisa a se fazer é evitar ao máximo o contato com ela. Mas eu ainda quero ficar na minha casa, pois sinto falta dos meus cães e quero ficar na minha casa, afinal aquele apto também é meu de direito.

Engraçado que falando em moradia, toda casa ou todo bem qualquer que pertença a um genitor emocionalmente equilibrado e saudável também pertence ao filho, não é mesmo? Se eu, por exemplo tenho uma bicicleta, apesar de eu tê-la comprado, também será ela do meu filho, afinal tudo que é meu é também dele, e tudo que é meu é de minha esposa. é isso o que eu acho e foi tbm isso que ouvi de Virginia Coser, que é profissional da área de saúde mental, e que inclusive minha mãe conhece o trabalho dela e talvez até segue seu canal. Mas para minha mãe não, aquele apto, que hoje possuímos fruto do relacionamento com meu pai, é só dela.

Enfim, eu espero sim continuar entendendo melhor essa minha situação, afinal conhecimento é poder, como diria Francis Bacon (mais conhecido como Chico Toicinho), mas espero também esgotar essa discussão por aqui.

A verdadeira atitude, depois de compreendendo a situação, é assumir a responsabilidade de minha vida e "jogar o jogo com as cartas que me foram dadas". ACHO que sei um pouco mais "jogar meu jogo" da vida, e portanto estou mais munido de ferramentas que me possibilitarão ter um pouco mais de serenidade.

Variações súbitas de humor é uma características sempre presente em minha genitora, e caberá a mim identificar e saber lidar com essas coisas. Ela não mudará, como disse minha guria, e eu, portanto, novamente, preciso "jogar o jogo com as cartas que me foram dadas". Não adianta eu agora ficar o tempo todo me queixando.

O melhor que eu faço para mim é, de fato, manter-me o máximo possível longe de casa, ir para lá apenas para dormir e cuidar de meus cães.

Empatia dela eu já não tenho há muito tempo.

Cabe a mim, novamente, focar e cuidar das coisas mais importantes: meu reboot (que é minha prioridade) e minha independência financeira.

Conhecimento é poder, e quero buscá-lo mais e mais, na medida do possível.

Acho que, no mais, é isso.

Ah, focar no reboot é o que eu quero mais e mais. Focar em consumir o programa revert, e participar do Fórum (seja atualizando meu diário ou participando no diário dos demais camaradas) é a coisa mais importante para mim.

Ontem eu vacilei um pouco com relação aos gatilhos, e soube perceber bem que isso se deu justamente pelo fato de eu estar diminuindo a minha frequência de participação aqui no Fórum, deixando de atualizar meu diário e participar no dos demais camaradas. Já ajustei os bloqueadores e também quero ajustar minha mente sempre e cada dia mais. Sem dúvidas, ter um diário e colocar nele meus pensamentos me dá muito mais sanidade mental para seguir com o dia a dia.

Abriram alguns concursos que quero fazer, pois pagam relativamente bem e a carga horária é até mais reduzida do que o da PC. Nesse caso, dado que estou estudando para o da PC por conveniência e oportunidade (critérios tbm aplicáveis a adm pública) e não necessariamente por sonhar com o cargo, é mais conveniente e oportunista eu tbm continuar estudando para esse outro que abriu, pois tenho tempo hábil para estudar e consigo aproveitar as matérias que já estava estudando e só estudar mais 1 nova. Não farei o CNU pois ali nenhum cargo me chamou a atenção, e tbm por que abriu esse outro concurso.

Se eu dissesse que mantenho-me 100% motivado todos os dias eu estaria mentindo, mas no fundo do fundo eu também sei e reforço o entendimento de que estou plantando minhas sementes, e essas sementes brotarão. Espero que seja igual a um bambu-chinês, que quando geminado demora 5 anos para aparecer, mas quando ele aparece, ele cresce em 6 semanas até atingir 25 metros de altura.

"A história do bambu chinês é um lembrete poderoso para manter o foco, a persistência e a fé. Não importa quão desafiadoras as coisas possam parecer agora, lembre-se de que você está apenas construindo suas “raízes”. E quando chegar a hora certa, você também crescerá rapidamente e alcançará grandes alturas." (fonte: A Lição do Bambu Chinês: Uma História de Persistência e Crescimento)

O que eu desejo muito é poder melhorar de situação. Mas ao mesmo tempo preciso ter ciência e "pé no chão" para saber que desejo não move nada. O que move as coisas é a ação.

"Tem poder quem age." - Paulo Vieira


Oi amigo fico feliz de entrar aqui e ver que você já passou dos 50 dias sem,infelizmente a maioria das mães são responsáveis pelos traumas dos seus filhos pois muita das vezes ela não vai entender o lado dos filhos por se achar a matriarca da casa digo isso pois já passei por várias momentos assim e provavelmente em breve passarei novamente,e já ouvi muitos casos semelhantes aos seus das pessoas que conheci,isso só vai mudar apartir do momento que tivermos nossa dependência financeira,trabalho não seria um problema para mim mas para isso teria que abrir mão da minha fé e uma coisa que não quero fazer,mas tudo é no tempo de Deus e não vai durar para sempre continue no reboot e não deixe que isso lhe afete como me afetou.

Gardenzio e NogueiraJ gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

13/2/2024, 21:10
Boa noite, senhores.

Passei aqui de noite para atualizar meu ilustre, digníssimo, querido diário.

Esses últimos dias passei na casa da minha cremosa.

Bom, estudamos pouco, quando na verdade deveríamos ter estudado mais. Sábado saímos de bike, e domingo saímos à noite para ver o movimento na cidade. Foi legal, me encontrei com um amigo meu,, vimos as coisas, mas voltei cedo. Depois fui pra casa dela e voltei hoje de lá.

Conversei com ela bastante, também "fizemos mais do que apenas conversar", e acabamos dormindo tarde tanto no domingo quanto ontem. Conversamos sobre intimidades e coisas particulares de cada um. É bom pois a conversa sempre flui muito bem, e sinto que o relacionamento com ela está melhorando a cada dia mais.

Há alguns aspectos que ela me falou que é importante que eu melhore. Eu antes escrevi aqui de coisas dela que me incomodavam, mas eu tbm tenho muitas coisas a melhorar, coisas para aprender como falar com jeito sem parecer que quero que ela faça algo a pulso mas mostrá-la o quão bem fará a ela, e coisas afins. Ela me falou hoje algumas coisas e eu disse a ela que vou melhorar e buscar ser uma pessoa melhor para ela e por ela. [oount que fofo]

Bom, de fato ela me faz bem e eu tenho vontade de dar o meu melhor para ela.

O único ponto negativo foi a pouca qtde de estudos. Ultimamente quando fico com ela não consigo me conter e estudar. É bastante desafiador.

Abri-me para ela com relação ao vício em PMO, dado que ela via que meu notebook bloqueava algumas coisas, ela sabia que meu celular tinha bloqueio em app's e bloqueio de horário, e ela suspeitava de alguma coisa. Eu falei para ela sobre o vício em PMO, mostrei um pouco do site "Vício em Pornografia Como Parar", mostrei as pesquisas científicas... Conversamos sobre isso, expliquei a ela sobre o vício e disse que estou limpo há quase 2 meses. Também disse a ela que desde que a conheci meu consumo de P girava quase sempre em 1 vez/sessão ao mês, o que é verdade. Até antes de conhecê-la eu estava empregando umas marcas de +30 dias, às vezes oscilando um pouco, mas desde janeiro do ano passado tenho dito uma média de 1 vez ao mês o acesso de P.

De tudo isso ela achou que eu não sou viciado em pornografia, e acha meio estranho o fato de eu não ter tido nenhum diagnóstico de um profissional da área, e que eu estava exagerando sobre o fato de eu me achar viciado em PMO. Eu expliquei a ela que o reboot é baseado em pesquisas científicas e que por mais que seja algo da internet (e que internet é terra de ninguém) nada disso tira o respaldo científico e o mérito que o método Como Parar possui. Eu acho que ela continua crendo que eu estou sendo exagerado ao me classificar como viciado em PMO, mas de todo jeito eu sei de meus problemas, conheço-me bem e sei que a P sim é um vício que eu tenho e que eu preciso ter cuidado constante.

Preciso ter maior atenção e buscar melhorar a minha capacidade de me impor e de saber dizer não. Algumas vezes eu quero estar com minha namorada, mas o momento não é oportuno. Seria mais oportuno que eu ficasse em casa para que eu pudesse me dedicar às minhas atividades, e ainda assim acabo indo para a casa dela e minha rotina se torna mais improdutiva.

No mais, acho que é isso.

Quero orar e me conectar mais com Deus.

Eu ando querendo buscar viver a castidade, mas tem sido muito difícil fazê-lo. É preciso adotar algumas estratégias, e é praticamente impossível eu viver a castidade indo dormir com minha namorada na casa dela. A probabilidade de obtermos sucesso nessa empreitada (ou seja, na empreitada de viver a castidade) tende sempre a zero. Ademais, apesar de ela atualmente aceitar a proposta de viver a castidade, essa não é uma preocupação central para ela. Ela não é religiosa, e portanto isso para ela não é um problema, mas ela me respeita bastante.

No mais, acho que é isso.

Passar aqui é sempre um refrigério para o intelecto e para a alma.

Scientia potentia est.

Vou nessa. Flws!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



Kaneki, Rottweiler e NogueiraJ gostam desta mensagem

Gardenzio
Gardenzio
Mensagens : 3760
Data de inscrição : 02/11/2016
Idade : 27
Localização : Taormina

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

13/2/2024, 21:12
ace1990 escreveu:Oi amigo fico feliz de entrar aqui e ver que você já passou dos 50 dias sem,infelizmente a maioria das mães são responsáveis pelos traumas dos seus filhos pois muita das vezes ela não vai entender o lado dos filhos por se achar a matriarca da casa digo isso pois já passei por várias momentos assim e provavelmente em breve passarei novamente,e já ouvi muitos casos semelhantes aos seus das pessoas que conheci,isso só vai mudar apartir do momento que tivermos nossa dependência financeira,trabalho não seria um problema para mim mas para isso teria que abrir mão da minha fé e uma coisa que não quero fazer,mas tudo é no tempo de Deus e não vai durar para sempre continue no reboot e não deixe que isso lhe afete como me afetou.

salve, manin! bom tê-lo por aqui!

É desafiador lidar com essa situação, mas se Deus quiser tudo sairá bem. Eu espero poder fazer minha parte para que as coisas aqui possam melhorar. Tbm é verdade que o afastamento do convívio pode melhorar a relação, e ouvi isso de algumas pessoas.

Vamo que vamo! Abraço!!

_______________________________________
Acessar meu diário

https://umavidaemliberdade.blogspot.com/

"Scientia potentia est"



NogueiraJ gosta desta mensagem

Libélula
Libélula
Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/01/2024

Gardenzio - Sim, nós podemos. - Página 20 Empty Re: Gardenzio - Sim, nós podemos.

14/2/2024, 00:57
Gardenzio escreveu:Boa noite, senhores.

Passei aqui de noite para atualizar meu ilustre, digníssimo, querido diário.

Esses últimos dias passei na casa da minha cremosa.

Bom, estudamos pouco, quando na verdade deveríamos ter estudado mais. Sábado saímos de bike, e domingo saímos à noite para ver o movimento na cidade. Foi legal, me encontrei com um amigo meu,, vimos as coisas, mas voltei cedo. Depois fui pra casa dela e voltei hoje de lá.

Conversei com ela bastante, também "fizemos mais do que apenas conversar", e acabamos dormindo tarde tanto no domingo quanto ontem. Conversamos sobre intimidades e coisas particulares de cada um. É bom pois a conversa sempre flui muito bem, e sinto que o relacionamento com ela está melhorando a cada dia mais.

Há alguns aspectos que ela me falou que é importante que eu melhore. Eu antes escrevi aqui de coisas dela que me incomodavam, mas eu tbm tenho muitas coisas a melhorar, coisas para aprender como falar com jeito sem parecer que quero que ela faça algo a pulso mas mostrá-la o quão bem fará a ela, e coisas afins. Ela me falou hoje algumas coisas e eu disse a ela que vou melhorar e buscar ser uma pessoa melhor para ela e por ela. [oount que fofo]

Bom, de fato ela me faz bem e eu tenho vontade de dar o meu melhor para ela.

O único ponto negativo foi a pouca qtde de estudos. Ultimamente quando fico com ela não consigo me conter e estudar. É bastante desafiador.

Abri-me para ela com relação ao vício em PMO, dado que ela via que meu notebook bloqueava algumas coisas, ela sabia que meu celular tinha bloqueio em app's e bloqueio de horário, e ela suspeitava de alguma coisa. Eu falei para ela sobre o vício em PMO, mostrei um pouco do site "Vício em Pornografia Como Parar", mostrei as pesquisas científicas... Conversamos sobre isso, expliquei a ela sobre o vício e disse que estou limpo há quase 2 meses. Também disse a ela que desde que a conheci meu consumo de P girava quase sempre em 1 vez/sessão ao mês, o que é verdade. Até antes de conhecê-la eu estava empregando umas marcas de +30 dias, às vezes oscilando um pouco, mas desde janeiro do ano passado tenho dito uma média de 1 vez ao mês o acesso de P.

De tudo isso ela achou que eu não sou viciado em pornografia, e acha meio estranho o fato de eu não ter tido nenhum diagnóstico de um profissional da área, e que eu estava exagerando sobre o fato de eu me achar viciado em PMO. Eu expliquei a ela que o reboot é baseado em pesquisas científicas e que por mais que seja algo da internet (e que internet é terra de ninguém) nada disso tira o respaldo científico e o mérito que o método Como Parar possui. Eu acho que ela continua crendo que eu estou sendo exagerado ao me classificar como viciado em PMO, mas de todo jeito eu sei de meus problemas, conheço-me bem e sei que a P sim é um vício que eu tenho e que eu preciso ter cuidado constante.

Preciso ter maior atenção e buscar melhorar a minha capacidade de me impor e de saber dizer não. Algumas vezes eu quero estar com minha namorada, mas o momento não é oportuno. Seria mais oportuno que eu ficasse em casa para que eu pudesse me dedicar às minhas atividades, e ainda assim acabo indo para a casa dela e minha rotina se torna mais improdutiva.

No mais, acho que é isso.

Quero orar e me conectar mais com Deus.

Eu ando querendo buscar viver a castidade, mas tem sido muito difícil fazê-lo. É preciso adotar algumas estratégias, e é praticamente impossível eu viver a castidade indo dormir com minha namorada na casa dela. A probabilidade de obtermos sucesso nessa empreitada (ou seja, na empreitada de viver a castidade) tende sempre a zero. Ademais, apesar de ela atualmente aceitar a proposta de viver a castidade, essa não é uma preocupação central para ela. Ela não é religiosa, e portanto isso para ela não é um problema, mas ela me respeita bastante.

No mais, acho que é isso.

Passar aqui é sempre um refrigério para o intelecto e para a alma.

Scientia potentia est.

Vou nessa. Flws!
Parabens pelos conquistados, irmão. Que bom que vc e sua namorada estão bem, namoro sempre é complicado, a melhor forma de deixar mais simples, é com o dialogo entre vcs, vc foi muito corajoso de se abrir pra ela sobre o vicio, sofremos em silencio, poucas pessoas realmente entendem como é, ela deve ter ficado meio confusa pq é um assunto pouco falado abertamente, as mulheres são curiosas, provavelmente ela vai pesquisar mais sobre o assunto, hj no youtube tem bastante video explicando como é o vicio

Gardenzio e NogueiraJ gostam desta mensagem

Ir para o topo
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos